Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Terça-feira, Maio 11, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol | Tomar vence Moçarriense (2-0) e chega ao 2º lugar

U. Tomar – 2 – Moçarriense – 0
Árbitro,  Roberto Felisberto, Assistentes, Pedro Francisco e,  Alexandre Sabugueiro

- Publicidade -

União de Tomar chegou ao 2º lugar da tabela após vencer o Moçarriense por 2-0 e aproveitando empate caseiro de Fandense. Foto: João Pereira Fidalgo

União de Tomar:
João Pedro, David Vieira, Filipe Cotovio, Fábio Vieira,  Espadinha (Telmo Ferreira), Rui Silva(Bruno Araújo), Nuno Rodrigues (Cap), Luís Pedro Alves, J.P. Nascimento (Miguel Arcangelo), Rui  Lopes (Flávio Graça), Wemerson (Riscas).

- Publicidade -

Treinador: Lino Freitas
Suplentes Não Utilizados: Brito, Renan.

Moçarriense:
Diogo Jesus, Martinho (cap), Rui Dias (Duarte), Sérgio, Laranjeira,  Barroca, André Silva, Diogo, Léo (Atela), Ricardo, Válter  Xaparro (Francisco).

Treinador: Carlos Carreira

Suplentes não utilizados: Bernardo Piedade, Faustino, Sandro, Zibaia.

Golos: Wemerson, gp 31 e 87min.

Depois da derrota em Abrantes, o União de Tomar regressava ao convívio  dos seus adeptos para receber uma equipa que também tem os seus objetivos e que luta para evitar  a descida de divisão, o Moçarriense.

O U. de Tomar entrou a controlar o jogo, mas a tentar chegar ao golo  de uma forma muito rápida, com um futebol muito directo, notando-se  alguma ansiedade em marcar rápidamente, o que não aconteceu durante a primeira meia hora de jogo.

Só a menos de quinze minutos do intervalo é que Wemerson acabaria  por marcar, mas de grande penalidade. A partir do golo os jogadores da  casa ficaram mais tranquilos, no entanto o Moçarriense foi sempre  espreitado uma oportunidade para chegar ao golo do empate ainda na  primeira parte, tendo inclusive atirado à barra mesmo antes do  intervalo.

A margem mínima assentava bem ao intervalo, porque o União de Tomar não  conseguiu marcar mais do que um golo e o Moçarriense não teve muitos  argumentos para empatar a contenda.

A equipa de Lino Freitas venceu o Moçarriense por 2-0 e chegou ao 2º lugar da tabela. Foto: João Pereira Fidalgo

Na segunda parte assistiu-se ao mesmo filme da primeira parte, com o  União de Tomar a tentar marcar cedo para resolver a partida a seu  favor, mas o Moçarriense a defender-se bem, embora com mais dificuldades  em chegar junto da baliza tomarense.

O União de Tomar dominava o jogo através da posse de bola, mas as  ocasiões de golo esbarravam na defesa do Moçarriense ou em último  lugar nas boas defesas do guardião Diogo Jesus.

E assim os visitantes  começaram a acreditar que podiam levar pontos de Tomar e mesmo antes  do segundo golo da equipa da casa estiveram quase a marcar por Barroca,  o que só uma boa defesa de João Pedro evitou.

O Moçarriense não facilitou a vida aos homens de Tomar, que venceram com dois golos de Wemerson. Foto: João Pereira Fidalgo

Na resposta, Wemerson com  um belo remate cruzado, carimbou a vitória a 3 minutos do fim do jogo. A nível da arbitragem, Roberto Felisberto esteve bem, quer na primeira  quer na segunda parte.

O União de Tomar segue na segunda posição do campeonato da 1ª divisão distrital da AF Santarém, a 5 pontos do líder Mação.

*Jorge Duarte – Rádio Hertz em parceria com mediotejo.net

Irreverente, frontal e critico. Nasceu em Abrantes no melhor ano do
século passado: 1969, ano em que o Homem foi à Lua. Nos tempos de liceu queria ser jornalista, tendo optado por essa área, onde pela mão do Prof. Alcino Serras deu os primeiros passos na profissão, tendo começado mais a sério na Radio Antena Livre, no final da década de 80. Desde essa altura, o 'bichinho' ficou, tendo colaborado com várias rádios e jornais. Gosta de colecionar amigos e de se dar bem com toda a gente (mesmo sabendo que isso não é possível).

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

Responder a MostTrustedCompany Cancelar resposta

Please enter your comment!
O seu nome