Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Outubro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol/Taça do Ribatejo | União de Santarém vence Tomar por 4-1 e lidera grupo

Campo Chã das Padeiras – Santarém

- Publicidade -

2ª jornada Taça do Ribatejo – 1 de novembro 2018

União de Santarém 4 União de Tomar 1

- Publicidade -

No mítico campo Chão das Padeiras, o União de Santarém recebeu para a segunda jornada da fase de grupos da taça do Ribatejo o União de Tomar e vingou-se da meia final perdida nesta competição na época passada.

Entrando logo a controlar o jogo, rematou logo duas vezes com algum perigo à baliza do União de Tomar. Este foi apenas o tónico do que viria a ser a primeira parte: um União de Santarém muito objectivo e muito atrevido, enquanto os tomarenses com muitas dificuldades em praticar o seu futebol apoiado. Só depois do primeiro golo sofrido, marcado por Fabinho, e de muitas ocasiões de golo perdidas pelos da casa, é que os comandados de Lino Freitas conseguiram nos últimos dez minutos da primeira parte mostrar mais qualquer coisa em busca do empate. Mas também não conseguiram fazer o golo nas duas oportunidades que lograram alcançar.

Mas, para a segunda parte, o União de Tomar veio com duas alterações no seu meio campo as quais deram resultados. Os jogadores tomarenses passaram a ter mais bola e o seu meio campo começou a funcionar melhor, tendo conseguido empatar por Diogo Pereira, partindo para vinte cinco minutos com mais qualidade, e obrigando o União de Santarém a dividir o jogo e a jogar em contra ataque.

E foi dessa forma que os escalabitanos chegaram ao segundo golo, que por acaso foi
contestado pelo jogadores do União de Tomar, pois reclamaram uma grande penalidade dentro da área do União de Santarém, por mão na bola de um defesa. O árbitro não assinalou qualquer falta e, aproveitando o desnorte momentâneo da equipa tomarense, no contra ataque imediato deu-se o segundo golo do União de Santarém marcado por Léo.

Com o segundo golo, o União de Tomar ficou a correr atrás do prejuízo e o União de Santarém a jogar em contra ataque, sendo a partir do segundo golo que os erros e as descompensações do União de Tomar vieram ao de cima, com os visitados a marcarem os golos que desperdiçaram na primeira metade do desafio.

A arbitragem esteve bem, à excepção do lance reclamado pelos jogadores do União de Tomar, na sequência do segundo golo U. Santarém, que deixou dúvidas no estádio.

Ficha de jogo:

Arbitro: Pedro Fonseca
Assistentes: Ricardo Bico e João Cardoso

União de Santarém:

Coli, Rui Simões, Bexiga, Adilson, Ricardo Santos, Nuno Afonso,
Ganhão, Ju, António, Fabinho, Léo.

Treinador: Mário Ruas

Suplentes não utilizados, Rubem, Nuno Martins, Bruno Duarte, Serginho,
Vitinho, Telmo Patricio

União de Tomar:

Brito, David Vieira, Diego, Allan, Kiko, Pires (Dany), Faustino (Telmo
Ferreira), Nuno Rodrigues (cap), Rui Pedro Lopes (Pinto), Rafael, André
Lopes (Diogo Pereira).

Treinador: Lino Freitas
Suplentes não utilizados: Andersson, Mesquita,

Golos: 19, Fabinho, 53 Diogo Pereira, 73 Léo, 76 Bexiga, 82 António.

*Jorge Duarte – parceria rádio Hertz e mediotejo.net

Irreverente, frontal e critico. Nasceu em Abrantes no melhor ano do
século passado: 1969, ano em que o Homem foi à Lua. Nos tempos de liceu queria ser jornalista, tendo optado por essa área, onde pela mão do Prof. Alcino Serras deu os primeiros passos na profissão, tendo começado mais a sério na Radio Antena Livre, no final da década de 80. Desde essa altura, o 'bichinho' ficou, tendo colaborado com várias rádios e jornais. Gosta de colecionar amigos e de se dar bem com toda a gente (mesmo sabendo que isso não é possível).

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome