Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Julho 29, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

FUTEBOL (Taça do Ribatejo): Muralha “Metalúrgica” durou setenta minutos em Atalaia

13 de dezembro de 2015, 15 horas, Atalaia

- Publicidade -

Taça do Ribatejo – 2ª jornada da 1ª fase

União Desportival Atalaiense 2 – Tramagal Sport União 0

- Publicidade -

Crónica do jogo por Jorge Santiago:

Jorge Santiago
Jorge Santiago

Num campo onde havia sido goleado para o campeonato, começou melhor o Tramagal enviando uma bola à trave na primeira jogada do encontro, aos 30 segundos, por Tonicha. Desperdício da melhor oportunidade em todo o jogo. E não foram muitas!!!
O técnico José Carlos, avisado da valia e experiência da equipa de Atalaia, engendrou um esquema que lhe permitiu aguentar o ímpeto atacante do adversário, espreitando o contra ataque sempre que lhe era permitido.
Assistiu-se a um jogo disputado essencialmente a meio do relvado, com rápidas transições atacantes por parte da equipa do concelho da Barquinha, onde emergia aquele que viria a ser o homem do jogo: Alex, um jovem e irrequieto atacante, duma entrega notável. Esta atitude levou a que à passagem da meia hora enviasse uma bola à base do poste esquerdo da baliza à guarda de Iuri.
O Tramagal ia sustendo o caudal ofensivo do adversário, à custa de uma atitude de louvável abnegação de todos os seus atletas. Uma referência para a entrega do capitão Ricardo Branco e do médio Tonicha.

IMG_7239
O capitão tramagalense, Ricardo Branco, foi dos mais abnegados com a borboleta ao peito. Foto Jorge Santiago

Colheu frutos levando o empate para o balneário ao intervalo, não sem antes passar por um calafrio mesmo no final dos primeiros 45 minutos: Alex aparece isolado na área e na cara de Iuri, remata forte e este responde com uma soberba defesa por instinto.

Para a etapa complementar o técnico António Canhoto, o popular Meszaros, sentiu que precisava de fazer algo para levar de vencida este desafio. Deixou Alcarraio no banho e lançou Danny como segundo atacante, descaido para a direita. Cadete encostou no lado esquerdo “axadrezado” e assim se alargou a frente de ataque, permitindo mais liberdade a Alex e à entrada dos médios.
Esta manobra criou maiores dificuldades à equipa azul e após algumas ameaças, bem resolvidas, o golo viria a acontecer por Alex ao minuto 70. Intensificou-se a pressão atalaiense e dois minutos após o golo Iuri ,com mais uma defesa, adiou o que parecia inadiável. No minuto seguinte a Atalaia marcou mesmo por Pedro Silva. A equipa da casa não dava mostras de baixar o ritmo e Cadete ainda envia a bola ao poste e logo a seguir Alex remata ao lado com muito perigo.
Estava sentenciado o jogo, com um vencedor justo e um Tramagal a deixar boas indicações para o que falta jogar da época.

Na marcação das grandes penalidades, regulamentares na Taça, voltou a vencer o Atalaiense por 5-4, com o incontornável Alex a marcar a decisiva e Matias a permitir a defesa de Rafa.

Penaltis 5-4
Alex bate Iuri na marcação das grandes penalidades obrigatórias na Taça do Ribatejo. Foto Jorge Santiago.

Uma palavra de agrado para a arbitragem do jovem Gonçalo Ferreira, muito bem entrosado com os auxiliares Pedro Ferreira e Vasco Pinto. Boas decisões e jogo sem casos. De louvar a forma educada e a cortesia com que tratou todos os intervenientes no jogo incluindo a Comunicação Social. Fica o registo.

IMG_7240
Iuri e Alex mantiveram um “dialogo” acesso durante todo o jogo. Foto Jorge Santiago.

Ficha do jogo:

Parque Desportivo Municipal de Atalaia

Atalaia (2)
Parque Desportivo Municipal de Atalaia

Árbitros: Gonçalo Freire, Pedro Freire e Vasco Pinto

Gonçalo Freira, Pedro Freire e Vasco Pinto
Trio de arbitragem. Foto de arquivo

UD Atalaiense

Rafa, Pedro Silva (Fábio), Pedro Matias (Vitor Beltrão), Ricardo Ruivo, Sérgio Salgado, Rui Santos, Alcarraio (Danny), Cadete, Telmo, Barrela e Alex.

Suplentes: Diogo Rodrigues, Fábio, Banana, Danny, Vitor Beltrão e Abalada.

Treinador: António Canhoto “Meszaros”

Tramagal SU

Iuri, Alex, Brigas, Ricardo Branco, Dias, Heitor, Peixe, Matias, Tiago Alves (Capitão), Rocha (Luis Duarte) e Tonicha (Catarino)

Suplentes: Catarino, Capitão e Luis Duarte.

Treinador: José Carlos Lourenço.

Marcadores: Alex e Pedro Silva

IMG_7275
Alex foi o homem do jogo entre Atalaiense e Tramagal. Foto Jorge Santiago

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome