Quinta-feira, Março 4, 2021
- Publicidade -

Futebol: Taça do Ribatejo da AFS com alterações em 2016-2017

A Taça do Ribatejo, prova rainha do futebol distrital de Santarém, nos escalões de Seniores e Juniores, vai ser jogada, em 2016-2017, num formato ligeiramente diferente do que tem sido hábito.

- Publicidade -

Até às Meias-Finais nada de novo. A primeira fase disputada por grupos, em que metade dos clubes ficam na Zona Norte e a outra metade na Zona Sul, sendo o critério geográfico a ditar as regras de quem fica a norte ou a sul. Para a segunda fase continuam a apurar-se os melhores dezasseis classificados da primeira fase, disputando-se a prova num formato a eliminar, apurando-se quem joga fora e em casa através de sorteio puro.

Nas Meias-Finais é que o formato muda. Se até 2015-2016 apenas havia um jogo, disputado na casa da equipa de quem o sorteio ditasse, para 2016-2017 as Meias-Finais vão passar a jogar-se a duas mãos, um jogo no campo de cada uma das equipas.

- Publicidade -

No final das duas mãos se houver um empate entre o número de golos marcados e o número de golos, a equipa finalista será apurada através da marcação das grandes penalidades. Por outras palavras e a título de exemplo, se uma equipa perder fora por 2-1 e em casa vencer por 1-0 (2-2 nas duas mãos), não terá qualquer vantagem pois o desempate será através da marcação de grandes penalidades.

Esta alteração leva a que haja uma alteração na calendarização anunciada para o futebol sénior e júnior. Nos seniores, o dia 14 de abril de 2017 será a data da primeira mão das Meias-Finais, sendo a segunda mão jogada a 18 de abril de 2017, data livre até agora. Nos juniores o dia 1 de abril de 2017 continua a ser dia de Taça, mas agora da primeira mão das Meias-Finais, enquanto que o dia 8 de abril de 2017, data até agora livre, que está inserida nas férias da Páscoa do ensino secundário e que é a altura das viagens de finalistas, passa a ser o dia da segunda mão.

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).