Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Dezembro 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol | Sertanense afasta Oleiros e Vitória Cernache perde Taça da AFCB

O Sertanense apurou-se este sábado para a final da Taça de Honra da Associação de Futebol de Castelo Branco (AFCB) depois de afastar o Oleiros na marcação de grandes penalidades. No final do tempo regulamentar registava-se um empate 0-0, num jogo disputado no estádio municipal de Oleiros.

- Publicidade -

A outra meia final disputa-se esta terça-feira, dia 6 de agosto, às 19:00, entre Benfica Castelo Branco e GD Vitória Cernache. A final disputa-se na sexta-feira, dia 9 de agosto, às 19:00, no Estádio Municipal Vale Romeiro, em Castelo Branco.

O Vitória de Sernache (de Cernache do Bonjardim (Sertã) foi derrotado no sábado pelo Figueirense por 1-0 na final da Supertaça Beira Interior, em jogo disputado no Estádio Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo. O desafio colocou frente a frente os vencedores dos Campeonatos Distritais Seniores Masculinos das Associações de Futebol da Guarda e de Castelo Branco.

- Publicidade -

O representante da Associação de Futebol Castelo Branco é o GD Vitória de Sernache que, recorde-se, na época desportiva que agora se inicia, irá disputar a série C do Campeonato de Portugal, a exemplo do Sertanense.

Equipa do Vitória de Sernache na época 2018-19, e que assegurou a subida ao Campeonato de Portugal. Foto arquivo: mediotejo.net

“É um plantel quase novo, transitam apenas seis jogadores da época passada e o objetivo principal do jogo foi preparar a equipa e conhecer melhor os jogadores que vão constituir o plantel do clube para esta época”, disse ao mediotejo o presidente do Vitória de Sernache, António Joaquim.

“Temos 26 jogadores neste momento, não vão ficar todos, e apresentamos um dos orçamentos mais baixos do Campeonato de Portugal, embora tenhamos outros trunfos”, notou o dirigente desportivo, que cede o lugar de treinador da equipa (António Joaquim foi treinador e presidente nas ultimas épocas) a Paulo Jorge Bento, 55 anos, ex-Marítimo B e Sintrense, entre outros, e quejá uma passagem pelo clube de Cernache do Bonjardim na época 2016-2017.

O objetivo da equipa do concelho da Sertã é “estabilizar e manter” nos campeonatos nacionais, tendo António Joaquim feito notar que o Vitória Cernache esteve no CP, “um campeonato cada vez mais profissionalizado”, por quatro vezes nas ultimas seis temporadas.

António Joaquim, presidente do Vitória Sernache. Foto: mediotejo.net

O Vitória de Cernache abre o campeonato em casa, no dia 18, frente ao Marinhense.

Sertanense na final da Taça AF Castelo Branco quer rápida manutenção no CP

Hugo Martins, por sua vez, o técnico da equipa do Sertanense, disse que o grande objetivo desta época é “alcançar o mais rapidamente possível os 42, 43 pontos”, que assegurem a manutenção, tendo feito notar que o plantel é todo novo, sendo que apenas dois jogadores transitam da época passada.

A constituição do plantel pelo técnico, apesar das dificuldades inerentes a um clube que está numa região no interior do país, privilegiou as capacidades técnicas e táticas dos jogadores, a mentalidade competitiva, a agressividade (no bom sentido do termo), e a capacidade de serem pressionantes, adjetivos que, conjugados, permitam assegurar bons resultados e exibir boa qualidade no futebol praticado.

Hugo Martins elogiou ainda a Taça de Honra da AF Castelo Branco pela preparação que pode conferir à equipa perante adversários do mesmo distrito, com qualidade e também já com algum trabalho de preparação desenvolvido, uma vez que as equipas envolvidas disputam todas elas o Campeonato de Portugal, que arranca no dia 18 de agosto.

O Sertanense vai disputar a final da Taça de Honra da AF Castelo Branco na sexta-feira, dia 9 de agosto, com Benfica de Castelo Branco ou Vitória de Cernache (este jogo da meia final realiza-se esta terça-feira).

Hugo Martins-Treinador do Sertanense. Foto: mediotejo.net

O Sertanense abre o campeonato em casa, recebendo o Torreense.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome