Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Julho 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

FUTEBOL: Segunda parte a todo o gás dá vitória ao Pego no derbi do concelho de Abrantes (com áudio)

10 de janeiro de 2016, 15 horas, Pego

- Publicidade -

Campeonato Distrital da 2ª Divisão de Seniores da Associação de Futebol de Santarém

Casa do Povo do Pego 5 – Tramagal Sport União 0

- Publicidade -

Crónica do jogo por João Sampaio

João Sampaio
João Sampaio

Depois de perdido em Santarém pela primeira vez no campeonato, havia alguma expetativa para ver como o Pego reagia a essa derrota, ainda para mais jogando um jogo sempre especial frente a um dos eternos rivais, que lhe tinha complicado muito a vida no jogo da primeira volta.

O começo de jogo para os pegachos não podia ser melhor, pois aos 58 segundos(!) já venciam, através de um golo de Di Maria. Com um golo tão madrugador, e atendendo aos últimos resultados do Tramagal, pensou-se que mais uma goleada ia acontecer e logo no primeiro tempo. Quem assim pensou, bem se enganou. Os tramagalenses jogando o jogo pelo jogo, criaram alguns problemas à equipa da casa, não deixando ampliar o marcador e tentando sempre que possível chegar à baliza de Norberto, diga-se, algumas vezes com perigo. Os pegachos tudo fizeram para cedo atingirem a tranquilidade e irem mais confortáveis para o descanso, mas em algumas ocasiões o que parecia fácil de resolver, foi tornado difícil, dado o tanto adornar de lances. Chegava o intervalo com uma diferença tangencial que deixava tudo em aberto para a etapa complementar. Nota menos positiva no primeiro tempo, para a lesão de João Lopes (12 minutos) que pareceu ser grave.

No segundo tempo os pegacho entram a todo o gás, querendo chegar rápido ao 2-0, tendo o Tramagal, por não dispôr dos mesmos argumentos, mantido a toada de contra-ataque e fechando o quanto pôde os caminhos da sua baliza. Aguentou o quanto pôde, o que foi até ao minuto 58. Imprimindo velocidade ao jogo, o ataque do Pego começou a “desfazer” a muralha tramagalense. Di Maria, rompe a defesa da “borboleta”, bisa na partida e faz o 2-0. Cinco minutos depois Péron faz o 3-0 e aos 65 minutos Fábio Santos eleva para 4-0. Com o andamento do marcador e do relógio, os azuis foram saindo menos vezes das imediações da sua área e a dez minutos do final, Péron faz o seu segundo golo no jogo e o 5-0 final.

Vitória certa do Pego por números pesados para o Tramagal que manteve sempre a dignidade e boa atitude. O trabalho do trio de arbitragem foi positivo, embora não houvesse necessidade de complicar a sua atuação na parte final. Um reparo, o relógio que manda é o do árbitro, mas pelo nosso cronómetro não se chegaram a jogar a totalidade dos noventa minutos.

Ficha do jogo:

Parque de jogos do Pego

Parque de Jogos do Pego
parque de jogos do Pego

Árbitros: Anthony Silva, Rui Gonçalves e João Torre

Anthony Silva, Rui GOnçalves e João Torres
Trio de arbitragem. foto de arquivo

CP Pego

Norberto, Tiago Garrido, João Ruivo, Pedro Almeida, Igor, João Salgueiro (António Sanches), João Bioucas, André Neves, Di Maria (Tiago Marchante), Fábio Santos e João Lopes (Péron)

Suplentes: Caio, Tiago Marchante, Péron, Duarte Calado, Pejó, António Sanches, Diogo

Treinador: Nando Costa

Pego
Casa do Povo do Pego. Foto Bruno Fontinha

Tramagal SU

Pedro, Alex, Brigas, Ricardo Branco, Bráz (Capitão), Dias, Catarino, Heitor (Peixe-Arroz), Matias, Alves e Rocha (Tonicha)

Suplentes: Gonçalo, Peixe-Arroz, Capitão, Patrício, Tonicha e Luís Duarte

Treinador: José Carlos Lourenço

Tramagal
Tramagal Sport União. Foto Bruno Fontinha.

Marcadores: Di Maria(2), Fábio Santos, Péron(2)

A opinião dos treinadores:

Nando Costa (Pego)

Nando Costa (2)
Nando Costa

 

José Carlos Lourenço (Tramagal)

José Carlos
José Carlos Lourenço

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome