Futebol | Renato Antunes assume presidência da União Desportiva Rossiense

Renato Antunes é o novo presidente da direção da União Desportiva Rossiense (UDR). Na noite de 11 de junho, terça-feira, o sócios da velhinha coletividade rossiense, fundada em 1946, reuniram em assembleia geral tendo sido eleita por unanimidade a lista a sufrágio.

PUB

Renato Sousa Antunes, mestre em gestão pela Nova SBE, a trabalhar na área dos negócios internacionais, é o novo presidente eleito. É um homem da casa porquanto frequentou a formação da União Desportiva Rossiense (UDR) desde os cinco anos. Após uma breve estadia em Lisboa por motivos profissionais regressou e abraçou este projeto onde militam muitos jogadores e ex-jogadores do Clube.

Equipa de 1992/1993 com o atual presidente. Foto DR.

PUB

Ao assumir funções deixou-nos as linha mestras do seu consulado:

“É com enorme orgulho e ainda maior sentido de responsabilidade que partilho convosco a constituição dos novos corpos gerentes do meu clube de sempre: a União Desportiva Rossiense. Tenho o privilégio de encabeçar uma lista dez estrelas, repleta de filhos da terra e ciente dos objectivos e das dificuldades que enfrentaremos. O projecto que delineámos assenta em três veios fundamentais:

A história e prestígio ímpares da União a nível concelhio (fundação em 1946) – a que devemos respeito e compromisso.

A assumpção, enquanto principal objetivo, de uma missão de cariz social para com a comunidade onde nos inserimos – tentando garantir a prática desportiva a todas as crianças e jovens rossienses (tanto aos que têm condições económico-financeiras para tal, como a todos aqueles que não o poderão assegurar).

O rigor e a transparência absolutos por que pautaremos a nossa conduta ao longo de todo o mandato (na gestão dos recursos, nas contas e resultados, no desenvolvimento de projetos e/ou modalidades, entre muitos outros).

Sempre sob o nosso lema: com carácter e humildade.”

Renato Sousa Antunes, presidente eleito da UDR. Foto DR.

A Direção que assume os destinos da UDR, onde se pode encontrar figuras de vulto da sociedade rossiense, tem a seguinte composição:

DIREÇÃO:
Presidente – Renato Sousa Antunes
Vice Presidente – Leandro Morais
Vice Presidente – Hugo Rodrigues
Secretário Geral – Lúcio Proença
Secretário Adjunto – João Oliveira
Tesoureiro – Antonio Lopes
Vogal – David Mendes
Vogal – Mauro Navarro
Vogal – José Flávio
Suplente – Rui Barata
Suplente – Joaquim Melo dos Santos

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL:
Presidente – Américo Miranda Simples
Vice Presidente – Diogo Fragoso
Secretário – Fernando Antunes
Secretário – Paulo De Oliveira Jacinto
Vice Secretário – Filipe Guerreiro
Vice Secretário – Armando Oliveira

CONSELHO FISCAL
Presidente – Nuno Santos
Secretário – Bruno Botto
Relator – Álvaro Lino
Suplente – Henrique Prôa
Suplente – Vitor Fragoso

Equipa da União Desportiva Rossiense com o presidente em destaque. Foto: Arquivo mediotejo.net.

PUB
PUB
Jorge Santiago
Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).