Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

FUTEBOL: Pernes assustou mas líder Pego soube dar a volta e vencer (com áudio)

20 de dezembro de 2015, 15 horas, Pego

- Publicidade -

Campeonato Distrital da 2ª Divisão de Seniores da Associação de Futebol de Santarém – Série 1

Casa do Povo do Pego 2 – Atlético Clube de Pernes 1

- Publicidade -

Crónica do jogo por João Sampaio:

João Sampaio
João Sampaio

Melhor inicio de jogo por parte da equipa do Pego, que ia construindo alguns lances de perigo mas sem tem o acerto necessário na hora da finalização. A equipa de Pernes sempre que lhe era possível, ia tentando replicar e na primeira vez que consegue rematar à baliza contrária faz golo. Remate frontal, forte e rasteiro à entrada da área pegacha, que Norberto tenta sacudir para longe, mas na sua trajetória, o esférico encontra Marco que só teve que encostar para o fundo das malhas. Eram decorridos 21 minutos de jogo e o Pernes avançava no marcador. O Pego sentiu-se injustiçado pelo golo forasteiro e veio à procura do empate ainda antes do intervalo. Nando Costa, retira o lateral João Ruivo e coloca o médio André Neves, com o propósito de ter mais bola e melhor circulação da mesma. O ataque do Pego continuava muito perdulário e o Pernes ia fazendo tudo o que podia para manter o adversário longe da sua área, tentando retirar linhas de passe e espaços para a circulação da bola. Até que ao minuto 36 surge o empate, por Fábio Santos que aproveita um passe “redondo” de Perón. Até ao intervalo sentiu-se a reação da equipa do Pernes, mas os pegachos conseguiram controlar a partida que chegava ao intervalo com um empate a um golo.

Na segunda parte, o Pego fica com ascendente no jogo, com mais posse de bola, enquanto que a equipa do concelho de Santarém, mais remetida ao seu meio-campo ia tentado chegar à área contrária em contra-ataque, num futebol mais direto. Com o tempo a avançar os homens de Cabé, iam acreditando que era possível, pelo menos, levar um ponto do Pego, mas a equipa da casa não queria voltar a ceder pontos no seu campo e fez um “forcing” final, que foi premiado ao minuto 79, quando Fábio Santos bisa na partida, repondo alguma verdade no jogo e no resultado. Daqui até final, o Pego soube controlar o jogo e o tempo, registo de alguns lances de perigo de parte a parte e para a estreia de Tiago Marchante, que vem dar mais soluções e equilíbrio ao meio campo pegacho.

Resultado final correcto, em que ganhou a equipa que foi melhor neste jogo, tendo o Pernes deixado boa imagem com a réplica que conseguiu dar.

Nota positiva para o trio de arbitragem, sendo de salientar o bom posicionamento revelado ao longo dos noventa minutos.

Ficha do jogo:

Parque de Jogos do Pego

Parque de Jogos do Pego
Parque de Jogos do Pego. Foto de arquivo

Árbitros: João Calouro, Pedro Fonseca e Ruben Pinheiro

Trio
Trio de arbitragem. Foto Emanuel Coxinho

CP Pego

Norberto, João Ruivo (André Neves), Zé Tomé, Pedro Almeida, Igor, Tiago Garrido, João Bioucas, Péron (Tiago Marchante), Di Maria (João Salgueiro), Fábio Santos e João Lopes

Suplentes: Caio, João Santos, André Neves, Duarte Rodrigues, Tiago Marchante e João Salgueiro

Treinador: Nando Costa

AC Pernes

Leandro, Nuno, Pedro Gonçalves, Luís Pinto, Cuba, Bruno Lopes, Hugo Ferreira, Pedro Alves, Marco, Rodrigo Rodrigues e Ruben

Suplentes: Mário Pinto, Telmo, Gonçalo Zibaia, Luís Contente

Treinador: Cabé

IMG_2784
Casa do Povo do Pego e Atlético Clube de Pernes proporcionaram um jogo emotivo a quem se deslocou ao Parque de Jogos do Pego. Foto Emanuel Coxinho

Marcadores: Fábio Santos(2); Marco

A opinião dos treinadores:

Nando Costa (Pego)

Nando Costa (2)
Nando Costa

 

Cabé (Pernes)

Cabé Pernes
Cabé

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here