Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Agosto 3, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

FUTEBOL: Pego vence Alferrarede e mantém a liderança isolada

22 de novembro de 2015, 15 horas, Pego

- Publicidade -

Campeonato Distrital da 2ª Divisão de Seniores da AFS

Casa do Povo do Pego 3 – Clube Desportivo e Recreativo “Os Dragões” de Alferrarede 1

- Publicidade -

Crónica do jogo por João Sampaio:

João Sampaio
João Sampaio

Derbi do concelho de Abrantes que começa a todo o gás, com ambas as equipas a quererem chegar rapidamente ao golo. Começou melhor o Pego e naturalmente por jogar em casa quis mostrar ao adversário que queria os três pontos. Os primeiros dez minutos foram de sinal mais pegacho, mas sem o melhor discernimento no ultimo quarto do terreno. Aos dezasseis minutos, numa jogada de insistência dentro da área do Pego e após alguma confusão, em que nem os atacantes rematavam à baliza, nem os defesas tiravam a bola da zona de perigo, aparece Nuno Mateus a empurrar para a baliza de Norberto.

Nuno Mateus
Nuno Mateus, marcou o primeiro golo da partida e colocou os “Dragões” a vencer. Imagem de arquivo.

O Pego não perdeu muito tempo a recompor-se, aumentou o ritmo do jogo e veio à procura do empate. Ainda assim, foi o Alferrarede que teve a melhor oportunidade para dilatar a vantagem, quando atirou uma bola ao poste da baliza pegacha. A partir dai praticamente foi o Pego a mandar e depois de várias tentativas, Fábio Santos à meia volta, na área verde branca, restabelece a igualdade mesmo com a estirada de João Felix a tentar evitar o golo. Eram decorridos 26 minutos de jogo. Sete minutos volvidos acontece a “remontada”, canto batido por Péron aproveitando o forte vento que se fazia sentir no Pego, João Félix não consegue afastar a bola, aparecendo nas suas costas Di Maria a cabecear para o fundo da baliza. Até final da primeira parte não houve mais golos porque os guarda-redes foram evitando os mesmos ou porque os avançados não tinham a capacidade de finalizar a preceito.

A segunda parte começa com as equipas a procurar o golo e adivinhava-se que isso pudesse acontecer a qualquer momento. Aos cinquenta e três minutos e quase a papel quimico do segundo golo, o Pego chega ao 3-1. Canto de Péron e cabeceamento fatal de Di Maria para o fundo das redes dos “Dragões”.

Di Maria
Di Maria, homem do jogo com dois golos apontados. Imagem de arquivo.

Foi um rude golpe para a equipa de Alferrarede, pois Pedro Varino preparava-se para alterar o seu onze na procura do empate, e afinal não tinha que conseguir um golo, mas dois. Com cerca de trinta minutos para jogar o Alferrarede procurou reduzir a desvantagem, mas do outro lado estava uma equipa do Pego, que confortável com a vantagem adquirida ia controlando o jogo a seu bel-prazer, aproveitando para retirar a bola ao adversário através da circulação da mesma pelos seus jogadores. Já com André Neves em campo isso tornou-se mais fácil. O tempo ia passando e as jogadas de verdadeiro perigo não iam aparecendo, chegando os noventa minutos com o resultado em 3-1.

Vitória justa do Pego, num jogo de futebol com bons executantes, que fizeram tudo para que a boa assistência presente não desse o tempo por mal empregue. Se houvesse mais um golo para cada um dos lados também se aceitaria.

Arbitragem com alguns erros menores, mas com exibição com nota positiva.

Ficha do jogo:

Parque de jogos do Pego

Parque de Jogos do Pego
Parque de Jogos do Pego

Árbitros: Pedro Caseiro, Filipe Godinho e Rodrigo Pereira

IMG_1826
Trio de arbitragem. imagem de arquivo

CP Pego

Norberto, João Ruivo, Tiago Dias (Zé Tomé), Pedro Almeida, Igor, Tiago Garrido, João Bioucas, Fábio Perón, Fábio Santos (André Neves), Di Maria e João Lopes (Pejó)

Suplentes: Caio, Zé Tomé, Pejó, André Neves, João Santos, Duarte Calado e Gonçalo Cadete

Treinador: Nando Costa

CDR “Os Dragões” de Alferrarede

João Félix, Pedro Alves, Fontinha, Condeixa, Nuno Mateus (André), Diogo Marques (Diogo Gomes), Josué, Luis Vieira, Filipe Paulo (Luis Carlos), André Miguel e Santana

Suplentes: Anselmo, André, Diogo Gomes, Rui Pinheiro, Tiago Gonçalves, Luís Carlos e Diogo Delgado

Treinador: Pedro Varino

Marcadores: Fábio Santos e Di Maria(2); Nuno Mateus.

A opinião dos treinadores:

Nando Costa (Pego)

Nando Costa (2)

Pedro Varino (Alferrarede)

Pedro Varino

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome