Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Outubro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol | Pego vence Aldeiense por 5-0 na ronda inaugural da Taça do Ribatejo (C/AUDIO)

Numa tarde em que os termómetros registavam temperaturas muitos altas, as pessoas encheram a bancada principal do Campo de Jogos do Pego para assistirem a uma partida a contar para a primeira jornada da fase de grupos da Taça do Ribatejo, entre a equipa da casa, a CP Pego, e o ACD Aldeiense. Neste encontro entre equipas que militam na mesma série do campeonato distrital da 2ª divisão, esperava-se um jogo interessante e com golos, e o mesmo não fugiu às expectativas.

- Publicidade -

Brito tenta ultrapassar o seu opositor, para causar perigo na defensiva contrária.

A equipa da casa entrou mais forte na partida e, logo aos 2 minutos, a bola entra nas costas da defesa do Aldeiense, deixando o avançado pegacho, Fábio Santos isolado e só com Tiago Jacinto pela frente. O jogador tentou fazer um chapéu ao guarda-redes, mas a bola saiu ao lado do poste esquerdo da baliza. Na resposta a este lance de perigo, num pontapé de canto para a equipa visitante, Salgueiro bate a bola e, após alguma confusão na área, a mesma sobra para João Lopes que, num cruzamento/remate, faz com que Mário Lopes se tivesse de aplicar pela primeira vez no encontro.

- Publicidade -

O cronómetro registava o minuto 12 quando a Casa do Povo do Pego inaugurava o marcador. A bola chega ao camisola 7 da equipa da casa, Paulito, que num bom remate cruzado fora de área faz a bola balançar as redes pela primeira vez, para alegria dos adeptos da casa.

Aos 20 minutos, João Lopes, avançado do Aldeiense, volta a tentar o remate, mas desta vez a bola sai por cima. Os visitantes respondiam bem ao golo sofrido e, logo de seguida, num livre bem batido por Victor Romero, a bola vai para a zona do primeiro poste, onde aparece Brito que, de cabeça, fez a bola passar junto ao poste direito da baliza defendida por Mário. O jogo estava animado.

As duas equipas procuraram ganhar todos os duelos.

Aos 30 minutos, a CP Pego chegava ao 2-0. Boa jogada no lado esquerdo entre Paulito e Gonçalo, o defesa esquerdo cruza na linha de fundo e a bola acaba por chegar ao segundo poste onde aparece um jogador da equipa da casa a rematar de primeira, fazendo o esférico voltar ao “coração da área”. Ali surgiu Bernardo Duarte a desviar para o golo.

Aos 41 minutos os adeptos da casa voltaram a gritar golo. Grande jogada individual de Paulito, que ultrapassou em drible o defesa direito do ACD Aldeiense e, num cruzamento com “régua e esquadro”, faz a bola chegar à cabeça de Fábio Santos, que após uma grande desmarcação, fazia o 3-0. Grande golo da equipa da casa.

Praticamente no final da primeira parte, Fábio Santos conquista a bola no meio-campo e num excelente passe em profundidade faz o esférico chegar a Paulito que, no frente-a-frente com Tiago Jacinto, obriga o guarda-redes a uma excelente defesa.

Na jogada seguinte, uma boa troca de passes em progressão entre os jogadores do ACD Aldeiense fez com que João Lopes tentasse fazer o primeiro golo dos visitantes, mas o guarda-redes do Pego respondeu com uma defesa à altura.

A Casa do Povo do Pego entra a vencer na fase de grupos da Taça do Ribatejo.

As equipas voltaram para a segunda parte. Aos 49 minutos, num livre ensaiado pela equipa comandada por Pedro Varino, Salgueiro passa para Victor Romero, e o camisola 7 faz um grande cruzamento para um colega de equipa que, de cabeça, obriga Mário Lopes a uma grande intervenção.

Na resposta, após uma má saída para o ataque da equipa do Aldeiense, Fábio Santos recupera a bola para a equipa da casa e, num passe em profundidade para o corredor esquerdo, o esférico vai ter com Luís Vieira que, só com o guarda-redes pela frente, desfere o remate mas, mais uma boa intervenção de Tiago Jacinto, negou que houvesse mais um golo.

A Casa do Povo do Pego voltava a causar perigo uns minutos depois. Canto no lado direito, a bola vai para o segundo poste e João Rodrigues, que entrou ao intervalo, remata de primeira para a baliza. O esférico encontra no caminho o seu colega de equipa Bruno Ferreira, que ainda desvia de calcanhar, mas a bola bate no poste e sai pela linha de fundo.

Na resposta, livre bem batido por Salgueiro, Mário Lopes não consegue segurar e a bola sobra para Wilson que remate ao poste. Foi esta a oportunidade mais flagrante de golo em toda a partida para a equipa visitante.

Nos minutos seguintes a bola afastou-se das balizas e, só nos últimos 10/15 minutos é que tivemos novamente jogadas de perigo a registar. Aos 80′, João Lopes apareceu isolado e tentou fazer um chapéu ao guarda-redes do Pego, mas este negou o golo. De seguida, a equipa visitante ficou reduzida a 10 jogadores, devido à expulsão de Gonçalo, alegadamente por protestos.

No próximo domingo, a equipa da casa entra em campo para o campeonato distrital da 2ª divisão distrital, visitando o Caxarias. O ACD Aldeiense visita o Sport Abrantes e Benfica.

Aos 83 minutos, a equipa da casa dilatava a vantagem. Jogada de entendimento entre Filipe Paulo e Luís Rodrigues, e o primeiro, de ângulo um pouco apertado, fez o 4-0, resultado que já era demasiado pesado para a equipa que viajou do concelho de Constância.

Quando o jogo já estava no tempo de compensação, no entanto, o ataque da equipa do Pego voltou a fazer das suas. Um pontapé de canto para a equipa da casa no lado esquerdo, com a bola a ser batida para a confusão da área e, muito oportuno, surge o defesa central Bruno Ferreira a rematar de pé esquerdo para o 5-0.

O jogo não chegaria ao fim sem mais uma expulsão para a equipa visitante, desta vez para João Rodrigues, por entrada dura sobre Bernardo Duarte.

Pouco depois o arbitro da partida daria por terminado um encontro bem disputado, que gerou cinco golos, e abriu o calendário da Taça do Ribatejo. Vitória justa da equipa comandada por Fernando Rosado, que aproveitou cinco das oportunidades criadas. O Aldeiense também construiu alguns lances de perigo mas não concretizou nenhum dos lances e desconcentrou-se um pouco, com o avolumar do resultado, que se revela pesado para o que se passou nas quatro linhas.

Aldeiense e Pego prometem dar bons espetáculos no campeonato da 2ª divisão, que arranca no próximo fim de semana. O Pego desloca-se ao campo do Caxarias, ao passo que o Aldeiense defronta o Sport Abrantes e Benfica, em Abrantes.

Ficha de jogo: 

CP Pego:

Mário Lopes; Filipe Paulo; Bruno Ferreira; Pedro Alves; Gonçalo Silva; André Batista; Pedro Rosado; Luís Vieira; Fábio Santos; Paulito e Bernardo Duarte.

Suplentes:

João Rosa; Marco Lino; João Rui; Luís Rodrigues; João Rodrigues e Ricardo Alves.

11 Inicial da equipa da CP Pego.

ACD Aldeiense:

Tiago Jacinto; Dário Milagaia; Ulisses; João Rodrigues; Salgueiro; Wilson; Victor Romero; Paulo Ferreira; Brito; Zé Oliveira e João Lopes.

Suplentes:

Carlos Branco; Miguel Amaro; Nélson; Paulo Martins; Gonçalo; Rúben Morais e Rui Pedro.

11 Inicial do ACD Aldeiense.

Equipa de arbitragem:

João Conde (Árbitro Principal); Daniel Godinho (Assistente Nº1); Nuno Oliveira (Assistente Nº2).

Equipa de arbitragem com os capitães das duas equipas.

GOLOS:

Paulito; Bernardo Duarte; Fábio Santos; Filipe Paulo e Bruno Ferreira – CP Pego

No final, ouvimos os treinadores das duas equipas:

Fernando Rosado, treinador da equipa da CP Pego.

 

Pedro Varino, treinador da equipa ACD Aldeiense.

Estudante na Escola Superior de Tecnologia de Abrantes, no curso de
Comunicação Social, na vertente de jornalismo. O gosto pelo desporto, mais precisamente pelo desporto rei, está comigo desde muito cedo. Atleta federado desde os oito anos, a minha ambição é tornar-me profissional na área do jornalismo desportivo.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome