Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

FUTEBOL: No Jogo entre Uniões, a Abrantina foi mais forte

8 de novembro de 2015, 15 horas, Abrantes

- Publicidade -

Campeonato Distrital da 1ª Divisão de Seniores da Associação de Futebol de Santarém

União Desportiva Abrantina 1 – União Futebol Comércio e Industria de Tomar 0

- Publicidade -

IMG_1353

Jogo entre equipas que vinham de resultados negativos. A União Abrantina tinha perdido e passado a ocupar a última posição da classificação e o União de Tomar, que tinha perdido em casa com o líder e tinha descido na tabela classificativa.

A primeira parte não foi muito agradável de se ver, jogo fechado, lutado a meio campo, com as defesas a levarem sempre a melhor face aos ataques. Ainda assim, sentiu-se a vontade de ambas as equipas procurarem jogar de pé para pé, num jogo apoiado, numa primeira fase de construção, tentando partir depois para a velocidade no ataque. No entanto, repita-se, sem grande consequência no que diz respeito a lances de perigo junto das áreas. Talvez por sentirem a necessidade imperiosa de ganhar este jogo, os abrantinos entraram mais tensos, a querer fazer tudo bem e rápido, o que os fez perderem muitas bolas por lançarem muito rápido os ataques ou por passes mal medidos e direccionados. Nestes primeiro quarenta e cinco minutos houve um ligeiro ascendente, com mais posse de bola e melhor circulação da mesma, por parte dos nabantinos.

IMG_1365
Velocidade e técnica, os atributos do perigoso Tiago Vieira.

Registo para alguns lances “artisticos” de Tiago Vieira que entretiveram os perto de cem assistentes na bancada e para um lance em que o União de Tomar reclama grande penalidade por pretensa mão na bola de um defesa abrantino. Damos o beneficio da duvida a Duarte Cerveira. Ao intervalo empate a zero bolas.

Na segunda parte a história foi completamente diferente. Aos cinco minutos surge o golo dos abrantinos. Cruzamento da direita para o coração da área e liberto de marcação, Miguel Seninho, à meia-volta, junto ao relvado e de primeira, remata forte sem hipóteses para Fábio.

IMG_1397
Miguel Seninho. Jogou, fez jogar e marcou o golo da vitória da União Abrantina.

Com este golo a União Abrantina perdeu de vez o respeito ao simbolo contrário, pareceu sentir que era mesmo capaz de vencer e arrancou para uma boa segunda parte. Do lado do União de Tomar, o golo veio trazer mais intranquilidade, a equipa pareceu perder-se em campo e o seu futebol deixou de estar tão ligado como na primeira parte. O jogo entrou numa toada de domínio dos da casa, que dispuseram de mais duas ou três oportunidade para dilatar a vantagem mas não tiveram a eficácia desejada, o União de Tomar ia respondendo em contra-ataques que eram parados pelo sector recuado de Abrantes, que revelou um acerto notável, em especial os dois centrais, Toni e Bruno China. Com o passar do tempo o jogo ficou partido, os dois treinadores sentiram que era tempo de mexer na equipa. Os tomarenses tentaram dar organização e critério ao seu meio campo e profundidade no ataque, ao passo que, os abrantinos deram maior capacidade de retenção de bola. Ainda antes do fim do jogo, momento em que o Estádio “susteve” a respiração. Ao minuto noventa e um, no melhor lance ofensivo dos nabantinos em toda a segunda parte, Tiago Vieira liberta-se da marcação, embala para a baliza contrária e à entrada da área desfere um remate em jeito que passa um tudo nada ao lado da baliza de Chico.

Vitória justa da União Abrantina. Pelo que se passou na primeira parte o resultado mais certo seria um empate, no entanto os jogos têm noventa minutos e na segunda parte, os abrantinos justificaram a conquista dos três pontos.

IMG_1394
Uma das oportunidade criadas e desperdiçadas pelos abrantinos na segunda parte.

Duarte Cerveira e seus assistentes não tiveram um trabalho fácil. Na primeira parte devido ao jogo muito disputado a meio campo, os contactos foram muitos, o que pediu ao árbitro grande atenção e na segunda parte com o aquecer do jogo devido à incerteza no resultado, as coisas também não foram fáceis para o árbitro. O critério que adotou também não o ajudou, usou uma arbitragem “à inglesa”, o que em determinados lances o atraiçoou, pois deixou passar em claro algumas faltas claras. Damos o beneficio da duvida no lance reclamado pelos tomarenses, o que nos leva a concluir não ter tido influência no resultado.

Ficha do jogo:

Estádio Municipal de Abrantes

Estádio Abrantes
Estádio Municipal de Abrantes

Árbitros: Duarte Cerveira, Bruno Cardosos e Alexandre Sabugueiro

IMG_1358
Trio de arbitragem e capitães de equipa na habitual escolha de campo.

UD ABRANTINA

Chico, Jimmy, Toni, Bruno China, Cartaxo, João Martins, Topa (Bernardo Bexiga), Miguel Seninho, Diogo Barrocas, Bruno Moita (Diogo Rosado) e Picão (Vitor Romero)

Suplentes: André Pereira, Manuel Vitor, Zé Heitor, Vitor Romero, João Rui, Diogo Rosado e Bernardo Bexiga

Treinador: Renato Dias

IMG_1360
União Desportiva Abrantina

UFCI TOMAR

Fábio, Rui China (Faustino), Joca, Pedro Figueiredo, Tiago (Mauro Valente), David, Diogo Moreira (Renato), Luís Pedro, Bruno Araujo, Tiago Vieira e Pele

Suplentes: Brito, Queijinho, Faustino, Hugo, Renato, Mauro Valente e Natividade

Treinador: Lino Freitas

IMG_1361
União Futebol Comércio e Indústria de Tomar

Marcadores: Miguel Seninho

A opinião dos treinadores:

Renato Dias (Abrantina)

Renato Dias - UDA
Renato Dias

 

João Carlos (treinador adjunto Tomar)

IMG_20151108_170101
João Carlos

 

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here