Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Outubro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol | Nando Costa já não é treinador do Torres Novas, entra Afonso Alves

Nando Costa já não é treinador do Torres Novas, anunciou na noite de quinta-feira a Comissão Administrativa do clube torrejano. O Torres Novas ocupa a 12ª posição da tabela da 1ª divisão distrital da AF Santarém, e está em zona de descida de divisão, ainda sem vitórias neste campeonato. Com 11 jogos disputados, o Torres Novas soma cinco pontos, fruto de cinco empates e soma seis derrotas. Já na manhã desta sexta-feira, a Comissão Administrativa do Clube Desportivo de Torres Novas deu conta de ter chegado a acordo com Afonso Alves, para assumir o cargo de treinador da equipa sénior.

- Publicidade -

Em nota publicada esta noite de quinta-feira na página online do clube, a Comissão Administrativa do Clube Desportivo de Torres Novas informa que “chegou a mútuo acordo com o mister Nando Costa para a cessação do cargo de treinador da equipa Sénior”.

“Reconhecendo a capacidade técnico/táctica do mister Nando Costa e a humildade que o caracteriza fomos adiando a decisão de aceitar o seu pedido”, pode ler-se na mesma informação. “Desejamos ao mister Nando Costa os maiores sucessos pessoais e desportivos. Foram 2 anos de grande humildade, de excelentes vitórias e de conquistas históricas que nunca esqueceremos”, destaca a nota informativa dos responsáveis do clube, que faz questão de afirmar que Nando Costa “ficará na bonita história do Clube Desportivo de Torres Novas e será sempre um dos nossos”.

- Publicidade -

Afonso Alves é o novo treinador do Torres Novas. Foto: DR

Já na manhã desta sexta-feira, a Comissão Administrativa do Clube Desportivo de Torres Novas deu conta de ter chegado a acordo com Afonso Alves, para assumir o cargo de treinador da equipa sénior.

Após terminar a carreira como jogador do CDTN na Época 2006/2007, Afonso Alves regressa assim ao clube onde se formou como jogador.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome