Futebol | Mouriscas apresentou o plantel e homenageou os seus (c/fotos e audio)

Noite de gratidão e afectos.

Foi num Campo das Aldeias repleto de gente que a Casa do Povo de Mouriscas apresentou o plantel da equipa de futebol que irá disputar mais uma época sob a égide da Fundação Inatel. Foi na noite de sábado, 11 de agosto, à hora do jantar, em sessão integrada na Feira Mostra de Artesanato e Gastronomia de Mouriscas.

PUB

Ao palco foi chamado o elenco diretivo da Casa do Povo e o jovem presidente André Cadete elencou as dificuldades e anseios deste executivo eleito em abril transacto. Apelou à união e exortou os mourisquenses a apoiar esta antiga instituição com 83 anos, a mais antiga da freguesia, e uma das mais antigas no concelho de Abrantes.

Chamou ao palco ilustres colaboradores da Casa do Povo com um passado associativo de relevo para serem homenageados com o galardão “Gratidão e Honra”. Foram momentos de afecto e emoção.

PUB
Foram homenageados ilustres mourisquenses.

A Casa do Povo de Mouriscas tem como principal objectivo a prática do desporto e, em particular, do futebol. Depois de largos anos sem futebol na aldeia, onde chegaram a haver grandes “derbys” com os Esparteiros, a época passada foi de relançamento.

Um grupo de mourisquenses associou-se para a prática de futebol sob o nome de Clube Desportivo Mourisquense, passando esta época a competir com o emblema da Casa do Povo ao peito.

Equipamentos da Casa do Povo de Mouriscas para a época 2018/19.

O plantel foi apresentado sendo logo notório que a continuidade era a tónica. A equipa da época passada, com alguns reforços, vai ser a base de trabalho da equipa técnica de José Parreira e José Brito. Duas simpáticas colaboradores envergaram os equipamentos a utilizar, encerrando a cerimónia sob fortes aplausos do muito público presente.

No final ouvimos André Cadete, presidente da Casa do Povo de Mouriscas:

André Cadete, presidente da Casa do Povo de Mouriscas.

Igualmente falámos com José Parreira, treinador da equipa de futebol:

José Parreira (ao centro), treinador da Casa do Povo de Mouriscas.

*Com David Pereira

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

PUB
Artigo anteriorTomar | “Ti Júlia”: finalmente numa casa depois de 92 anos numa barraca (C/VIDEO)
Próximo artigoBreves | Desporto
Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here