Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Agosto 2, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol: Mação vence, consolida quarta posição e olha para o terceiro (com áudio)

6 de março de 2015, 15 horas, Mação

- Publicidade -

Campeonato Distrital da 1ª Divisão de Seniores da Associação de Futebol de Santarém

Associação Desportiva de Mação 2 – Sport Lisboa e Cartaxo 0

- Publicidade -

Crónica de José Santos

Este era um dos jogos da jornada, uma vez que frente-a-frente iriam estar o segundo classificado que tem feito uma época exemplar e o quarto classificado que parece estar a subir de forma nesta reta final de época e que parece querer ainda lutar pelo pódio neste campeontao.

Um jogo onde o Cartaxo começa melhor, dispondo da sua melhor oportunidade logo aos 11 minutos, quando Tiago Dias, recebendo um cruzamento da esquerda e na cara de João Rosa não consegue cabecear com a melhor direção, atirando para fora. Reação pronta da equipa de Mação, com dois lances de perigo. O primeiro numa insistência de Bruno Lemos que não levou o selo de golo e mais tarde num bom cruzamento de Samuel para área, em que Persi antes de dar o melhor seguimento ao esférico, acaba por chocar com Ricardo.

O golo acaba por aparecer ao minuto 35, após um canto da esquerda do ataque maçaense, Bruno Lemos coloca no coração da área forasteira e Lélé de cabeça, oportuno, a inaugurar o marcador. Ainda de salientar um livre batido por Bruno Lemos, praticamente em cima do intervalo, em que o jogador de Mação bate superiormente, mas Ricardo faz a defesa da tarde não permitindo o aumento da vantagem para os homens da casa.

Poderá dizer-se que na primeira parte a toada foi de equilíbrio, justificando-se a vantagem dos homens da “Catedral do Presunto” pela eficácia demonstrada.

No segundo tempo começou melhor a equipa de Paulo Costa, jogada bem delineada por Samuel pela direita, que coloca em Rui Sousa e na área o jogador de Mação acaba derrubado por Koeman. Chamado à conversão da grande penalidade, Persie transformou com êxito, aumentando para dois zero.

Veio de pronto a resposta de Cartaxo, em especial em lances de bola parada, com Ricardo Henriques por duas vezes a proporcionar boas intervenções ao guardião João Rosa. O Cartaxo tentava chegar ao 2-1, resultado que galvaniza sempre que marca, mas não veio a acontecer, tendo mesmo pertencido aos homens de Mação duas boas ocasiões, onde poderiam ter aumentado a vantagem. Minuto 33, Persie isolado permite excelente intervenção do guarda-redes cartaxense e ao minuto 40 Rodrigo Bento com um bom remate faz a bola passar a centímetros do poste de Ricardo. A última oportunidade pertenceu aos forasteiros, ao minuto 89, com Morgadinho a fazer a bola “roçar” o poste de João Rosa.

_MG_9237
Persie voltou a ser decisivo na equipa de Mação.

Em suma, poderá dizer-se que o jogo foi em grande parte do tempo muito bem jogado, com a bola a ser tratada sempre sobre o relvado, onde os três pontos ficaram em Mação de forma justa, pois foram melhores, mais dinâmicos e mais eficazes, mas os homens de André Luís mereciam pelo menos ter conseguido o tento de honra.

O trio de arbitragem fez uma boa exibição, mas diga-se também que o jogo foi correto sem casos e nas decisões mais difíceis, Henrique Paula decidiu sempre bem, em especial no lance do penalti.

Ficha do jogo

Campo Municipal Agostinho Pereira Carreira

Árbitros: Henrique Paula, Diogo Vicente e André Clemente

AD Mação

João Rosa, Diogo Rocha, Lélé, Saul, Bernardo Bento, Ducho, Luís Esteves, Samuel, Bruno Lemos (Jorge Cascalho), Rui Sousa (Rui Bento) e Persie (Rodrigo)

Suplentes: Mário Lopes, João Vitor, Leonardo, Rui Bento, Jorge Cascalho e Rodrigo

Treinador: Paulo Costa

SL Cartaxo

Ricardo, Cajarana, Koeman (Vitor), Ricardo Henriques, Tiago Dias, Tiago Batista, Rafael Barbosa, Samuel (Chevy), David, Diogo Martins e Fredy (Morgadinho)

Suplentes: Ivo, Tiago Vitoriano, João Soares, Vitor, Chevy, Morgadinho

Treinador: André Luís

Marcadores: Lélé (35′) e Persi (47′)

A opinião dos treinadores:

Paulo Costa (Mação)

Paulo Costa
Paulo Costa

 

André Luís (Cartaxo)

André Luis
André Luís

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome