PUB

Futebol/Juniores | Fazendense vence em Tramagal num jogo emotivo (C/fotos e audio)

TRAMAGAL SPORT UNIÃO 2 – ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA FAZENDENSE 3
Campeonato Distrital AFS- 2ª Divisão
Campo Comendador Eduardo Duarte Ferreira
Tramagal
10-02-2018

PUB

Lance aéreo a meio campo.

Uma tarde de sol, ainda que fria, com o Comendador a registar boa afluência de público, recebeu duas equipas em situação
antagónica na classificação. Enquanto os visitantes lutam pela subida o Tramagal, em ano de regresso neste escalão, está em
processo de crescimento.

PUB

A jogar em casa, acarinhada pelos seus adeptos, a equipa de azul entrou melhor no jogo e logo ao quarto minuto obrigou o guarda redes Fábio a sair a soco na marcação de livre com muito perigo.

Assédio tramagalense à baliza do Fazendense.

Dois minutos depois Garcia foi à linha de fundo cruzar para nova intervenção de Fábio. Aos dez minutos a equipa tramagalense conquistou uma falta. O livre, descaído pela direita, apanhou Nuno Ramos em boa posição para marcar mas a cabeçada saiu por cima.

O Tramagal estava por cima e empurrava a equipa de Fazendas de Almeirim para junto da sua área.

Boa intervenção do guarda redes Fábio.

Esta postura atacante convidava o adversário a contra atacar.
E foi dessa maneira que o Fazendense chegou ao golo, por Duca,aos 13 minutos, contra a corrente do jogo mas com mérito.

A equipa de Tramagal continuava a ser a única a procurar o golo e Garcia obrigou Fábio a nova defesa, aos 22 minutos. Aos 32 novo remate de Garcia saiu por cima da trave. No minuto seguinte o TSU conquistou um canto que o guarda redes largou para defender à segunda.

Garcia era o jogador mais inconformado e de novo rematou por cima aos 39 minutos. O Tramagal porfiava mas a bola teimava em não entrar. O intervalo chegou com um forte travo a injustiça. O jovens jogadores de borboleta ao peito mereciam mais…

Muita entrega num bom jogo.

O treinador do Fazendense, Saraiva de Oliveira, não estava satisfeito e mexeu no xadrez da sua equipa no descanso.
De uma assentada meteu dois jogadores frescos.

A segunda parte começou com a queda dum jogador fazendense na área dos azuis. O árbitro, bem posicionado, mandou jogar.
A equipa das Fazendas parecia tranfigurada para melhor e aos 51 minutos chegou mesmo ao golo, prontamente invalidado por
carga a João Serafim.

Aos 54 minutos foi a vez de Rodrigo obrigar João Serafim a trabalho esforçado para parar, à segunda, forte remate.
Depois desta forte entrada dos visitantes o Tramagal equilibrou o jogo e à passagem dos 65 minutos Garcia entra em dribles
sucessivos, desposicionando a defesa fazendense e assistindo Calado que, em boa posição, não perdoou.

Bons pormenores em jovens promessas de ambos os emblemas.

Reposta a igualdade e a justiça no marcador.
Só que passados dois minutos o guarda redes Fábio, numa reposição longa, apanhou Nascimento em corrida e já na área
tramagalense, mesmo com oposição, este rematou vitorioso.

Voltava o Tramagal a ter a vida difícil até que aos 73 minutos Tiago, que havia entrado à pouco, atirou por cima após um
excelente cruzamento da esquerda. Aos 81 minutos o guarda redes Fábio, que havia brilhado com um punhado de boas defesas, abordou de forma infeliz um remate de Garcia e a bola foi mesmo para a baliza, repondo a igualdade.

Garcia jogou, fez jogar e marcou um golo.

O Fazendense reagiu a esta contrariedade e pouco depois, aos 84 minutos, Cristovão executou um monumental remate, de fora
da àrea fixando o resultado.

O Tramagal tudo fez nos minutos que faltavam jogar para pontuar mas a vitória assenta bem ao Fazendense pelo que jogou na
segunda parte. O Tramagal pelo que lutou merecia mais…
Boa arbitragem.

Arbitragem atenta de Leonel Manha.

FICHA DE JOGO

TRAMAGAL SPORT UNIÃO:
João Serafim, Fábio (Tiago), Barralé, Bruno, Nuno Ramos, Pisco (João Costa), André, Calado, Cabaço, Garcia e Monteirinho.
Suplentes não utilizados: Paulo e Graça.
Treinador: Joaquim Nunes “Quinó”.

Tramagal Sport União.

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA FAZENDENSE:
Fábio, Gil, Calado, Capela, Rodrigo (Branco), Agostinho (Afonso), João D´Água (João Cristovão), Jerónimo, Duca (Seixas), Nascimento e Lopes.
Suplentes não utilizados: Rúben, Daniel e Gaspar.
Treinador: Saraiva de Oliveira.

Associação Desportiva Fazendense.

GOLOS:
Calado e Garcia (Tramagal); Duca, Nascimento e Cristovão (Fazendense).

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
Leonel Manha, Diogo Nobre e João Lamas.

Equipa de Arbitragem: Leonel Manha, Diogo Nobre e João Lamas com os capitães.

No final quisemos ouvir as opiniões dos treinadores de ambas as equipas:

Joaquim Nunes “Quinó”- Treinador do TSU.

Saraiva de Oliveira-Treinador do Fazendense.

PUB
PUB
Jorge Santiago
Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).