- Publicidade -

Segunda-feira, Dezembro 6, 2021
- Publicidade -

Futebol | Juniores da Atalaiense vencem Tramagal e estão na corrida à subida (C/fotos e audio)

UNIÃO DESPORTIVA ATALAIENSE 4 – TRAMAGAL SPORT UNIÃO 1
Campeonato de Juniores da AFS- 2ª Divisão- 11ª jornada
Parque Desportivo Municipal
Atalaia
03-02-2018

- Publicidade -

Festa do golo.

Numa tarde fria, com algum vento, encontraram-se no Campo Municipal da Atalaia duas equipas com percursos diversos. A União Atalaiense à procura dum lugar de subida e o histórico Tramagal, num ano de regresso a este escalão, a assimilar processos e numa fase de crescimento.

- Publicidade -

Apesar do diferencial de pontos a equipa da vila metalúrgica encarou o jogo com seriedade disposta a vender cara a derrota.
E logo aos seis minutos Garcia teve um cruzamento remate que obrigou o guarda redes Alexandre Carola a valorosa
intervenção.

Paulo Campos com marcação apertada.

Respondeu a equipa da casa com uma cabeçada de Kiko para a trave na sequência dum livre. Aos 12 minutos foi a vez do guarda redes Paulo, do Tramagal, resolver a soco um livre perigoso.

O minuto 13 foi aziago para os azuis. Da marca dos onze metros, na conversão dum penalti, Atanásio permitiu a defesa de
Paulo mas a bola, de forma caprichosa foi à base do poste e encaminhou-se para a linha fatal. Estava aberto o marcador e o
Tramagal obrigado a correr atrás do prejuízo.

Paulo ainda defendeu remate de Atanásio mas a bola entrou mesmo.

O jogo adormeceu um pouco e durante largos períodos jogou-se longe das balizas. Até que aos 23 minutos a Atalaiense teve uma jogada de belo efeito com o último cruzamento a apanhar Miguel na zona de tiro. Este não se fez rogado e aumentou o “score” para 2-0.

Os jovens de Tramagal acusaram o golo e a Atalaiense instalou-se no seu meio campo atacante provocando trabalho suplementar à defesa da borboleta.

Defesa azul teve tarde trabalhosa.

Aos 26 minutos, após um canto batido com muita força, a bola rondou a baliza de Paulo sem que ninguém a interceptasse e o
lance gorou-se. Dois minutos depois um centro remate encontrou a trave da baliza tramagalense.

O Tramagal revelava dificuldades em sair do espartilho atalaiense e quando o fez marcou. Aos 34 minutos, numa boa iniciativa de Barralé, este ganhou a linha de fundo e cruzou para Cajú que encheu o pé e fuzilou a baliza da equipa da casa.

A equipa axadrezada continuava mais produtiva e Atanásio tentou a sorte de muito longe, aos 42 minutos, mas a bola saiu por
cima. Já nos descontos ainda ouve tempo para nova cabeçada da equipa da casa que voltou a sair por cima. O intervalo chegou com o marcador a assinalar a diferença mínima castigando a falta de eficácia dos jogadores atalaienses.

Por períodos Tramagal equilibrou a contenda.

Ambos os técnicos procederam a alterações nos respectivos onzes para o tempo que faltava jogar. Entrou melhor a equipa do concelho de Vila Nova da Barquinha.

E logo aos 49 minutos Paulo Campos obrigou o guarda redes forasteiro a defesa de recurso e a emenda saiu para fora. Aos 54 minutos Miguel, um jogador com muito talento, tentou um movimento em habilidade e a bola passou perto da baliza de
Paulo.

Ataque atalaiense rendeu quatro golos.

O guarda redes tramagalense viria a estar em foco em três soberanas oportunidades para os da casa muito bem resolvidas.
Só aos 18 minutos do segundo tempo o Tramagal se abeirou da baliza contrária, e logo com enorme perigo, com Garcia a falhar
a assistência a cruzamento por muito pouco.

Na resposta, Jota, isolado, rematou às malhas laterais da baliza de Paulo. Na reposição Atanásio rematou para defesa
apertada de Paulo e na emenda Miguel é apanhado na armadilha do fora de jogo.

Duelo a meio campo.

A Atalaiense estava melhor e o golo não tardou. Aos 67 minutos Miguel arrancou um fortíssimo remate de muito longe, mas
indefensável para Paulo.

Reposta a diferença de dois golo a equipa da casa abrandou o caudal ofensivo permitindo ao Tramagal apresentar o seu
futebol. Aos 76 minutos, Garcia, de livre direto, enviou o esférico por cima da baliza da equipa de xadrês.

Muita entrega dos jogadores de ambos os conjuntos.

A União Atalaiense não abdicava de atacar e quando o fazia levava perigo à baliza azul. Miguel, aos 79 minutos, ganhou a
linha de fundo, cruzou para Tiago emendar na cara de Paulo. Estava feito o quarto da equipa da casa e o resultado final.

No que faltava jogar, com as equipas rendidas ao resultado, pouco futebol houve. O frio convidava a um duche quente…

Bom jogo, disputado com equilíbrio por momentos com um vencedor justo. O Tramagal tem jogadores com boa margem de
crescimento.
Boa arbitragem.

Árbitro acompanhou jogadas de perto.

FICHA DE JOGO

UNIÃO DESPORTIVA ATALAIENSE:
Alexandre Carola, Kiko (Castro), Fernando, Marçalo (Rafinha), Atanásio (Farinha), Miguel, Diogo Garcia, Tiago, Henrique (Jota), Paulo Campos e Martinho.
Treinador: Nuno Batista.

União Desportiva Atalaiense.

TRAMAGAL SPORT UNIÃO:
Paulo, Calado, André, Bruno, Nuno Ramos (Graça), Pisco (Fábio), Barralé, Miguel, Tiago (João Costa), Cajú e Garcia.
Suplentes não utilizados: João Serafim, Bexiga e Cabaço.
Treinador: Joaquim Nunes “Quinó”.

Tramagal Sport União.

GOLOS:
Atanásio, Miguel (2) e Tiago (Atalaiense); Cajú (Tramagal).

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
Daniel Godinho, João Conde e Nuno Oliveira.

Equipa de arbitragem: Daniel Godinho, João Conde e Nuno Oliveira com os capitães.

No final o mediotejo.net ouviu ambos os técnicos:

Nuno Batista- Presidente UDAtalaiense.

Joaquim Nunes- Treinador do TSU.

*Com David Pereira (fotos).

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome