Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Agosto 5, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

FUTEBOL JOVEM: Juvenis de Sardoal descarrilam no Entroncamento

22 de novembro de 2015, 11.00 horas, Entroncamento

- Publicidade -

Campeonato Distrital da Juvenis da 2ª Divisão

Clube Amador de Desportos do Entroncamento “B” 4 – Grupo Desportivo e Recreativo “Os Lagartos” de Sardoal 1

- Publicidade -

Crónica do jogo por José Belém:

O CADE de Entroncamento (e como lhe competia, jogando no seu reduto) entrou melhor na partida, tomando conta do meio-campo adversário aproveitando os jovens de Sardoal para explorar o contra-ataque em que, por uma par de vezes, podiam ter alcançado o golo mesmo que contra a tendência do jogo. E é numa dessas investidas pelo seu lado direito que, aos 17 minutos de jogo, na sequência de um livre indirecto, Alexandre Duarte, de cabeça, bate o guarda-redes local e coloca “Os Lagartos” a vencer a partida.

3 Golo Lagartos 0-1
Golo dos Lagartos do Sardoal.

Acusando, em demasia, o facto de estar a vencer “fora de portas” os jovens lagartos acabaram por descomprimir de mais e, disso, aproveitou a equipa de Entroncamento que, nunca desistindo, chega ao merecido empate, por intermédio de Cunha (minuto 28) após uma sequência de maus alívios da defesa sardoalense.

Se, até aqui, “Os Lagartos“ ainda iam reagindo com alguns lances rápidos de contra-ataque (sempre bem anulados pela bem estruturada defesa “ferroviária”) não foi difícil chegar à reviravolta no resultado aos 36 minutos numa “bomba” de João Tiago que, do meio da rua, desfere um potente remate fazendo, deste modo o 2 a 1 para o CADE, resultado com que se foi para o descanso.

E, se os jovens sardoalenses já se encontravam perdidos nas suas posições dentro do rectângulo sintético do Parque do Bonito, com as “inexplicáveis” alterações tácticas de Ricardo Marçal, mais baralhados vieram para o segundo tempo com as suas substituições: troca de guarda-rede, entrando  Duarte Belém para o lugar de Rodrigo Antunes que passa para jogador de campo, tirando na mesma ocasião Tiago Águas fazendo entrar o extremo direito Rui Teixeira.

Mas, ainda nem decorridos iam três minutos do segundo tempo e já o CADE fazia o 3 a 1 por André Pereira, num lance precedido de fora de jogo que o auxiliar não assinalou.

E a equipa de Sardoal, nunca mais se encontrou, tendo os jovens do Entroncamento (mesmo debilitados fisicamente, na sua maioria) jogando a seu bel-prazer desperdiçando diversas oportunidades para ampliar a vantagem. “Os Lagartos” apenas num ou outro lance de “bola parada” é que tentavam incomodar o último reduto contrário mas, quase sempre, sem nexo, sem velocidade e sem o discernimento que já vimos em outras ocasiões!

Mediante tal passividade, não foi de estranhar que o quarto tento do CADE aparecesse. Duarte Belém ainda evita por duas vezes mas, à terceira, depois de uma sequência de remates e ressaltos à boca da baliza, a bola acaba mesmo por entrar ficando a dúvida no autor do tento se Evangelista, do CADE, se do próprio guardião lagarto!

Aos 53 minutos de jogo, estava encontrado o vencedor justo (talvez por números exagerados) que castigou as más opções tomadas pelo técnico de “Os Lagartos” quer no onze inicial, quer nas constantes alterações posicionais feitas ao longo da partida. Também (e mais uma vez), a falta de eficácia e concretização ditaram as leis: os jovens de Sardoal, mesmo antes de se verem na frente do marcador, dispuseram de duas ou três oportunidades para ir facturando enquanto que o CADE rematou muito menos (no primeiro tempo) e marcou mais. Na segunda metade da partida, só deu CADE!

4 (3)
Vitória justa da equipa de Juvenis “B” do CADE

Arbitragem de bom nível apenas com um erro no lance que origina o terceiro golo do CADE pois o extremo esquerdo aparece isolado em posição irregular antes de cruzar para a área. Um ou outro cartão por mostrar mas, no restante, a melhor arbitragem a que já assistimos nas camadas jovens, esta época.

Ficha de jogo:

Complexo Desportivo Municipal do Bonito

Árbitros: Hugo Silva, Gonçalo Antunes e Rui Cabeleira

CADE “B”

Alex, João Tiago, Tomás Duarte, Fernando Gonçalves, Mourato, João Filipe, Tomás Brites, Evangelista, João Ramos, André Pereira e Cunha

Suplentes: Miguel Machado, Atanásio e Alarico

Treinador: José Coelho / Luís Coelho

GDR “Os Lagartos” de Sardoal

Rodrigo Antunes, Alexandre Duarte, Diogo Batista, Fábio Alves, Diogo Ventura, João Paulino, Tiago Gaspar, David Louro, João Pires, Gonçalo Madeiras e Tiago Águas

Suplentes: Duarte Belém, Diogo Alves, Rui Teixeira e Joaquim Lopes

Treinador: Ricardo Marçal

Marcadores: Cunha, João Tiago, André Pereira e Evangelista; Alexandre Duarte

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome