Futebol | Jovem craque de Abrantes destaca-se na formação do Rio Ave

Daniel Souza nasceu em Abrantes e destaca-se nas equipas de formação do Rio Ave, que o contrataram esta época. Foto: DR

Daniel Souza, 16 anos, natural de Abrantes, foi contratado para representar o Rio Ave e marcou este fim de semana um golo importante para o campeonato nacional de juvenis. Tendo representado vários clubes da região, Daniel vive na Academia do clube de Vila do Conde e mostra que filho de peixe sabe nadar. O pai, Sylvio Romero, foi um dos melhores pontas de lança a atuar no distrito de Santarém e o irmão mais velho, Victor, não esconde o orgulho pelo desafio que o irmão abraçou. “Tem uma humildade e uma alma incrível”, afirmou.

PUB

A estudar Ciências no 11º ano, em Vila do Conde, o seu sonho/objetivo é ser jogador profissional de futebol, tendo este fim de semana conquistado um golo para o conjunto que representa, que o encheu de alegria e ajudou a ultrapassar as saudades dos seus familiares. Daniel Souza representou o CADE do Entroncamento e a Associação Académica de Santarém, de onde partiu para o Rio Ave, depois dos olheiros assistirem ao seu potencial e às suas exibições.

Num jogo em que garantiram a passagem à fase seguinte do campeonato nacional de juvenis, perante o Bragança, quando o jogo estava empatado Daniel fez o 2-1, junto ao lado direito do ataque e de pé esquerdo (é direito) de fora da área, um golo de belo efeito e que catapultou a equipa para a vitória, tendo jogado os 90 minutos, contou ao mediotejo.net o irmão mais velho, Victor Romero, que também joga futebol e não esconde o seu orgulho pelo irmão e pela coragem que teve em abraçar este desafio.

PUB
Daniel Souza e o pai, Sylvio Romero, uma família humilde e com uma paixão comum pelo futebol. Foto: DR

O futuro pode ser promissor para Daniel, tendo em conta o dom para o futebol e os genes dos seus familiares mais diretos, igualmente bons de bola. O pai, Sylvio Romero, brasileiro, veio para Portugal há muitos anos, residindo em Constância onde exerce a atividade profissional de dentista.  Sylvio Romero é uma das figuras que marcaram os pelados e os relvados do distrito, não só pelos inúmeros golos que marcou, como pelo perfume de bom futebol que deixava nos campos por onde passava, tendo representado clubes como Tramagal, Alferrarede, Pego, Águias de Alpiarça, entre muitos outros, tendo granjeado boas amizades por onde passou. Hoje dedica-se ao snooker, desporto menos cansativo, mas igualmente competitivo.

Apesar da distância, o apoio familiar não falta a Daniel. A irmã do meio, Mariana, estuda em Lisboa e não liga à bola mas Victor, irmão velho, só não acompanha os jogos do mano mais novo quando não pode. “Sim, e quando não posso acompanhar custa-me imenso porque além de irmão ele é o meu melhor amigo”, confidenciou ao nosso jornal.

PUB
A família unida na paixão pelo futebol e pelas amizades que o desporto proporciona. Foto: DR

Victor Romero, 25 anos, joga no Entroncamento Atlético Clube, e fez a sua formação no CADE, clube do Entroncamento, tal como viria a fazer o irmão Daniel. Victor fez a sua formação no CADE até aos iniciados,  depois representou o Sport Abrantes e Benfica (onde se sagrou campeão de juniores) , e representou os seniores do Pego, União Desportiva Abrantina (onde se sagrou campeão da segunda divisão distrital),  Aldeiense e Gavionenses, até envergar a camisola do novo Entroncamento Atlético Clube. Atua preferencialmente como médio interior, médio centro e/ou lateral direito.

Já o irmão Daniel ocupa quase todas as posições a meio do campo, jogando a médio defensivo e médio interior direito e esquerdo e médio centro. Um patrão do meio campo. Nascido em Abrantes a 8 de maio de 2003, atualmente com 16 anos, Daniel Esteves Borges de Souza é um jovem com “uma alma incrível”, conta o irmão Victor.

Desde muito jovens que a família Souza pratica futebol, inclusive participando em torneios na região.. com demonstra esta foto registada em 2014 Foto: DR

“O meu irmão tem uma humilde incrível,  muito maior que a sua qualidade, e uma responsabilidade enorme, daí ter utilizado a braçadeira durante vários anos no CADE e ser sempre líder onde passa. Sei que seja no que for vai ser bem sucedido, é um míudo 5 estrelas que por onde passa deixa saudades e faz amigos e pessoas que o adoram e apoiam. E agora não é diferente”, assegura.

“É difícil ir para uma cidade longe, sozinho, tão novo, onde não tinha amigos, família, ninguém,  e é bom ver como os colegas o tratam, como gostam dele e como ele está bem e feliz. Por esses valores que ele tem, que hoje em dia muitos jovens não têm a nível pessoal, será sempre bem-sucedido. A nível futebolístico é super inteligente taticamente  muito evoluído e agressivo e nunca desiste, remata bem e é muito forte no jogo aéreo… quero o melhor para ele, e acho que tem todas as condições para ser bem sucedido no futebol”, conclui o irmão de Victor.

Uma saudação de amor e amizade que, afinal, são sentimentos fundamentais para Daniel transportar consigo para todos os palcos da sua vida.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here