Futebol | Inter de Fradelos destrona Seiça como Campeão Nacional do Inatel (c/audio, vídeo e fotos)

Inter de Fradelos provou o champanhe da vitória.

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E RECREATIVA INTER DE FRADELOS 1 – GRUPO DESPORTIVO E CULTURAL DE SEIÇA 0
Taça Fundação Inatel – Final
Estádio 1º de Maio
Lisboa
09-06-2018

Bonito Estádio 1º de Maio recebeu a Final.

O “snobismo” das Avenidas Novas, onde se situa o complexo desportivo do Inatel, em Lisboa, foi quebrado pelo som dos populares bombos e cornetas. Desde cedo se começou a afinar as gargantas e para as mais renitentes já havia a funcionar a estrutura de apoio às festas dos Santos Populares. Entre sardinhas, bifanas e couratos, bolos e pipocas cedo se percebeu que o clima era de festa e os adversários faziam questão de antecipar o jogo entre dois brindes ao “fair-play” e à amizade.

Final Inatel 2018 – Inter Fradelos – Seiça

Publicado por mediotejo.net em Sábado, 9 de Junho de 2018

À hora marcada a bola começou a rolar no sintético do Estádio 1º de Maio.
E logo no primeiro minuto, após falha defensiva, Claro rematou de forma perigosa à baliza do Seiça mas para fora.

Bola “tirou tinta” à baliza de Tomé.

Respondeu o Seiça, no minuto seguinte, ganhando um canto que foi desperdiçado.
O Inter tinha mais bola, atacava mais, com o Seiça mais expectante, espreitando uma ocasião de desferir o contra ataque. Aos cinco minutos, Claro cruzou muito chegado à baliza e criou dificuldades ao guarda redes do Seiça.

A defesa da equipa do concelho de Ourém tinha trabalho aturado para travar as investidas dos “nero-azzurri”. E aos nove minutos um cruzamento bem medido, do lado direito, encontrou Litos em boa posição para rematar. Não perdoou e colocou a equipa de Braga na frente do marcador.

Litos marcou, aos nove minutos, o golo que deu o título.

Apesar de estar na frente a equipa que viajou de Fradelos queria ampliar a vantagem e continuou a dominar o jogo. A excepção foi um remate de Beko, de muito longe, sem levar perigo à baliza do Inter. Jogava-se o 18º minuto.

O jogo passava muito pelo meio campo onde se lutava muito pela posse de bola. Os guarda redes foram meros expectadores neste período.

Lutou-se muito a meio campo.

Aos 26 minutos Claro desferiu um potente remate, de fora da área, embatendo o esférico num defensor do Seiça. A emenda de Ivey passou por cima da baliza de Tomé.
Três minutos depois o Inter de Fradelos conquistou um livre, descaído pela direita. A bola colocada na cabeça de Tiago ganhou altura, gorando-se a jogada.

O cronómetro marcava a meia hora quando Ivey entrou na área do Seiça com a bola dominada. Ensaiou um bom remate parado com classe por Tomé. Aos 35 minutos o possante avançado Claro amorteceu para o remate de Ivey. Passou perto mas por fora.

Já com o intervalo à vista a lesão de Rodrigo obrigou Vitor Rodrigues a “mexer” na equipa e a lançar no jogo Luís Lopes II.

Lesão de Rodrigo obrigou a alterações antes do intervalo.

Em cima do descanso o Seiça levou perigo à baliza contrária. Um livre, batido em força, fez a bola embater na barreira e acabar nas luvas de Lipe. Esgotada a compensação de três minutos o árbitro apitou para o descanso.
Nova ocasião para ouvir a opinião dos adeptos:

Final Inatel – Intervalo (Inter Fradelos 1 – 0 Seiça)

Publicado por mediotejo.net em Sábado, 9 de Junho de 2018

O técnico do Inter, João Quinteiro, resolveu refrescar a sua equipa ao intervalo e deixou Ivey e Martins no banho e lançou na partida Gama e Rafa. A toada da partida não se alterou.

O Seiça, com muitas ausências, tinha a noção de que teria de empregar a fundo para inverter a tendência do jogo e lutar ainda pelo tri-campeonato. Subiu de produção…
Aos 46 minutos Claro, de elevada estatura, saltou mais alto e cabeceou por cima.

Claro cabeceia por cima.

Logo no minuto seguinte foi a vez de Gama responder a um cruzamento bem medido. O guarda redes Tomé esconjurou o perigo. Aos 52 minutos surgiu o primeiro “caso” do jogo. Beko foi derrubado por Gigg na área do Inter. Sob os protestos dos adeptos do Seiça o árbitro José Coelho mandou jogar. Gonçalo rematou contra um defensor do Inter e a jogada acabou aí.

Três minutos depois aconteceu o mesmo na área contrária. Tiago foi derrubado dentro da área do Seiça. O árbitro mandou marcar livre, à entrada da área. Rafa bateu o livre, encontrando a barreira adversária. A bola saiu para um canto.

Livre de Rafa passou muito perto.

Batido o canto, novamente a bola rondou a baliza de Tomé.
O resultado final, apesar do domínio dos “interistas”, continuava em aberto. No minuto 65 o guarda redes Lipe embateu num atacante do Seiça e ficou caído. Após alguma apreensão, recuperou e prosseguiu em jogo.

Momento de assédio à baliza de Lipe.

Com o Seiça mais adiantado e com menos unidades em funções defensivas, o Inter tentou lançar o contra golpe. Gama isolou-se e só a monumental defesa de Tomé impediu o Inter de ampliar a vantagem. Pouco passava da meia hora na segunda parte.

Passados os 80 minutos do jogo da final, com as equipas a acusarem o cansaço acumulado, o árbitro acrescentou seis de compensação. No primeiro minuto do desconto o Seiça executou um cruzamento remate que obrigou Lipe a defesa atenta para fora.

Pouco depois o árbitro apitou para o final e para a consagração do novo Campeão Nacional do Inatel : o Inter de Fradelos. Resultado justo. Boa réplica do Seiça a um Inter com muita qualidade.
Arbitragem com alguns equívocos. Aceitável.

Árbitro do encontro travou excessos.

Registamos com tristeza a lesão de Rodrigo e desejamos rápidas melhoras.
Pela positiva assinalamos o ambiente de sã convivência, o “fair play” e o ambiente de festa que caracteriza o futebol do Inatel.

Final Inatel 2018 – Inter Fradelos é campeão

Publicado por mediotejo.net em Sábado, 9 de Junho de 2018

FICHA DE JOGO

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E RECREATIVA INTER DE FRADELOS:
Lipe, Gigg, Metro, Marco (Renato), Jorge, Pedro (Johny), Litos (Manso), Ivey (Gama), Claro, Tiago (Bilio) e Martins (Rafa).
Suplente não utilizado: Mota.
Treinador: João Quinteiro.

Associação Cultural e Recreativa Inter de Fradelos.

GRUPO DESPORTIVO E CULTURAL DE SEIÇA:
Tomé, Renato, Rui Reis, Nuno Reis, Fabinho (Octávio), Luís Lopes, Rodrigo (Luís Lopes II), Gonçalo, Filipe Gil, Beko e João Marques (Sário).
Suplentes não utilizados: Tedy, Fuma, Alexandre e Guilherme.
Treinador: Vitor Rodrigues.

Grupo Desportivo e Cultural de Seiça.

GOLO: Litos (Inter).

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
José Coelho, José Godinho e Vasco Guedelha (Évora)
4º árbitro: António Cardoso (Lisboa)

Equipa de arbitragem: José Coelho, José Godinho, Vasco Guedelha e António Cardoso com os capitães.

No final ouvimos ambos os técnicos:

João Quinteiro-Treinador do Inter.
Vitor Rodrigues-Treinador do Seiça.

Imagens do jogo e da festa:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here