- Publicidade -

Sábado, Janeiro 22, 2022
- Publicidade -

Futebol | INCUP-Rossiense vence S.Facundo com goleada (c/fotos e audio)

Numa tarde agradável, com algum vento e sintético em bom estado disputou-se a segunda jornada da Taça Concelhia de Abrantes do INATEL (INCUP). O Rossiense, a tentar corrigir a derrota da 1ª jornada, entrou por cima e no segundo minuto adiantou-se no marcador por Rodrigo em rápido contrataque conduzido por Romão que centrou para o miolo da área.

- Publicidade -

Com o marcador inaugurado e as equipas a equilibrar a contenda assistiu-se a um jogo centrado a meio campo com poucos momentos de interesse.

Lance rijo a meio campo.
Mas imperou o fair-play.

Mas o Rossiense queria mais e aos 18 minutos, na sequência de um canto, obriga o guarda redes Tiago a defesa de recurso. O S. Facundo não se resignava e dez minutos volvidos Miguel eecutou um bom remate de meia distância mas com a bola a sair por cima.
À passagem da meia hora a UDR beneficiou de dois cantos consecutivos mas a bola não encontrou o melhor destino.

- Publicidade -

Melhor sorte teria cinco minutos depois, em jogada envolvente, culminada com remate fatal, de novo por Rodrigo, a ampliar a vantagem. No minuto seguinte foi a vez de Jorgito, isolado, atirar ao lado. O mesmo Jorgito, pouco depois isolou Romão que conquistou um canto. Na sequência do canto a bola esbarrou com estrondo na trave e gorou-se a hipótese de ampliar a vantagem.

A faltar um minuto para o descanso, Romão entrou na área, pela direita e rematou forte para defesa imcompleta de Tiago. Na emenda o mesmo Romão marcou o terceiro do jogo.

Romão foi uma seta apontada à área do S.Facundo.
- Publicidade -

Pouco depois Vitor Leitão apontava o caminho dos balneários para tempo de intervalo.
Vantagem dos rossienses completamente justificada pelo maior caudal ofensivo.

Ambos os treinadores procederam a alterações já que este fim-de-semana se joga jornada dupla e havia que refrescar as equipas. A segunda parte começou como terminou a primeira. Com a UDR a pegar no jogo e a partir rápido com os olhos na baliza contrária.
No segundo minuto Lúcio conquistou a linha de fundo, cruzou atrasado e apanhou na corrida o recém entrado Renato Mendes que rematou ao lado.

O jogo pareceu acalmar durante alguns minutos, com os jogadores entrados a assimilar processos. Aos 50 minutos Lúcio resolveu dar um ar da sua graça e driblou “meio-mundo”, guarda redes incluído, fazendo o quarto do jogo e o primeiro da sua conta pessoal.

Boa exibição do jovem Lúcio, coroada com dois golos.

Queixaram-se os visitantes de suposta falta sobre o guarda redes Tiago e os protestos excessivos de Vitor, entrado ao intervalo, valeram-lhe o vermelho direto, complicando ainda mais a tarefa do S.Facundo.

Uma contrariedade viria a bater à porta, desta feita, do Rossiense. Daniel Santos, entrado à cinco minutos teve de sair lesionado. A ganhar por margem confortável e a jogar contra dez o Rossiense descontraiu um pouco e deixou respirar.

Mas foi sol de pouca dura. Ao passar do minuto 58 nova arrancada rossiense com a defesa a aliviar para… o poste. Não foi preciso esperar muito para o marcador voltar a mexer. Tiago ainda se opôs a um primeiro remate mas a emenda pronta de Lúcio elevou a contagem. Aconteceu em cima da hora de jogo.

Quatro minutos depois a UDR volta a materializar o seu ascendente, desta feita na marcação de um canto com Pedro Chambel a estrear-se a marcar.

Pedro Chambel marcou na sequência de canto.

A faltarem três minutos para o final novo ensejo para os da casa ampliarem a vantagem. Jorgito, à entrada da área, descaído pela esquerda, executou um soberbo remate em arco levando a bola a entrar junto ao poste mais distante. Foi a cereja no topo do bolo.
Pouco depois Vitor Leitão apitou pela última vez.

Vitória sem contestação, penalizadora para a jovem equipa que viajou de S.Facundo.
Arbitragem sem problemas de maior, contestada na expulsão.

FICHA DO JOGO

UNIÃO DESPORTIVA ROSSIENSE:
António, Pipo, Dinga (Pedro Chambel), Marco (Daniel Pires), Leandro (Renato Mendes), China, Romão (Daniel Santos) depois (João Henrique), Rodrigo (Dário Alfaiate), Jorgito, Miguel Prates (Ricardo Gameiro) e Lúcio.
Treinador: Zinha.

União Desportiva Rossiense.

CASA DO POVO DE S. FACUNDO:
Tiago, Alexandre Silva, Vasco (João Matos), Rafael, Francisco, Daniel (Gonçalo), Miguel (Alexandre Rodrigues), João Miguel (Pedro Ricardo), João Nuno, Celso e Jorge (Vitor).
Treinador: Pedro Alves.

Casa do Povo de S.Facundo.

GOLOS: Rodrigo (2), Lúcio (2), Romão, Pedro Chambel e Jorgito (UDR)

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
Vitor Leitão, Fernando Elisbão e Nelson Rosa

Equipa de arbitragem: Vitor Leitão, Francisco Elisbão e Nelson Rosa com os capitães de equipa.

No final do encontro ouvimos ambos os treinadores:

Zinha, treinador do Rossiense.

 

Pedro Alves, treinador de S.Facundo.

* Com David Pereira (fotos).

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome