Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Julho 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol (Inatel): Sentieiras vence São Facundo e fica a um ponto do apuramento

3 de abril de 2016, 16 horas, Sentieiras

- Publicidade -

Campeonato Distrital de Futebol de Santarém da Inatel – 2ª Fase – Série 1 Grupo B

Centro Popular Cultura e Desportos de Sentieiras 4 – Casa do Povo de São Facundo 1

- Publicidade -

Crónica do jogo por Virgílio Loureiro

Jornada aguardada com alguma expetativa por ser decisiva para o futora das equipas neste grupo da série 1. Se em Seiça o campeão em título (Paço dos Negros) jogava cartada decisiva para se manter em prova, nas Sentieiras era o São Facundo a jogar para manter viva a esperança no apuramento. No final dos 80 minutos, o Seiça confirmou já o apuramento e às Sentieiras ficou a faltar um ponto, que até pode nem ser necessário conquistar.

A primeira parte foi marcada por algum equilíbrio entre as partes, havendo um ligeiro ascendente da equipa da casa. No primeiro quarto de hora os da casa reclamaram grande penalidade mas o árbitro mandou jogar, considerando carga de ombro o contacto entre avançado e defesa. Por estar mais perto do lance, damos o beneficio da dúvida ao árbitro. Quase a chegar à meia-hora surge o primeiro golo do jogo, por Pedro Martins (Kikas) que viria a ser a figura do jogo. Lançamento lateral longo para o interior da área de São Facundo e Kikas ao segundo poste abre o ativo.

IMG_0681
Pedro Martins (Kikas) ao segundo poste, aproveitou um lançamento lateral longo para abrir a contagem. Foto Virgílio Loureiro

Até ao intervalo nada mais de realce a registar.

No segundo tempo o domínio das Senteiras foi mais patente. À medida que o tempo ia passando o pelado ia ficando mais pesado e difícil, ficando a ideia que o desgaste físico rapidamente se apoderou dos homens de São Facundo. Fruto da pressão que ia impondo, a equipa da casa chega ao 2-0, oito minutos depois da reatamento. Jogada conduzida pela ala por Kikas, que ganha a linha final, cruzando atrasado onde apareceu Mário Rodrigues a dilatar a vantagem amarela. Aos 65 minutos o São Facundo reduz na sequência de um canto, em que Mário Cardoso corresponde de cabeça ao cruzamento, deixando o suspense no ar, para o último quarto de hora, quanto ao resultado final.

IMG_0778
Mário Cardoso de cabeça reduziu para 2-1 a 15 minutos do final do jogo. Foto Virgílio Loureiro

No entanto a cinco minutos do fim (minutos 75), Kikas volta a marcar. Lançado em velocidade o dianteiro de Sentieiras isola-se e perante Cláudio Ferreira faz o 3-1, “fechando o jogo”. No tempo de compensação, numa jogada algo idêntica ao do terceiro golo, o mesmo Pedro Martins (Kikas) faz o 4-1 final.

Vitória certa da equipa de Sentieiras, embora os três golos de diferença seja algo pesado para o que o São Facundo fez no jogo.

O trabalho do trio de arbitragem não foi exemplar, mas esteve num bom nível.

IMG_0597
Saudação das três equipas ao público e cumprimento entre os intervenientes no jogo. Foto Virgílio Loureiro

Ficha do jogo

Campo de jogos de Sentieiras

Árbitros: Carlos Brites, João Fernandes e Norberto Tereso

IMG_0602 (1)
Trio de arbitragem. Foto Virgílio Loureiro

CPCD Sentieiras

Ricardo Pereira, Daniel Domingos, Fábio Gomes, Vasco Lopes, Filipe Rodrigues, Tiago Trindade, Pedro Roldão, Mário Rodrigues, Tiago Leitão, Tiago Pombo e Pedro Martins

Suplentes: Telmo Cavaleiro, Fábio Navalho, Ricardo Falcão, João Margalho e Ivo Gil

Treinador: Carlos Rodrigues

CP São Facundo

Cláudio Ferreira, Alexandre Silva, Márcio Rodrigues, Mário Cardoso, Marco Nolete, David Silva, Vasco Bernardo, Diogo Costa, Luís Espadinha e Rafael Lopes

Suplentes: Marco Ventura, Tiago Pascoal, João Henriques e Pedro Rosa

Treinador: Paulo Gonçalves

Marcadores: Kikas (28′, 75′ e 80’+1) e Mário Rodrigues (48′) ; Mário Cardoso (65′)

IMG_0713
Pedro Martins (Kikas) foi o homem do jogo. Marcou três golos e deu um a marcar. Foto Virgílio Loureiro

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome