- Publicidade -

Futebol (Inatel): Ortiga foi mais feliz no vendaval de Rio de Moinhos

10 de abril de 2016, 16 horas, Rio de Moinhos

- Publicidade -

Campeonato Distrital de Futebol da Inatel de Santarém – Grupo A, Série 2

Casa do Povo de Rio de Moinhos 0 – Liga Regional de Melhoramentos de Ortiga 1

- Publicidade -

Jogo aguardado com alguma expetativa uma vez que este embate iria clarificar quem seria a equipa que sairia (quase) dona do único “bilhete” no grupo para a fase seguinte.

Duas equipas capazes de lutar pela vitória final na Série 2, pois os valores individuais que possuem são garante de qualidade dentro das quatro linhas. De um lado e de outro vários campeões distritais nos escalões de formação das equipas da nossa região. Por exemplo e entre outros, pelos Juvenis do Sport Abrantes e Benfica (2003/2004), João Mourato, André Virtuoso e João Gonçalves (todos do Rio de Moinhos), Filipe Falua, Fábio Dias e Pedro Afonso (todos de Ortiga).

Se estávamos na presença de duas equipas que gostam de jogar futebol pelo chão e tratar bem a bola, essa intenção foi estragada pelo forte vento que se fez sentir em Rio de Moinhos, que mesmo nas bolas jogadas a meia altura alterava a trajetória do esférico.

A primeira parte foi muito jogada sobre o meio campo, com muita luta nesse espaço do campo e sempre que a bola chegava às imediações das áreas as defensivas punham cobro à situação. Notou-se “o peso” do jogo que retirou alguma margem para arriscar aos dois contendores. Em 40 minutos sem grandes oportunidades de golo, a exceção foram três momentos. Perto dos vinte minutos, Fábio Dias consegue isolar-se e antes de entrar na área de Rio de Moinhos é perturbado na sua ação por Colaço, levando o árbitro Paulo Neves a assinalar livre e a mostra-lhe a cartolina amarela.

_MG_0382
Fábio Dias preparava-se para alvejar a baliza da casa quando Colaço lhe estorvou, em falta, a sua ação.

Cinco minutos volvidos na sequência de uma bola bombeada para o ataque de Ortiga, o guardião de Rio de Moinhos sai da baliza sem conseguir “matar” o lance. A bola chega ao coração da área, onde Fábio Dias, em queda, remata para a baliza sendo a mesma parada por Mauro Covas. Do corte pediu-se grande penalidade, mas do local onde nos encontramos não conseguimos afirmar com certeza se a bola bateu no peito ou no braço.

_MG_0399
Do remate de Fábio Dias pediu-se grande penalidade por mão na bola de Mauro Covas. Paulo Neves bem colocado mandou jogar

O terceiro momento foi já nos últimos cinco minutos da primeira parte, em que João Mourato, num livre direto bateu para intervenção segura de Hélder António.

_MG_0412
João Mourato de livre tentou surpreender o guardião de Ortiga

Ao intervalo registo para um 0-0 que se aceitava.

O segundo tempo foi mais mexido. A equipa de Rio de Moinhos, curiosamente, a jogar contra o vento apareceu melhor e a fazer mais pela vida como lhe competia. Mário Pernadas, retira ao intervalo Colaço, faz baixar João Gonçalves para a sua central e faz entrar Barrocas, no intuito de dar mais criatividade e técnica ao seu meio-campo. Aos seis minutos, João Mourato em boa posição remata por alto e aos vinte, foi Francisco que ganha espaço para alvejar a baliza de Ortiga mas demora muito tempo a preparar o remate permitindo uma excelente desarme a Paulo Costa.

_MG_0483
Francisco demorou tempo a rematar a permitiu o desarme a Paulo Costa

_MG_0456
João Mourato em boa posição atirou bastante por cima

Já nos últimos vinte minutos (65′ de jogo), foi novamente João Mourato em boa posição, quase no mesmo local do inicio da segunda parte, que remata sem direção. Passado um minuto, surge o golo que decidiu a partida. Ruma lançado em velocidade, corre mais de 30 metros isolado e à saída de Tiago Jacinto não perdoou. Se o empate podia não ser mau para a equipa de Ortiga, a vitória colocava-a com pé e meio na próxima fase.

_MG_0498
João Mourato voltou a ter a pontaria desafinada

Com pouco mais de 14 minutos para os oitenta regulamentares, começou a dança nos bancos. José Carlos, treinador de Ortiga, com mais opções de banco foi mexendo para retirar ainda mais os espaços ao adversário, obrigando-o a bombear muitas bolas para a sua área, onde os defesas iam chegando para as encomendas, ao passo que Mário Pernadas, tinha intenção de fazer alguma coisa, mas olhava para o banco e as soluções escasseavam.

Foram 14 minutos, mais os 5 de compensação em que o Rio de Moinhos tentou chegar com perigo à baliza contrária, atacou com tudo, mas mais com o coração que com a cabeça. Aproveitou a Ortiga para usar os espaços nas costas de Rio de Moinhos para também, em contra-ataque, levar algum perigo até à área da casa. Na retina ainda ficou um livre do meio da rua, que Ruma atirou para Tiago Jacinto afastar como pôde.

Chega então o apito final, com uma vitória da equipa do concelho de Mação, que se justifica pela eficácia demonstrada e pela melhor adaptação ao forte vento.

Destaques para as exibições de Mauro Covas, João Mourato, João Gonçalves e Nelson na equipa de Rio de Moinhos e de Pedro Afonso, João Aleixo, Ruma e Fábio Dias do lado de Ortiga.

Quando ao trio de arbitragem, consideramos ter feito um bom trabalho, aliás em nossa opinião é uma das boas equipas de arbitragem que a Inatel tem nos seus quadros. No entanto, no lance da primeira parte em que assinalava livre a favor de Ortiga e mostra o cartão amarelo ao defensor da casa, atendendo ao local da falta e ao que havia à frente do avançado (apenas o guarda-redes, ver foto acima) ficou-nos a dúvida quanto à cor do cartão que devia ter sido exibido. Fora isto, foi um trabalho bem positivo.

_MG_0529
Ruma decidiu o jogo a favor da equipa de Ortiga

Ficha do jogo

Campo de jogos de Rio de Moinhos

Árbitros: Paulo Neves, António Nunes e João Lopes

_MG_0322
António Nunes, Paulo Neves e João Lopes

CP Rio de Moinhos

Tiago Jacinto, Machado, Mauro Covas, Colaço (Fábio Barrocas), Francisco, João Mourato, João Gonçalves, André Virtuoso, Nelson, André Santos e André Leitão (João Sousa)

Suplentes: Pelé, Fábio Barrocas e João Sousa

Treinador: Mário Pernadas

_MG_0332
Casa do Povo de Rio de Moinhos

LRM Ortiga

Hélder António, Paulo Costa, Rui Dias, Pedro Afonso, Duarte Marques, Filipe Falua (Ferreira), Fábio Dias (João Alves), Ruma, João Aleixo (Joel), Rainho (André Moleiro) e Miguel Lourenço

Suplentes: André Moleiro, Alex, Vasco, Joel, João Alves e Ferreira

Treinador: José Carlos

_MG_0329
Liga Regional de Melhoramentos de Ortiga

Marcador: Ruma (66′)

Cartão amarelo: Colaço (22′), Francisco (76′) e João Gonçalves (80’+2) ; Ruma (79′)

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).