Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol (Inatel): Concavada entra de pé direito na 2ª fase ao vencer na Bemposta

28 de fevereiro de 2016, 15 horas, Bemposta

- Publicidade -

Campeonato Distrital de Futebol de Santarém da Inatel – 2ª Fase – Série 1 – Grupo A

Bemposta Futebol Clube 0 – Clube Desportivo e Recreativo de Concavada 3

- Publicidade -

Crónica do jogo por Vitor Falcão

Primeira jornada da segunda fase do Campeonato de Santarém da Inatel e logo nesta fase de grupos, da decisão de quem poderá vir a ser o Campeão Distrital, um derbi do concelho de Abrantes, entre duas boas equipas deste campeonato.

Antes do começo de jogo Paulinho de Bemposta recebeu o Troféu de jogador do mês das cores bempostenses.

Para quem sente o futebol a correr-lhe nas veias, observa estes jogos com uma ajustada expetativa. Muitas vezes os jogadores regem-se por padrões menos técnicos, mas de maior impetuosidade e entrega ao jogo. Os detalhes de cada tentativa de jogar na direção da baliza adversária, por vezes, pecam pela falta de objetividade. Sentimos a impotência dos técnicos, que querem por a casa em ordem, mas em algumas situações os interpretes não conseguem explanar em campo tudo o que lhes é pedido.

Numa tarde de frio e muito vento, foi a equipa de Concavada a adaptar-se melhor a essas condições, e tirando partido disso mesmo, aproveitou para alvejar com êxito, na sequência de um livre aos 20 minutos, através de Pica, a baliza de Fresquinho.

Feito o primeiro do jogo para os forasteiros, o treinador de Bemposta sentia que os seus jogadores não conseguiam impor ao jogo a intensidade pretendida, tendo optado por refrescar a equipa com a entrada de André Silva para o lugar de Luís Santos. Pareceu-nos que a substituição não deu os frutos desejados, pois a equipa perdeu fluidez, quer nos processos de contenção, que na largura que era preciso dar à equipa e que não aconteceu.

No ataque da equipa da casa, Gala, colocado na esquerda, era um jogador bastante interventivo mas sem conseguir dar a desejada acutilância nas investidas à área contrária.

FB_IMG_1456779099554
Gala foi tentando dar outro brilho ao ataque de Bemposta mas sem sucesso.

Por sua vez a equipa de Concavada, apostava nas mudanças de velocidade e com algum esforço lá ia conseguindo vencer o vento e o adversário. Aos 39 minutos, a um do intervalo, Pastec, denotando um raro sentido de oportunidade eleva para 2-0.

CDRC vs Bemposta 012 (1)
Pastec apontou o segundo golo de Concavada. Foto Paulo Soares

Apesar do resultado começar a pesar na eficiência dos homens da casa, o treinador Nelson Marques pedia um esforço adicional aos seus homens. Começou por alterar a posição de algumas peças e a fazer um futebol mais largo e mais em profundidade quando a bola rolava pelo corredor central, tentava não perder muitas bolas nos despiques individuais e em dar menos hipóteses aos homens de Concavada de exercer pressão sobre os seus setores.

João Farinha entrou e agitou um pouco a equipa, mas “foi sol de pouca dura”. Ao sentir que o resultado e o tempo corria a seu favor, o treinador de Concavada, Gonçalo Vicente, baixava as linhas, dando no entanto, liberdade de ação a Pastec para tentar fragilizar os centrais da casa, através de execuções rápidas e do uso de velocidade. Por sua vez a equipa de Bemposta acusava o peso do resultado.

Aqui e ali os blocos aproximavam-se mais, mas a forças e a cabeça já não conseguiam harmonizar uma presença que desse sustentabilidade para incomodar o guarda-redes Nuno António. Aos 70 minutos, numa jogada de contra-ataque, Miguel Bento ao marcar o terceiro golo escreveu a história do jogo.

Vitória certa da equipa de Concavada, num jogo em que teve o maior numero de oportunidades de golo.

O jogo foi dirigido por José Neves que, quanto a nós, fez um bom trabalho. Diga-se que foi bem auxiliado, o que lhe facilitou imenso a vida.

Ficha do jogo

Parque Desportivo Eduardo Soares Mendes

Árbitros: José Neves, Ricardo Dias e Bruno Lourenço

Bemposta FC

Fresquinho, Diogo (João Farinha), Paulito, Élio (David Fernandes), Camões, Rafa, Luís Santos (André Silva), João Oliveira, Gonçalo (André Marques), Menoti e Gala (Rodrigo Pequeno)

Suplentes: Ricardo Dias, Guilherme, André Marques, David Fernandes, João Farinha, Rodrigo Pequeno e André Silva

Treinador: Nelson Marques

IMG_0938
Bemposta Futebol Clube. Foto de arquivo

CDR Concavada

Nuno António, Barão (Edgar Soares), Mata, Daniel Lopes, João Pires, Tiago Branco, Luís Barão (Nuno Coxinho), Barbeiro, Meta (Daniel Barão), Pica (Miguel Bento) e Pastec (Pedro Rodrigues)

Suplentes: Nuno Coxinho, Edgar Soares, Daniel Barão, Miguel Bento e Pedro Rodrigues

Treinador: Gonçalo Vicente

IMG_1018
Clube Desportivo e Recreativo de Bemposta. Foto de arquivo

Marcadores: Pica (20′), Pastec (39′) e Miguel Bento (70′)

A opinião dos treinadores:

Nelson Marques (Bemposta)

IMG_2521
Nelson Marques

 

(até à hora de publicação da crónica do jogo, e após várias tentativas, não nos foi possível recolher a opinião de Gonçalo Vicente, treinador de Concavada)

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here