Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Dezembro 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol/Inatel | Bemposta superior impõe pesada derrota a Concavada (c/fotos e áudio)

CDR CONCAVADA 0 – BEMPOSTA FC 6
Liga INATEL, Grupo A, Jornada 5 
Campo de Jogos José dos Santos Ruivo – Concavada
21-11-2021 

- Publicidade -

Naquela que foi a quinta jornada do grupo A da Liga Fundação Inatel, defrontaram-se duas equipas representativas de aldeias abrantinas, no Campo de Jogos José dos Santos Ruivo, em Concavada. A equipa da Bemposta mostrou-se sempre muito superior ao longo da partida, não conseguindo a equipa de Concavada apresentar argumentos para fazer frente ao adversário, ao que se somaram alguns erros crassos na baliza. O desfecho foi inevitável e pesado: uma derrota por seis bolas a zero.

A disputa decorreu no Campo de Jogos José dos Santos Ruivo, em Concavada. Foto: mediotejo.net

- Publicidade -

Ao longo de toda a partida a equipa da Bemposta mostrou-se superior e foi sempre a equipa que conseguiu criar mais perigo, principalmente através de bolas colocadas nas costas da defensiva de Concavada, não conseguindo os defesas da equipa da casa nem acompanhar os atacantes adversários em velocidade, nem posicionarem-se de modo a evitarem colocar-se em situações de aperto. 

Concavada defrontou Bemposta na quinta jornada da Liga Inatel. Foto: mediotejo.net

A primeira equipa a chegar à baliza adversária, logo aos dois minutos, foi a equipa de Bemposta, através de um remate na sequência de um canto, mas este saiu frouxo, permitindo uma defesa fácil. A equipa de Concavada respondeu pouco depois, mas também sem perigo de maior, através de um remate de fora de área que o guarda-redes de Bemposta encaixou sem dificuldade.

Aos seis minutos a estratégia de jogo da equipa de Bemposta, em aproveitar a velocidade dos seus jogadores nas alas, começou a dar os seus frutos: um atacante isolou-se após uma bola metida nas costas da defensiva da Concavada, mas o jogador sentindo-se perseguido rematou apressadamente com a ponta do pé, o que permitiu uma fácil defesa por parte do guarda-redes, André Marques, conhecido como “Valência”.

Uma das corajosas saídas do guarda-redes da equipa da casa, Valência. Foto: mediotejo.net

Mas não era só em jogada corrida que a Bemposta conseguia levar perigo à área adversária. Também através de um canto, aos 10 minutos de jogo, Pina conseguiu-se sobrepor aos jogadores adversários e cabecear, passando a bola, no entanto, um pouco ao lado do poste esquerdo da baliza. 

Pouco tempo depois a fórmula repetia-se: bola colocada nas costas da defesa e Marco Nobre isolou-se pela linha, cruzando a bola rasteira. Valência atirou-se para o chão, agarrando a bola e evitando males maiores.

Perto do quarto de hora de jogo, um remate forte da Bemposta obrigou a uma grande intervenção por parte do guarda-redes, que voou e conseguiu desviar a bola para o poste esquerdo da baliza, onde o esférico ainda tirou tinta.

O jogo da Bemposta baseou-se, eficazmente, na colocação de bolas nas costas da defensiva da equipa de Concavada. Foto: mediotejo.net

Cinco minutos depois, bola colocada para trás das costas dos defesas da Concavada, mas desta vez através de um passe rasteiro entre os defesas, tendo Espadinha quase apanhado a bola já dentro de área, não fosse a saída atenta de Valência, que se destacava já como a figura da equipa visitada.

Talvez fruto da confiança das boas intervenções até ao momento, também Valência depois cometeu o erro de, ao ver-se obrigado a sair uma vez mais dos postes, ter deixado a bola passar-lhe por cima, acabando o esférico, após uma ligeira confusão no centro da área, por sobrar para um jogador da Bemposta que rematou, tendo o jogador Marco Orvalho, da Concavada, tirado a bola quase em cima da linha de golo.

Aos 34 minutos, foi a vez de David Silva (Bemposta) testar Valência, rematando forte a partir do lado esquerdo. O guarda-redes da Concavada respondeu, mais uma vez, com mérito ao desafio e fez mais uma defesa espetacular, sacudindo a bola para canto.

A Bemposta ia avisando que tinha viajado até Concavada para levar os três pontos para casa mas o conjunto orientado por José Carlos não estava para aí virado, muito graças ao seu guardião.

A chuva, embora tímida, não afastou aqueles que se dirigiram ao campo de Concavada para assistir a mais um jogo da Liga Inatel. Foto: mediotejo.net

E foi mesmo na sequência do canto que a equipa visitante chegou ao primeiro tento. Após um canto “tenso”, o jogador Espadinha cabeceou forte, não dando hipótese de defesa, batendo a equipa da casa pela primeira vez.

Poucos minutos depois a Bemposta elevava a diferença para dois golos, e novamente por Espadinha. Marco Nobre apanhou a bola no corredor esquerdo, cruzou, ninguém chegou à bola e a mesma quase saiu pela linha de fundo do lado contrário. No entanto, um jogador da Bemposta ainda conseguiu alcançá-la e colocá-la no centro da área, tendo então Espadinha rematado para o fundo das redes. Valência nada podia fazer.

A pressão mantinha-se por parte da equipa da Bemposta e, cinco minutos depois, um novo cabeceamento, a partir de um pontapé de canto, passou ao lado do poste da baliza da Concavada.

O guarda-redes Valência acabou por se aleijar nas costas e teve de ser substituído, entrando Carlos Pires para o seu lugar.

A equipa de Bemposta introduziu a bola na baliza adversária por seis vezes. Foto: mediotejo.net

Chegava assim o intervalo, com a equipa da Concavada sem apresentar ideias de jogo capazes de criar grande perigo à baliza adversária, nem a conseguir anular as investidas dos atacantes da Bemposta, que se basearam sempre muito no mesmo estilo de jogo: bolas colocadas nas costas dos defesas contrários para aproveitar a rapidez dos avançados. Do lado da Bemposta saiu o jogador Paredes e entrou Tiago Paulo.

Logo no retomar da partida, João Oliveira recebeu a bola dentro de área, ficou sozinho frente ao guarda-redes da Concavada e só não fez o terceiro golo porque rematou à figura do guarda-redes. Dois minutos depois, Marco Nobre isolou-se, numa jogada típica da equipa da Bemposta, mas foi levantada a bandeirola por fora de jogo. 

Por volta dos 50 minutos, por meio de uma jogada através de tabelinhas feitas pelo lado direito, João Oliveira apareceu novamente isolado frente ao guarda-redes, mas voltou a chutar contra as pernas deste.

Um bem definido arco-íris presenteou todos os que se deslocaram até ao Campo de Jogos José dos Santos Ruivo. Foto: mediotejo.net

No lado da equipa de Concavada fizeram-se então alterações, entrando Júlio Alexandre e Filipe Rodrigues, saindo Bruno Lopes e Marco Orvalho.

Aos 58 minutos, o recém-entrado Filipe Rodrigues fez falta sobre um jogador da Bemposta dentro de área. O árbitro não teve dúvidas e assinalou grande penalidade. Na conversão, Marco Nobre rematou para um lado enquanto o guarda-redes se atirou para o outro. Estava feito o 3-0.

Aos 62 minutos, o Concavada conseguiu levar a bola até à área adversária através de uma bola cruzada a partir de um livre, mas sem perigo de maior. Houve alguma confusão dentro da área, tendo caído alguns jogadores, mas o árbitro nada assinalou.

Aos 65 minutos, uma fífia do guarda-redes da Concavada permitiu o hat trick de Espadinha. Após uma bola longa, o guarda-redes saltou, sozinho, mas não conseguiu agarrar a bola, a qual lhe bateu por baixo dos pés e ficou à mercê de Espadinha, que só teve de a empurrar para a baliza.

Poucos minutos depois, novo “frango” do guarda-redes da equipa da casa. Após um livre de muito longe, batido pelo Cabaço, a bola, que ia sem grande força, passou entre as mãos do guarda-redes e acabou no fundo das redes. Não estava fácil a vida para a Concavada, que via o resultado a avolumar-se e a atingir contornos de goleada.

O final do jogo ditou uma pesada derrota por 6-0 para a equipa da casa. Foto: mediotejo.net

Pouco depois a Concavada teve a sua melhor oportunidade na partida, a partir de uma bola colocada a partir da esquerda. O guarda-redes da Bemposta não conseguiu chegar, mas o jogador Miguel, da Concavada, também não conseguiu colocá-la dentro da baliza com uma tentativa de pontapé de bicicleta, que não resultou.

Já passados os 70 minutos, a defesa da equipa de Concavada facilitou, Marco Nobre pressionou, roubou a bola e rematou forte à entrada da área para o fundo da baliza. Estava já fixado aquele que seria o resultado final: 6-0.

Perto dos 80 minutos de jogo, Ruben Batista, da Concavada, saiu lesionado, entrando para o seu lugar Sérgio Coentro. Já perto do final do jogo a equipa de Concavada ainda teve oportunidade de marcar o golo de honra, através de um livre à entrada da área, mas a bola não passou na barreira. A equipa de arbitragem esteve bem, num jogo onde os jogadores também não complicaram.

Ainda neste grupo, o Envendos ganhou por duas bolas a zero à equipa de Foros do Arrão. Na próxima jornada, a 28 de novembro, é a vez de Concavada defrontar Foros do Arrão, enquanto a de São Facundo mede forças com Envendos. A equipa de Bemposta, que lidera o grupo com 10 pontos, folga nesta jornada. Na tabela classificativa seguem-se São Facundo, Envendos e Concavada, detendo as três equipas seis pontos. Foros do Arrão é a última do grupo, com apenas um ponto somado. 

Ficha do Jogo:

CONCAVADA:

André Marques (Carlos Pires), Rúben Batista (Sérgio Coentro), Ricardo Gomes, Nuno Alegria, Marco Orvalho (Filipe Rodrigues), Duarte Catarino, Paulo Lopes, Bernardo Amaro, Miguel Rento, Bruno Lopes (Júlio Alexandre), Edgar Gomes.
Suplentes não utilizados: João, Leandro, João Rodrigues
Treinador: José Carlos

Clube Desportivo e Recreativo de Concavada. Foto: mediotejo.net

BEMPOSTA:

Guilherme, Tiago Nobre, Paredes (Tiago Paulo), Pina, Cabaço, Marco Martins, David Silva, Espadinha, João Oliveira, Badocha e Marco Nobre.
Suplentes não utilizados: Ricardo, Emídio, Jaime Góis, José Silva e Pedro Pequeno.
Treinador: Nelson Marques

Bemposta Futebol Clube. Foto: mediotejo.net

GOLOS: Espadinha [3], Marco Nobre [2], Cabaço [1] (Bemposta)

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
Carlos Brites, João Fernandes, Carlos 

Equipa de Arbitragem, João Fernandes, Carlos Brites, Carlos Correia. Foto: mediotejo.net

Como habitualmente fomos escutar os responsáveis técnicos de ambas as equipas:

JOSÉ CARLOS (CDR Concavada)

NÉLSON MARQUES (Bemposta FC)

Licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo. Ávido leitor, não dispensa no entanto um bom filme e um bom serão na companhia dos amigos.

- Publicidade -
- Publicidade -

2 COMENTÁRIOS

  1. Boa noite, muito bem vejo que já repararam um dos vossos erros.o mais crasso, de terem colocado as culpas todas nas costas do guardião Carlos pires.mas não repararam o outro erro.porque não se tratou de o João Oliveira ter rematado a figura e muito menos do João Oliveira ter rematado de novo contra as pernas do Carlos pires.ate porque pelos erros que ele teve mesmo assim não foi nenhum cone que estava lá para o João Oliveira rematar contra ele, mas sim ele saiu da baliza das tuas vezes que o João Oliveira se isolou perante Carlos pires e fechou bem o caminho da baliza, até porque quem conhece o João Oliveira no futebol sabe perfeitamente que se ele tivesse espaço para fazer passar a bola pelo guardiao Carlos pires e fazer o golo ele faria.simplesmente não o fez porque Carlos pires fechou bem o golo a quando dessas duas oportunidades.entre o guarda redes fechar bem o golo e fazer defesa e chutarem contra o guarda redes são coisas diferentes do qual tem de realmente ter a noção a quando relatado ou escrito em texto.e não queiram enterrar Carlos pires como o tentaram fazee

    • Bom dia. a análise aos jogos pode não satisfazer todas as partes, nem os resultados dos mesmos, como é óbvio. corrigimos o lapso de quem sofreu os dois primeiros golos e agradecemos a chamada de atenção. quanto ao mais, se o segundo guarda redes fechou bem o ângulo ou se foi remate à figura, é uma interpretação livre. uma coisa é certa. ninguém aqui quer “enterrar” ninguém, como diz, antes valorizar o desporto do Inatel, os seus dirigentes e quem o pratica. Votos dos maiores sucessos pessoais para si e desportivos para o CCD de Concavada. Disponha sempre. tudo de bom

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome