Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Outubro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol/Inatel | Alvega vence Bemposta e reconquista “Troféu InCup” (c/fotos/audio/video)

A. M. F. ALVEGA 1 – G. D. BEMPOSTA 0
InCup 2018 / Final
Estádio Municipal de Abrantes
30-09-2018

- Publicidade -

Luta de nºs “17”…

O Estádio Municipal de Abrantes, cheio de cores e de muita festa, viu a equipa da Associação de Melhoramentos da Freguesia de Alvega ser mais feliz na Final do “Troféu InCup” 2018 tendo vencido o Grupo Desportivo de Bemposta por uma bola a zero. Com a vitória na final de domingo, a equipa comandada por Miguel Alexandre torna-se bicampeã do Torneio e levou a Taça para a sua galeria de prémios, pelo segundo ano consecutivo.

- Publicidade -

O Grupo Desportivo de Bemposta, além do segundo lugar na classificação geral, conquistou o Troféu de Disciplina ex-aequo com a formação de Casais de Revelhos. No último lugar do pódio ficou a equipa de Sentieiras que bateu o Rossiense também por um a zero, no jogo de atribuição do terceiro e quarto lugar do torneio de Abrantes que contou com a participação de doze das treze equipas do concelho que disputarão o Campeonato Distrital de Santarém do INATEL.

João Oliveira com bonito gesto técnico.

O jogo começou logo com a primeira contrariedade para o técnico Miguel Alexandre, do Alvega, com a lesão grave do seu lateral direito, Victor Lúcio, aos 7 minutos, que, com uma luxação no ombro esquerdo, não pôde continuar em campo, tendo mesmo sido conduzido ao Hospital de Abrantes para melhor avaliação. A equipa ter-se-á ressentido e permitiu mais domínio à formação que viajou da Bemposta, que não se fez de rogada e se instalou no meio campo adversário.

Lesão de Vitor Lúcio foi nota negativa da final.

Aos 14 minutos, André Marques teve no seu pé direito a primeira grande chance de golo da partida com um remate forte que levou a bola e embater na base do ferro direito da baliza à guarda de Tiago Mendes que nada poderia fazer. Só à passagem do minuto 18 é que o Alvega conseguiu abeirar-se do último reduto adversário através de incursões pelo flanco direito do seu ataque, mas sem consequências de maior uma vez que, subindo a linha defensiva, a Bemposta ia “roubando” alguns foras de jogo aos seus atacantes.

Assédio à baliza da Bemposta.

Com vinte e dois minutos decorridos do primeiro tempo, foi a vez de Manuel Oliveira ser obrigado a mexer na equipa com a lesão do seu extremo esquerdo André Marques, até então um dos melhores elementos em campo. Contudo, a sua equipa continuava a tentar o golo e a bola chegou mesmo a entrar na baliza do Alvega por intermédio de Carlos Fernandes, mas o lance foi de imediato anulado pelo jovem árbitro João Costa num momento de grandes protestos de jogadores e adeptos da Bemposta.

Ficam algumas dúvidas quando à decisão do juiz da partida que, em situação privilegiada, não teve dúvidas em anular a jogada.

Lance aéreo com muita entrega.

Estavam decorridos 36 minutos de jogo e daí até ao intervalo não se registou mais nenhuma situação clara de perigo para ambos os conjuntos. As equipas recolhiam aos balneários ainda sob os protestos da Bemposta junto da equipa de arbitragem. A formação comandada por Manuel Oliveira foi sem dúvidas a mais esclarecida nos primeiros 40 minutos desta final e não lhe ficava mal se saísse para o descanso em vantagem no marcador.

Veterano Menotty ainda dá muito trabalho !!!

Após a pausa, a equipa de Alvega veio mais concentrada no trabalho que tinha a fazer e rapidamente tomou conta da partida com a Bemposta a não conseguir dar continuidade àquilo que tinha apresentado até então. O maior do domínio de bola e rapidez de processos deu os seus frutos com a obtenção do tento solitário da partida através do capitão de equipa Jorge Guerreiro. O número 13 a dar sorte ao camisa 13, que faturou para o Alvega ao mesmo minuto da etapa complementar.

Golo solitário resolveu a final.

No minuto seguinte e em jogada individual de grande qualidade, o Alvega quase ampliava o marcador por João Almeida só superado por uma belíssima defesa de Sandro Amaro a evitar o segundo com uma palmada providencial depois de ter ultrapassado diversos adversários após uma recuperação de bola a meio campo.

Os homens de Miguel Alexandre dominavam e justificavam a vantagem pelo futebol que estavam a exibir no segundo tempo.

Miguel Ângelo tenta visar a baliza da Bemposta.

Por via de mais jogadores em dificuldades físicas evidentes, Manuel Oliveira efetuou algumas alterações no xadrez da sua equipa que, aproveitando uma maior frescura dos recém entrados, fez a equipa aumentar um pouco a intensidade no seu jogo instalando-se com maior perigo no último reduto do Alvega. No último quarto de hora da partida dispôs de algumas ocasiões para empatar a contenda, mas tal não viria a conseguir.

Soava o derradeiro apito de João Costa e começava a festa dos jogadores e adeptos vindos de Alvega, festa que durou até “às tantas” um pouco por toda a aldeia que festejou a conquista do troféu e deste torneio de preparação das equipas de Abrantes que participarão no campeonato distrital do Inatel.

Luta ombro a ombro.

FICHA DO JOGO

ASSOCIAÇÃO DE MELHORAMENTOS DA FREGUESIA DE ALVEGA:
Tiago Mendes, Victor Lúcio, Tiago Barão, André Marques, João Farinha, João Almeida, Jorge Guerreiro (cap.), David Almeida, Miguel Alexandre, Luís Barão, Pedro Santos, Francisco Barão, Carlos Matos, David Peres, Duarte Calado, Pedro Rodrigues, Eduardo Catarrinho, Diogo Delgado e Nuno Marques.

Treinador: Miguel Alexandre.

Associação de Melhoramentos da Freguesia de Alvega.

GRUPO DESPORTIVO DE BEMPOSTA:

Sandro Amaro, Hugo Emídio, Luís Cordeiro, Pedro Pequeno, Carlos Gaspar, João Oliveira (cap.), David Silva, André Marques, Rodrigo Pequeno, Carlos Fernandes, Tiago Dias, Pedro Cunha, Ricardo Dias, Jaime Goes, Artur Passadas, Diogo Antunes, André Mendes, Victor Marques, Tiago Nobre, Marco Martins, David Fernandes, João Farinha e André Silva.

Treinador: Manuel Oliveira.

Bemposta Futebol Clube.

GOLOS:

Jorge Guerreiro (Alvega).

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
João Costa, Tiago Matias, Mário Ferreira e Victor Custódio (4º árbitro).

Equipa de Arbitragem.

Com as celebrações em “pano de fundo” fomos ao encontro de elementos de ambas as equipas técnicas que abordaram a análise ao jogo e ao futuro dos seus projetos:

(palavras do treinador Adjunto do Alvega, Nuno Gravelho:)

Equipa técnica de Alvega: Nuno Gravelho e Miguel Ângelo.

(palavras do treinador da Bemposta, Manuel Oliveira:)

Treinador da Bemposta, Manuel Oliveira.

De igual modo o vereador da Câmara Municipal de Abrantes, Luís Dias, fez-nos o balanço da edição deste ano da InCup:

Abrantes | Alvega vence 1-0 Bemposta e conquista Final INCUP

Publicado por mediotejo.net em Domingo, 30 de Setembro de 2018

Terminada que está a edição 2018 do “Troféu InCup” de Abrantes, os resultados das diversas “finais” e a respetiva classificação geral ficou ordenada da seguinte forma:

Sentieiras venceram o Rossiense por 1 a 0 e repetem terceiro lugar de 2017.

FOTOGALERIA:

*Com David Belém Pereira (fotos) e Jorge Santiago (fotos e edição)

A grande “culpada” é uma velhinha máquina de escrever Royal esquecida lá por casa e que me “infectou” para uma vida que se revelou mais tarde não fazer sentido sem o jornalismo. O primeiro boletim da paróquia e o primeiro jornal da pequena aldeia onde frequentava a escola (tinha apenas 7 anos de idade) entranharam-me a alma (e o sangue) deste “vício” de escrever e comunicar. Seguiram-se os pequenos jornais de turma, os das escolas, os painéis informativos colocados nas paredes dos átrios e o dos escuteiros... e nunca mais o “vício” sarou. Ao longo da vida, foram vários e diversificados os ofícios exercidos profissionalmente, mas o “mar dos desejos” desaguava sempre numa folha de papel ou (mais tarde) num portátil de computador (e sempre com a máquina fotográfica como companhia). Já mais "a sério” e desde jornais regionais, rádios locais, periódicos nacionais e televisão (TVI), já são mais de 45 anos de um percurso “académico” de alguém que pouco se importa de não possuir um “canudo”.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome