Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Novembro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

FUTEBOL FEMININO: Ouriense volta a vencer e continua a subida na classificação

8 de novembro de 2015, 15 horas, Ourém

- Publicidade -

Campeonato Nacional de Futebol Feminino

Clube Atlético Ouriense 2 – União Recreativa Cadima 0

- Publicidade -

Crónica do jogo por Orlando Marchão

Jogo entre uma equipa que já foi duas vezes campeã nacional e vencedora de uma Taça de Portugal e uma equipa que acabou de subir ao escalão maior do futebol feminino.

Tarde com muito calor, boa assistência no campo da Caridade.

A equipa de Pedro Sampaio, que só agora começa a ter todas as jogadoras do plantel à sua disposição, desde cedo mostrou que queria ganhar o jogo. Jogo de ataque desde o apito inicial da juíza da partida, Vânia Almeida de Leiria, que conjuntamente com a sua equipa foi das piores das três em campo. Prejudicou ambas as equipas que tentavam só jogar futebol. Julgamos que um jogo como este, em que as atletas nada fizeram para complicar a tarefa do árbitro, seria bem fácil de apitar.

Do lado de Cadima, destaque para duas jogadoras que já tinham representado o Ouriense e que foram campeãs, Tita e Petra, enquanto do lado ouriense, realce para a inclusão da internacional portuguesa Joana Marchão, que até ao jogo com o Boavista esteve ausente por longo período de tempo devido a lesão, e de Cristiana Garcia que já apresenta melhor condição física e técnica.

Cadima e Ouriense.

Com o Ouriense a instalar-se cedo no meio campo adversário, seria sem surpresa que, aos vinte e oito minutos chegaria ao golo, por Joana Marchão, na sequência da cobrança de um livre indireto. Entretanto já Joana Alves tinha enviado uma bola aos ferros da baliza do Cadima, num centro que saiu remate e surpreendeu todos os presentes, Petra Niceia incluída. Relativamente a lances de perigo na área ouriense o bloco de notas mantinha-se em branco e assim ficariamos até ao intervalo.

No segundo tempo o domínio do Atlético Ouriense acentuou-se ainda mais, pois as ourienses, queriam rapidamente chegar a um resultado mais tranquilo. Com dificuldades em parar o ritmo das atletas de Ourém, as atletas do Cadima iam recorrendo à falta e em quatro minutos (56′ e 60′) Antónia e Rita Cordeiro viram pela segunda vez o cartão amarelo e o consequente vermelho, deixando a sua equipa reduzida a nove elementos. Diga-se que o segundo amarelo a Rita Cordeiro pareceu exagerado. Daí para frente o jogo ficou ainda mais de sentido único, remetendo-se o Cadima à sua defesa, na tentativa de não sofrer mais golos. O merecido 2-0 da tranquilidade surge por Flávia Fartaria ao minuto sessenta e três. Registo ainda para duas bolas nos ferros da baliza forasteira enviadas por Joana Marchão, uma num bom remate de fora da área e outra a tentar um chapéu à guarda-redes contrária e para uma grande penalidade falhada Filipa Rodrigues.

Pontapé de saida dado pela equipa do Ouriense.

Destaque para o desempenho de Petra, guardiã do Cadima, que se destacou com um punhado de boas defesas e a evitar que o resultado tomasse outras proporções, enquanto do lado do Ouriense destacamos os desempenhos de Joana Marchão, Joana Alves e Diana.

Merecida a vitória da equipa do Ouriense, a segunda consecutiva, que continua assim a sua recuperação na tabela classificativa, agora que Pedro Sampaio já tem praticamente todo o plantel à sua disposição.

Ficha do jogo:

Campo Adelino dos Santos Júnior, Caridade

Árbitro: Vânia Almeida

CA OURIENSE

Bárbara, Joana Alves, Ana Valinho, Filipa Rodrigues, Margarida Tomaz, Pastilha, Cristiana Garcia (Margarida Silva), Anita (Patrícia Teixeira), Joana Marchão (Catarina Rodrigues), Diana e Flávia Fartaria

Treinador: Pedro Sampaio

UR CADIMA

Petra, Rita Cordeiro, Antónia, Leonor, Daniela, Sónia, Joana Marques (Dina) Ana Martins, Ana Dias, Tita e Joana Teixeira (Catarina)

Treinador: Paula Pinho

Marcadoras: Joana Marchão e Flávia Fartaria

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome