FUTEBOL FEMININO: Ouriense soma terceira vitória consecutiva e já está nos quatro primeiros

Espirito de união foi a décima segunda jogadora do CA Ouriense

15 de novembro de 2015, 15 horas, Gouveia

Campeonato Nacional de Futebol Feminino

Fundação Laura Santos 0 – Clube Atlético Ouriense 2

Clube Atlético Ouriense – Fundação Laura Santos

Crónica do jogo por Orlando Marchão

Tarde de sol, com algum frio à mistura em Gouveia.
Jogo aguardado com alguma apreensão e expectativa pelas hostes ourienses, devido ao último jogo entre as duas equipas, disputado em Gouveia, na época passada e que deu a primeira vitória da equipa da casa sobre o Atlético Ouriense.
O Ouriense procurava a vitória não só para repor alguma verdade entre as duas equipas, mas em especial porque seria a sua terceira consecutiva e a confirmação da escalada na tabela classificativa.
Desde o apito inicial, que as comandadas de Pedro Sampaio impuseram uma toada claramente atacante, ganhando desde logo o meio campo e construindo lances de ataque com boa circulação de bola e boas triangulações entre as suas jogadoras. O que se repete muita vez, deixa de ser exceção e passa a ser norma, e parece que nos jogos do Ouriense as Joanas (Silva e Marchão) têm que acertar nos postes para afinarem a pontaria, o que aconteceu neste jogo por duas vezes. Chega-se ao intervalo, com um nulo no marcador e sem que a Fundação tivesse criado algum perigo junto da baliza de Bárbara.
As ourienses festejaram por duas vezes em Gouveia.
No segundo tempo, houve uma ténue tentativa da Fundação de querer mostrar serviço na área contrária, mas apesar do muito sol em Gouveia, esta intenção foi sol de pouca dura, pois aos 55 minutos, com uma jogada de envolvência bem construída pelas raparigas de Ourém, Joana Marchão chegaria ao tão desejado golo, através de um bom remate, após recarga a uma defesa de Maria Inês. Daí para a frente a Fundação só conseguiu chegar à baliza do Ouriense, através de livres, bolas bombeadas e lançamentos laterais longos, enquanto a equipa do concelho de Ourém, continuou a porfiar para alcançar o segundo golo. Já depois de terem falhado várias oportunidades, Flor a um minuto dos noventa, aponta o golo da tranquilidade, através de um chapéu vistoso, bem executado.
Jogo chega ao fim com vitória justa da equipa que mais fez para que tal acontecesse, ficando a sensação que talvez se justificasse um score mais dilatado. Destaque para toda a equipa do Ouriense, que com uma forte união, mostrou uma enorme determinação em continuar a recuperação na tabela classificativa.
Boa arbitragem de Olga Almeida e seus assistentes. Sempre perto dos lances, demonstrando um boa condição física.

Ficha do jogo:

Estádio Municipal do Farvão

Árbitro: Olga Almeida, Miguel Vieira e André Amaral

Fundação Laura Santos

Maria Inês, Mónica, Sílvia Rebelo, Márcia, Catarina (Catarina), Marta, Inês Silva, Catita, Beatriz, Daniela (Catarina) e Kao

Treinador: Rodrigo Fonseca

CA Ouriense

Bárbara Santos, Filipa Rodrigues, Valinho, Margarida Tomaz, Joana Alves, Joana Marchão (Nána), Pastilha, Cristiana Garcia, Anita (Margarida Silva), Flávia, Diana (Flor)

Treinador: Pedro Sampaio

Marcadoras: Joana Marchão e Flor

Onze inicial do Clube Atlético Ouriense
PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here