Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Maio 8, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol feminino | Golaço de Farida dá vitória ao Ouriense e atira FóFó para a despromoção

CLUBE FUTEBOL BENFICA 0 – CLUBE ATLÉTICO OURIENSE 1

- Publicidade -

Liga BPI – 9ª Jornada – 2ª FASE – MANUTENÇÃO/DESCIDA

Estádio Francisco Lázaro, Benfica – Lisboa – 18/04/2021

- Publicidade -

Tarde de muito sol no histórico estádio Francisco Lázaro em Benfica onde ambas as equipas necessitavam de pontuar para acreditarem na manutenção do escalão máximo do futebol feminino português. A equipa da casa tinha uma desvantagem de 3 pontos perante o Atlético Ouriense e em caso de vitória igualava pontualmente mas ficava em vantagem no confronto direto face à vitória conseguida em Ourém. Já o Atlético partia em 2º lugar, mas com apenas um ponto de vantagem sobre o terceiro e dois sobre o quarto classificado, o que demonstra o grande equilíbrio nesta fase e a luta intensa que se vive para ver quem se mantém na liga principal ou de quem desce.

A vitória do Ouriense ditou a descida do Fófó e manteve a equipa de Ourém no 2º lugar, sendo que uma vitória no último jogo em casa, perante o Amora, selará definitivamente a manutenção na Liga BPI.

Jogo de muita entrega e muito equilíbrio entre Futebol Benfica e Ouriense.

O primeiro lance de perigo pertenceu à equipa do Futebol Benfica, aos 9 minutos de jogo, por intermédio da capitã Andreia Silva, que recebeu a bola após boa desmarcação do lado direito do ataque. Perante a oportunidade, rematou fraco e muito ao lado da baliza defendida por Barbez.

Cedo se percebeu que a equipa de João Gonçalves foi a Benfica para trazer os três pontos, mostrando-se coesa defensivamente, com um meio campo muito lutador, e com as setas atacantes apontadas à baliza adversária. Mas a qualidade e o empenho da equipa adversária não era menor, sabendo que só a vitória lhe interessava, e carregou sobre a equipa de Ourém.

Jogo muito intenso e disputado entre duas boas equipas

Bem organizado defensivamente, o Ouriense aguentou a pressão da equipa da casa não deixando criar lances de perigo junto da sua baliza e à meia hora de jogo começou a sacudir a pressão e a acertar mais no ataque.

Face à menor pressão das pupilas de João Mugeiro, que deixaram as atletas de Ourém começar a respirar e explanar o se futebol, à meia hora de jogo, após marcação de um pontapé de canto do lado direito do seu ataque, Anita Santos rematou forte mas por cima do travessão de Jamila.

Equipas construíram muitos lances de perigo

Três minutos depois, o Atlético de Ourém levou novamente muito perigo à defensiva do Fófó. Ataque pelo lado direito do seu ataque, com uma excelente desmarcação de Sofia Silva, que rematou forte obrigando Jamila a defender para a frente.

A avançada Farida Machia, natural dos Camarões, surgiu no remate de recarga mas Jamila opôs-se às intenções de golo, com uma boa defesa.

Defesa do Ouriense travou todas as investidas do histórico Fófó

O Futebol Benfica criou novo lance de perigo por Sara Granja, aos 36 minutos. Um passe açucarado colocou-lhe a bola nos pés, à entrada da área do Ouriense, e a avançada lisboeta rematou, mas ao lado da baliza de Barbez, para alívio da equipa ouriense.

Já perto do intervalo, foi o Atlético a mostrar mais uma vez os dentes e a dar a entender que foi a Benfica em busca dos três pontos em disputa. A um pontapé de canto apontado do lado esquerdo, a camaronesa de 29 anos, Farida Machia, no coração da área, rematou forte para defesa apertada de Jamila. Ao intervalo registava-se um nulo no marcador, num jogo impróprio para cardíacos e com diversas oportunidades para ambas as equipas.

Jogadoras do Ouriense foram de uma entrega total

No arranque da segunda metade do desafio, foi novamente a equipa de João Gonçalves a estar perto do golo. A corresponder a mais um pontapé de canto, a recém-entrada Flávia Fartaria irrompe nas alturas para cabecear em direção à baliza, proporcionando mais uma oportuna e valorosa intervenção de Jamila.

Aos 15 minutos de jogo foi o Futebol Benfica quem esteve perto de marcar por intermédio de Catarina Carvalho. Após marcação de um livre do lado esquerdo do seu ataque, a bola bate na trave da baliza de Barbez e a defensiva ouriense aproveitou para afastar o perigo para bem longe. A esta grande oportunidade seguiu-se o momento mágico do jogo por intermédio da avançada africana do Ouriense.

Farida Machia deu aqui início ao golo do desafio, num lance de pura inspiração e elevado nível técnico

Estavam decorridos 20 minutos da segunda metade do desafio e a ponta de lança do Atlético protagonizou um lance de futebol que só podia resultar em golo e que levantaria qualquer estádio do mundo. Num lance de puro génio, Farida Machia sentiu que era o seu momento.

A camaronesa Farida Machia fez um golo de antologia e deu a vitória ao Ouriense

Num lance de ataque do Ouriense, Farida desmarcou-se pela ala esquerda, conduziu a bola sem que que houvesse opositora que lhe roubasse o esférico, entrou na grande área, fintou duas adversárias, e desferiu um remate cruzado, forte e colocado, não dando qualquer hipótese de defesa à guardiã Jamila. Um golo de bandeira!

A festa do golo

A partir daqui a equipa de Fófó foi atrás do prejuízo e pressionou a equipa do Ouriense, na tentativa de dar a volta a um resultado negativo que selaria a despromoção.

O calor que se fez sentir não ajudou fisicamente as atletas, apesar de uma entrega notável de parte a parte, mas a equipa do Ouriense continuou sempre muito bem organizada defensivamente e já não consentiu que a equipa da casa criasse grandes lances de perigo junto à sua área, conquistando uma vitória tão saborosa quanto importante.

Guarda redes Jamila Marreiros anula um ataque do Atlético Ouriense

Excelente jogo de futebol em Benfica, com muita entrega de ambas as equipas, bons lances de futebol, e em que a vitória assenta bem à equipa de Ourém.

Com esta derrota o Futebol Benfica junta-se ao Á-dos-Francos na descida de divisão enquanto o Atlético Ouriense manteve o segundo posto. O Ouriense parte para a última jornada com vantagem de um ponto sobre o Estoril e dois sobre o Damaiense e uma vitória perante o Amora no próximo domingo garante automaticamente a manutenção na liga principal do futebol feminino. Bom trabalho da equipa de arbitragem.

Equipa do Futebol Benfica esteve em bom plano mas não conseguiu marcar ao Ouriense

Quando falta um jogo para o fecho da competição, o Ouriense soma 20 pontos e depende apenas de si próprio na última jornada, mas tem à espreita de uma escorregadela o Estoril, que venceu o Amora (0-1) e tem 19 pontos, e o Damaiense, que ganhou ao A-Dos-Francos por 0-2 e soma 18 pontos.

Com os resultados deste domingo, e tendo em conta que apenas os dois primeiros classificados asseguram automaticamente a manutenção, das seis equipas em competição nesta série Sul, só o Amora assegurou desde já o objetivo, com o primeiro lugar no grupo, sendo que Futebol Benfica e A-Dos-Francos já estão despromovidos.

De recordar que os dois primeiros classificados asseguram a manutenção de forma automática, ao passo que os dois últimos classificados descem à II nacional. Os clubes que ficarem no 3º e 4º lugar nas séries Sul e Norte vão disputar um play off entre si para definir quais as outras duas equipas que descem e as que se que se mantêm na Liga BPI.

FICHA DE JOGO:

Futebol Benfica

CLUBE FUTEBOL BENFICA :

Jamila Marreiros, Catarina Carvalho, Catarina Pereira, Inês Salvador, Mariah Young, Sara Granja, Patrícia Balão, Maria João, Andreia Silva, Cristiana Duarte e Rita Barreto.

Suplentes: Sílvia Brunheira, Marta Bernardo, Melany Fortes, Mariana Duarte, Maria Cabo, Iva Vieira e Amanda Neves.

Treinador: João Mugeiro

CLUBE ATLÉTICO OURIENSE:

Barbez, Juliana Domingues, Anita, Ana Beja, Laura Pires, Maria Baleia, Sofia Silva, Farida Machia, Jeka Pacheco, Pretona e Laura Spenazzatto.

Suplentes: Lara Dias, Rosa Mino, Ana Ferreira, Joana Magalhães, Cátia Rodrigues, Flávia Fartaria e Quézia Proença.

Treinador: João Gonçalves

GOLOS: Farida Machia (62′).

Equipa de arbitragem esteve em bom plano

EQUIPA DE ARBITRAGEM: Sofia Gama, Jorge Gouveia e Tiago Lopes.

DISCIPLINA: Cartão amarelo: Mariah Young, Juliana Domingues, Maria João e Anita.

Cartão Vermelho: Mariah Young (acumulação de amarelos)

No final ouvimos ambos os técnicos:

João Mugeiro, treinador do Futebol Benfica. Foto: mediotejo.net

João Gonçalves, treinador do CA Ouriense. Foto: mediotejo.net

Natural e residente em Tomar, tem como profissão Distribuidor, mas é com a fotografia que se identifica. É amante desta arte em geral, mas a sua verdadeira paixão é a Natureza e Vida Selvagem e os Retratos. É autor do livro de fotografia “Alma Nabantina” e fundador/administrador dos grupos do Facebook “Amigos da Fotografia de Tomar” e "Fauna de Tomar”. Colabora na área de fotografia na imprensa regional e local e já em 2018 foi júri convidado de dois concursos de fotografia. Neste ano conta também com duas exposições de fotografia coletivas, preparando atualmente a terceira.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome