- Publicidade -

Futebol | Derrota caseira do Aldeiense frente à UD Abrantina por 0-2

2ª Divisão Distrital – Série A

- Publicidade -

Campo Municipal de Montalvo 

Equipas – ACD. Aldeiense vs UD. Abrantina

- Publicidade -

Árbitro Principal – Pedro Fonseca

Árbitros Auxiliares – João Calouro e Gonçalo Pereira

Onze Inicial 

ACD. Aldeiense – Carlos Branco (GR); Paulo Martins; Tiago Dias; Pedro Alves (C); Tiago Gonçalves; João Rodrigues; Ferreira; Marco Lino; Alex; Luis Contente; Leandro.

Suplentes – João Rodrigues (GR); Ricardo Branco; Sanchez; André Miguel; Tiago Filipe; Bruno Melo; Jeel.

Treinador – Pedro Varino

UD. Abrantina –  Norberto (GR); Miguel Catarino; Toni (C); Diogo Mateus; Filipe; Diogo Barrocas; João; José; Luís; Tavares; Manuel.

Suplentes – Marco (GR) Luís; Rafa; Vítor Romero; José; João; Manuel.

Treinador – Fernando Seninho

Apresentação dos onzes ao publico presente.
Foto : Direitos reservados (DR)

Substituições

ACD. Aldeiense –  60´  Tiago Gonçalves e Luís Contente por Jeel e Sanchez, 80´ Paulo Martins por Ricardo Branco

UD. Abrantina – 65´José por Filipe, 70´Tavares e Manuel por Luís e Romero

Cartões 

ACD. Aldeiense – Pedro Alves (C) (1), Leandro (1), Paulo Martins (1)

UD. Abrantina – Manuel (1), Diogo Barrocas (1), Romero (1), Diogo Mateus (1), Toni (C) (1).

Golos 

UD. Abrantina –  35`Diogo Barrocas (GP) (1) , 59` Tavares (C) (1)

Cronica da partida por Sara Salgueira

Na tarde deste domingo, o Aldeiense e a UD Abrantina disputaram no Campo Municipal de Montalvo a 14.º jornada da 2.ª Divisão Distrital Série A.

A UD. Abrantina entrou muito bem no jogo, com dois lances de muito perigo logo aos cinco minutos, por intermédio do número 4, Diogo Mateus. O segundo acabou mesmo por assustar o Aldeiense depois de um cabeceamento ao poste. A UD. Abrantina ia dificultando a vida à equipa da casa com ataques consecutivos.

A equipa da casa respondeu bem disputando o jogo olhos nos olhos, sem medo e sem perder a bola de vista. Aos 35 minutos a equipa visitante iria mesmo chegar ao golo, depois de uma falta na área do capitão Pedro Alves. Assinalado penalti a favor da UD. Abrantina. No frente a frente com Carlos Branco, Diogo Barrocas não perdoou e abriu o marcador.

A equipa da casa respondeu bem ao golo sofrido, e tentou de todas as maneiras chegar à baliza de Norberto, mas a equipa visitante na sua zona defensiva a dar bem conta do recado.

Na segunda parte, o Aldeiense entrou disposto a mudar o rumo do jogo, partindo de imediato para o ataque. Mas mais uma vez, a UD. Abrantina não permitia. Depois de uma primeira parte emocionante, a segundo parte ia perdendo força.

Os ânimos aqueceram aos 59 minutos, com novo golo da equipa visitante, Tavares fazia o segundo depois de um canto batido na esquerda, sem hipóteses para o guarda-redes.

O jogo animou, e o Aldeiense voltou à carga, mas mais uma vez a bola teimava em não chegar à frente do ataque. Aos 70 minutos, os ânimos exaltaram-se depois de ter sido perdoado o segundo amarelo ao jogador da Abrantina, Diogo Mateus, que já tinha visto um no fim da primeira parte. Diogo Mateus fez a falta mas o árbitro equivocou-se e   mostrou o amarelo ao seu colega de equipa, Manuel.

O jogo começou a perder qualidade e até ao fim  as faltas entre ambos foram sucessivas, tendo o árbitro mostrado sete amarelos, quatro deles para a equipa visitante.

O jogo chegou ao fim, com a derrota da equipa da casa, por zero a dois. Apesar da derrota é de destacar o bom desempenho e esforço do Aldeiense, que com o resultado negativo nunca desistiu e lutou até ao fim.

Uma nota final para o mau tempo que se fez sentir, mas mesmo assim ninguém arredou pé do campo de jogos em Montalvo. O jogo começou com 15 minutos de atraso porque a equipa de arbitragem não conseguiu chegar ao horário previsto da partida, uma vez que se perdeu no caminho.

Resultado Final 

ACD. Aldeiense 0 vs UD. Abrantina 2

 

O gosto pela comunicação desportiva despertou numa rádio local, de Tramagal. De anotador, consultor de resultados e locutor, entrou também em campo para uma colaboração para os jornais nacionais "A Bola" e "Record", no âmbito da divulgação dos resultados da Associação Futebol de Santarém. O cheiro da bola, da relva e dos pelados atrai-o ao terreno, para acompanhar os jogos ao vivo, com os respetivos comentários. Entre bolas ao ferro e golos de antologia, considera-se amante do futebol e um apaixonado pelo desporto.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -