Futebol | Bemposta cedeu em casa perante Água Travessa com ambição na InCup (C/fotos e áudio)

Água Travessa ambiciosa venceu sem contestação.

BEMPOSTA FUTEBOL CLUBE 1 – ÁGUA TRAVESSA FUTEBOL CLUBE 5
InCup 2019 – 3ª jornada
Campo Eduardo Soares Mendes – Bemposta
28-09-2019

PUB

PUB

Em dia de festa na Bemposta, com os miúdos da formação em convívio no rinque a servir de aperitivo, a Água Travessa apresentou-se no pelado da equipa da casa como uma das surpresas da edição deste ano da InCup. Um derbi sempre apetecível entre duas equipas da mesma freguesia a marcar a 4ª jornada do Troféu Incup, torneio organizado pela autarquia de Abrantes para as equipas que vão disputar o campeonato do Inatel.

Festa da InCup na Bemposta.

Com duas vitórias em três jogos, a equipa do sul do concelho de Abrantes sabia que, em caso de nova vitória, podia discutir com a equipa de Alvega um lugar na final do troféu.
À equipa da casa, com uma vitória em dois jogos, apenas interessava os três pontos já que novo desaire a atirava para os lugares secundários do grupo A.

Água Travessa discute liderança do grupo com o Alvega.

As equipa entraram receosas, com muitas cautelas defensivas e em estudo mútuo. Com o técnico Nelson Calor ausente coube a João Oliveira conduzir os bempostenses que, apesar da boa segurança defensiva e um meio campo preenchido, tinha muitas dificuldades na primeira fase de construção. A Água Travessa, a jogar à largura do campo, com homens rápidos na frente ia empurrando o adversário para junto do seu extremo reduto.

Délcio foi referência no ataque da Água Travessa.

Foi sem surpresa que, aos nove minutos, os “laranjas” dispuseram de uma excelente ocasião para abrir o marcador. Num mau atraso da equipa da casa para o guarda redes Ricardo Dias interpôs-se Délcio obrigando o guarda redes a mergulhar a seus pés para esconjurar o perigo.

Guarda redes Ricardo Dias teve de se aplicar.

Estavam melhor os visitantes perante o jogo pouco ligado dos da casa apesar das ocasiões para marcar serem escassas. Só aos 14 minutos a Água Travessa voltou a tentar, de muito longe, num remate de Tiago Silva, fraco e à figura do guarda redes.

Respondeu a equipa de Bemposta, num cruzamento do lado direito bem medido para cabeçada de Menotty que passou por cima. Aos 22 minutos David Fernandes fez funcionar o marcador. Délcio foi à linha de fundo assistir David que com um remate colocado bateu Ricardo Dias.

Água Travessa passou a liderar o marcador aos 22 minutos.

Tentou reagir a Bemposta e o melhor que conseguiu foi um remate de Miguel Madeira a que se opôs o guarda redes Marco Ventura. Aos 31 minutos a equipa de Água Travessa beneficiou de um livre e a bola colocada larga, ao segundo poste, encontrou Délcio em boa posição. Encheu o pé e fez balançar a rede aumentando o pecúlio da sua equipa para dois golos sem resposta.

Remate de Délcio não deu hipóteses.

As coisas estavam a por-se difíceis para a equipa da casa. Era urgente uma boa resposta para relançar o jogo. Aos 33 minutos, um centro remate de Ricardo Farinha criou alguns calafrios aos adeptos da casa mas o esférico acabou por passar acima da trave.

Já perto do intervalo, aos 38 minutos, a Bemposta chegou ao golo que a colocou, de novo, no jogo. Numa jogada de insistência, a melhor do primeiro tempo, o recém entrado Miguel Matos rematou e reduziu a expressão do marcador.

Bemposta regressou ao jogo com o golo de Miguel Matos.

Já nos descontos, com o descanso a chegar, um lance estranho permitiu à Água Travessa aumentar o pecúlio e “matar” o jogo de vez. Um centro do lado direito do ataque dos visitantes obrigou o guarda redes Ricardo Dias a intervenção infeliz, introduzindo o esférico na sua baliza, numa jogada em que parecia ter tudo controlado.
De novo a vencer por dois golos os visitantes foram mais tranquilos para o descanso.

Água Travessa ampliou nos descontos.

O regresso dos balneários trouxe muitas caras novas na equipa da Bemposta, numa clara ideia de rotatividade, a dar minutos a todo o plantel em detrimento do resultado.

Os donos da casa tentaram encurtar distâncias logo no terceiro minuto da segunda parte por Menotty que rematou por cima. Aos 52 minutos a Água Travessa beneficiou de um livre frontal, ainda longe da baliza onde estava agora Guilherme Silva. O remate de Rodrigo Miguel saiu desenquadrado.

Capitão Menotty inconformado.

Na resposta, no minuto seguinte, um cruzamento bem medido do lado direito da equipa da casa obrigou o guarda redes Marco Ventura a defender com os punhos para a zona de “tiro”. Rodrigo Pequeno cabeceou por cima.

A equipa da Bemposta porfiava mas o golo não aparecia. Aos 56 minutos o remate de longe de Miguel Matos passou ao lado da baliza adversária.

Água Travessa ampliou nos descontos.

À passagem dos 65 minutos Délcio foi servido no coração da área e num vistoso remate cheio de efeito podia ter ampliado o “score” se não saísse ao lado. Aos 69 minutos Carlitos arriscou a meia distância, sem sucesso.

Pouco depois, aos 73 minutos, Miguel Madeira isolou-se e o remate colocado passou a milímetros da base do poste. Quem não marca sofre e numa fase em que a Bemposta estava mais atacante David Fernandes “tirou um coelho da cartola” e num remate de meio campo ofereceu a Guilherme Silva um magnífico chapéu. Bisou na partida aos 78 minutos.

Chapéu do Água Travessa no melhor período da Bemposta.

Com pouco para jogar a reação da Bemposta foi de desânimo e a Água Travessa acabava a dominar. Aos 80+2 minutos João Luz tentou imitar o seu colega David Fernandes só que o chapéu saiu de aba larga e o esférico perdeu-se pela linha de fundo.

Estava o árbitro para dar o jogo por terminado quando, aos 80+5 minutos, Délcio foi pela ala direita, desfez-se dos marcadores e fuzilou Guilherme Silva, bisando na partida e fixando o resultado.

Délcio fechou a contagem.

Vitória justa da melhor equipa presente no Campo Eduardo Soares Mendes. Nelson Calor vai ter muito trabalho para pôr a Bemposta na rota dos golos. Arbitragem sem problemas, também não complicou.

Vitória da melhor equipa em campo.

FICHA DO JOGO:

BEMPOSTA FUTEBOL CLUBE:
Ricardo Dias, Pedro Pequeno, Artur Machado, Tiago Nobre, André Mendes, Tiago Paulo, Diogo Antunes, Luís Santos, Carlos Fernandes, Miguel Madeira e João Farinha.
Suplentes: Guilherme Silva, Jaime Goes, Miguel Matos, Pedro Cunha, Carlos Gaspar, Ricardo Alexandre, Rodrigo Pequeno e Gonçalo Cunha.
Treinador: João Oliveira.

Bemposta Futebol Clube.

ÁGUA TRAVESSA FUTEBOL CLUBE:
Marco Ventura, Edgar Fortuna, Hélio, Alexandre, Ricardo Farinha, Celso Alexandre, Miguel Matos, Rui lopes, David Fernandes, Délcio Rodrigues e Tiago Silva.
Suplentes: Cláudio Albino, Nuno Duarte, Flávio Matos, Fábio Perpétua. João Luz, Antúrio Pereira, Rodrigo Miguel e Jorge Dias.
Treinador: José Pereira.

Água Travessa Futebol Clube.

GOLOS:
Miguel Matos (Bemposta); Délcio Rodrigues (2), David Fernandes(2) e Edgar Fortuna (Água Travessa).

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
Ricardo Dias, Manuel Oliveira e Manuel Florindo.

Equipa de arbitragem: Ricardo Dias, Manuel Oliveira e Manuel Florindo com os capitães.

Como é habitual fomos ouvir os técnicos de ambas as equipas:

João Oliveira. Treinador interino da Bemposta.

 

José Pereira- Treinador da Água Travessa.

*Com David Belém Pereira (fotos e áudio).

PUB
APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser), através do IBAN PT50001800034049703402024 (conta da Médio Tejo Edições) ou usar o MB Way, com o telefone 962 393 324.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here