Futebol | Análise à Taça Amizade do Inatel, por Telmo Gomes

*Telmo Gomes, 39 anos, operário fabril, gere o blogue “Cantinho do Primeiro Andar”. Foto: DR

Num fim-de-semana de Taça Amizade em que o clima esteve sempre bastante instável, ora aquecia, ora arrefecia, ora começava a chover, os próprios jogadores sofreram com as mudanças climatéricas e protagonizaram resultados com sabor a surpresa nalguns campos. Só quem teve coragem de ir apoiar esta malta num destes campos sabe o quanto emotiva foi esta eliminatória da Taça Amizade do Inatel. Vamos aos resumos.

PUB

Taça Amizade 16 avos de final:

Sentieiras 2-1 Areias

PUB

No pequeno campo das Sentieiras defrontaram-se dois presumíveis candidatos. A vitória sorriu à equipa da casa não sem antes apanhar um susto quando se viu em desvantagem. Mas com muita garra conseguiram dar a volta a esta forte oposição do Areias e, mesmo desfalcados, mostraram como são aguerridos e que podem contar com eles até ao fim.

São Miguel do Rio Torto (PEN) 0-0 Santanense

PUB

Em São Miguel houve autentica festa da Taça Amizade com a passagem da equipa da casa, o São Miguel do Rio Torto, que para a Liga não vence e ocupa o último lugar do seu grupo sem pontos, afastou o Santanense nos penaltis, equipa que ainda não perdeu na Liga e caminha para a Série 1. O guarda redes  João Carlos foi enorme e segurou a passagem do São Miguel do Rio Torto no desempate das grandes penalidades.

Azervadinha 0-2 Alcaravela

Um jogo inicialmente marcado para um campo, depois corrigido e alterado para o campo correcto, deixou os jogadores da Azervadinha e Alcaravela baralhados, tão baralhados que o Alcaravela conseguiu a proeza de falhar duas grandes penalidades com o resultado ainda em branco. Mas no fim ainda conseguiram superar a Azervadinha e seguir em frente.

Biscainho 1-2 Foros do Arrão

Tanto para o Biscainho como para os Foros do Arrão este jogo de Taça parecia-me um bom tónico para alterar os resultados menos bons na Liga e, neste sentido, os Foros do Arrão conseguiram a muito custo ultrapassar o Biscaínho e assim seguir a sua caminhada na Taça onde desejam criar surpresa.

Alvega (PEN) 0-0 São Facundo

Já que era Taça, em Alvega quase houve surpresa por parte do São Facundo. Semanas antes, este jogo acabou com uma vitória sem “espinhas” do Alvega por 6-0, mas nesta eliminatória o São Facundo mostrou que é capaz de muito melhor e só foi superado nas grandes penalidades. Uma palavra de força para o jogador do Alvega transportado para o Hospital.

Valcavalense 0-1 Figueirense

Talvez considerado por muitos como o jogo “Cartaz” da eliminatória, o Valcavalense recebia o Figueirense. Semanas antes, a vitória sorriu aos de homens de Vale de Cavalos por expressivos 5-0 mas, desta fez, o Figueirense segurou bem as suas redes e pela primeira vez esta época o Valcavalense sofreu um golo, e logo um golo que os eliminou da Taça.

Foros de Lagoiços 0-3 Assentiz

No sintético do Couço, duas jovens equipas defrontaram-se com ambições de chegar cada vez mais longe. A jogar em casa, o Foros de Lagoiços queria dar a alegria da passagem aos seus adeptos mas foram os homens do Assentiz que passo a passo conseguiram ir superando a muralha da equipa da casa e no fim carimbaram a passagem para a próxima eliminatória.

Seiça 4-0 Alcobertas

Se este dois emblemas já se defrontaram este ano para a Liga com uma vitória de 4-0 para o Seiça, agora o reencontro na Taça apenas confirmou esse mesmo resultado de 4-0 para a equipa do concelho de Ourém. Este mesmo Seiça que agora espera pelo Assentiz na Taça, sabendo que na Liga conseguiram uma vitória de 10-0.

Cortiçadense 3-4 Paço dos Negros

Na semana anterior este dois emblemas separam-se com um desfecho nulo de 0-0, um empate com sabor agridoce, mas desta vez as coisas foram muito mais animadas. Num jogo com 7 golos só se pode aplaudir os jogadores que tudo fizeram para vencer dentro do tempo regulamentar e, aí, os homens dos Paço dos Negros foram superiores.

Concavada 2-1 Fajardense

Não seria um David contra Golias, mas este jogo teve muitos momentos de suspense, com uma Concavada a mostrar-se superior ao Fajardense mas deparando-se com um acerto tremendo nos ferros das balizas que foram aliados dos homens do Fajardense. Estes tudo deram e acreditaram sempre que era possível chegar ao empate mas foi a equipa de Concavada que carimbou a passagem à fase seguinte na Taça.

Vale de Açor 2-1 Vilarregense

No jogo de duas equipas “fora de Santarém”, uma de Ponte de Sôr (Portalegre) e outra de Vila de Rei (Castelo Branco), quem melhor começou foi o Vilarregense que parecia embalado para conseguir a passagem à fase seguinte. Mas isto foi sem contar com dois erros defensivos que permitiram à equipa do Vale de Açor abrir as asas e conseguir o seu voo até à fase seguinte.

Água Travessa 0-2 Bairrense

Jogo disputado no terreno dos Foros do Arrão devido ao treino da NATO na zona de Água Travessa, no meio de jipes, lagartas, tanques e muitas armas de guerra presente na zona. O Bairrense soube-se proteger melhor nas suas trincheiras e vencer a batalha contra o Água travessa e assim seguir neste guerra da Taça.

Rossiense 4-2 Carapuçanense

Se de um lado temos uma equipa rejuvenescida do Rossiense, onde despontam alguns elementos de muita qualidade, do outro temos um velho conhecido. O Carapuçanense já viveu melhores dias e procura reencontrar-se com os bons resultados, mas os Patos Bravos não deram hipóteses e seguem em frente na Taça.

Lamarosa 0-6 Parreira

Numa viagem que poderia ser perigosa para a Parreira devido ao facto de ser Taça e a Lamarosa a qualquer momento conseguir surpreender, tornou-se num viagem calma para os homens vindo da Chamusca que superaram as Águias da Lamarosa por expressivos 6 golos sem resposta.

Estevense 1-0 Alcanhões

Em Santo Estevão este ano as coisas parecem estar melhor na Liga, a lutar pelos lugares cimeiros, ao contrário do Alcanhões que este ano não se consegue encontrar com as vitórias. Este jogo terá sido disputado com o nervoso miudinho ao máximo, e nesse aspecto o Estevense soube ter mais calma e chegou ao golo que lhe valeu a passagem.

Montinhos dos Pegos 0-1 Vale da Pinta

E por fim chegamos a talvez maior surpresa ou talvez não, desta eliminatória, o detentor da Taça Amizade, Montinhos dos Pegos, deixou-se surpreender no seu reduto pelos guerreiros do Vale da Pinta que há bem pouco tempo tinham sido eles vergados na sua casa pelos Montinhos dos Pegos por 2-1. Taça é Taça mas isto tudo é futebol.

Taça Amizade Oitavos de final: (25 e 26 de janeiro 2020)

Jogará em casa a equipa com melhor disciplina a data do encontro:

Sentieiras vs São Miguel do Rio Torto

Alcaravela vs Foros do Arrão

Alvega vs Figueirense

Assentiz vs Seiça

Paço dos Negros vs Concavada

Vale de Açor vs Bairrense

Rossiense vs Parreira

Estevense vs Vale da Pinta

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here