Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Agosto 5, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

FUTEBOL: Alcanenense tomba gigante na lotaria dos penaltis

27 de setembro de 2015, 15 horas, Alcanena

- Publicidade -

Atlético Clube Alcanenense 2 – Sporting Clube da Covilhã 2 (4-3g.p.)

Jogo épico em Alcanena para a segunda eliminatória da Taça de Portugal. De um lado uma equipa que no Campeonato Nacional de Seniores ocupa a ante-penúltima posição, com 3 derrotas nos últimos 3 jogos, e de outro uma equipa que na época passada lutou até à ultima jornada pela subida ao patamar maior do futebol nacional, mas que esta época não consegue sair da zona de despromoção.

- Publicidade -

Começou melhor o Atlético que se adiantou no marcador logo aos 24 minutos por Ragner na cobrança de uma grande penalidade. A liderança no marcador não durou muito, pois os serranos, reagiram muito bem e volvidos 3 minutos chegaram ao empate por Elton, para a 1 minutos do intervalo darem a cambalhota no marcador, indo a vencer para o descanso.

Na segunda parte e com as mexidas tácticas de José Torcato, o Alcanenense, entrou disposto a vender cara a derrota e foi aos 61 minutos que Jota restabeleceu a igualdade. No minuto seguinte os forasteiros ficaram reduzidos a 10 elementos por expulsão directa de Kévin.

Até ao final da partida e nos 30 minutos extra, as equipas podiam ter resolvido a contenda, o que não veio a acontecer até aos final dos 120 minutos.

Na lotaria das grandes penalidades foram melhores os ribatejanos que apenas falharam uma vez da marca dos 11 metros, seguindo assim para a terceira eliminatória da prova, onde já vão entrar as equipas da Liga NOS. A equipa do Atlético Clube Alcanenense chega mais uma vez a uma eliminatória onde já marcou presença, tendo sido eliminada pelo Vitória de Setúbal e Nacional da Madeira.

O mediotejo.net falou com José Torcato, treinador da equipa de Alcanena, onde abordou o jogo da Taça de Portugal, o campeonato e também a relação com a Autarquia de Alcanena.

Ficha de Jogo:

Estádio Municipal Joaquim Maria Batista

Estádio de Alcanena

Árbitro: Bruno Paixão

ATLÉTICO CLUBE ALCANENENSE

Framelin, Itto (Simão Moreno), Harry Frost, Peu, Luís Carlos, Jota, Carlos Oliveira (Soma), Filipe Faia, Ragner, Claudio Souza (Paz Miguel), Bob

Suplentes: Wilson, Glady, Paz Miguel, Cláudio Major, Bruno Santos, Simão Moreno e Soma.

Treinador: José Torcato

SPORTING CLUBE DA COVILHÃ

Taborda, Tiago Moreira, Zé Pedro, Victor Massaia, Vitor, Agostinho, Xeka, Kévin, Elton, Bilel e Mateus.

Suplentes: Igor, Joel Vital, Davidson, Zé Tiago, Flávio Silva, Mailó e Elenilson

Treinador: Francisco Chaló

Marcadores: Ragner e Jota; Elton e Mateus

A opinião do treinador:

José Torcato
José Torcato

 

 

 

 

 

 

Sobre o jogo da Taça:

Sobre o Campeonato:

Sobre o protocolo com a Câmara Municipal de Alcanena e os apoios ao Clube.

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome