Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Outubro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol | Afonso Guerreiro nomeado diretor geral do Fátima SAD

Afonso Guerreiro, 26 anos, formado em Direito, é o novo diretor geral do Centro Desportivo de Fátima – Futebol, SAD, clube que vai disputar esta época a série C do Campeonato de Portugal.

- Publicidade -

A nomeação foi confirmada em comunicado do presidente do Conselho de Administração da Centro Desportivo de Fátima – Futebol, SAD, Abdulmouti Kaaki, dando conta de alterações da sua estrutura diretiva. O vice-presidente nomeado é Abdullah Kaaki, sendo que Yasser Ben Hamida, até agora vice-presidente da SAD e diretor geral irá assumir outras funções na KAAKI SPORTS GROUP, projeto empresarial com vários negócios de marketing desportivo em todo o mundo.

O presidente do Conselho de Administração deu ainda conta que o novo diretor geral será Afonso Guerreiro Santos, “um jovem de 26 anos com muito valor e com muita qualidade no trabalho desenvolvido ao longo destes quatro anos”. Segundo escreveu Abdulmouti Kaaki, o novo diretor desportivo “tem a minha total confiança para desenvolver este projeto que é de todos os fatimenses. O nome foi votado no conselho de administração e mereceu unanimidade e voto de louvor ao mesmo”, destacou.

- Publicidade -

Contactado pelo mediotejo.net, Afonso Guerreiro, que estava desde 2014 como diretor de comunicação e prestava apoio direto à administração, disse ser com “orgulho” que assume as novas funções, e que passam pela gestão de pessoal, gestão financeira e desportiva.

“É um ato de confiança por parte do presidente do Conselho de Administração da SAD do centro Desportivo de Fátima, que muito me orgulha. O que posso assegurar é a continuação de um trabalho sempre com o maior sentido de responsabilidade e continuar a ser aquilo que sempre fui”, afirmou.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

  1. Grande aposta no futuro, conheço o AFONSO e sei muito bem o valor que ele tem! Sei que vai fazer o melhor e vai dar tudo o que pode! Grande escolha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome