Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Outubro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol | ACD Aldeiense apresentou-se frente ao FC Crato em jogo com oito golos (C/AUDIO)

Apesar do imenso calor que se fez sentir durante a tarde de domingo, o público afeto à equipa treinada por Pedro Varino não quis deixar de marcar presença para conhecer o plantel da ACD Aldeiense que vai disputar a nova época desportiva, naquele que foi o jogo de apresentação da equipa da casa, perante o Crato, no Campo de Jogos de Montalvo.

- Publicidade -

Para além das caras conhecidas da época anterior, os adeptos também procuravam ver em acção os novos reforços da equipa que disputa a segunda divisão distrital. A equipa visitante foi o FC Crato, que disputa o campeonato distrital de Portalegre.

Esperava-se um jogo interessante e, o mesmo, não fugiu às expectativas, presenteando as pessoas que assistiram à partida com oito golos, cinco dos quais para a equipa visitante.

- Publicidade -

Aldeiense apresentou o plantel que vai disputar o campeonato da 2ª divisão distrital. Foto: mediotejo,net

A equipa visitada começava melhor na partida. Logo aos 3 minutos, João Lopes, à entrada da área, com um remate forte tentou surpreender o guarda-redes adversário, fazendo a bola passar um pouco ao lado do poste esquerdo da baliza.

À passagem do minuto 8, Kiko, jogador da equipa visitante, num livre directo, fez a bola passar perto da barra da baliza defendida por Xarles. Mas, logo a seguir, a equipa da casa envia uma bola ao poste esquerdo, num cruzamento/remate feito por Zé Oliveira, numa jogada individual pelo corredor direito.

Entre os 10 e os 20 minutos o jogo tornou-se algo frenético. Numa jogada individual de Nélson, pelo lado esquerdo, o mesmo fez chegar o esférico a João Lopes, que num remate rasteiro e bem colocado, inaugurou o marcador ao minuto 13, dando vantagem à equipa da casa. A equipa que viajou de Portalegre, poucos instantes depois, respondia da melhor forma.

Ao minuto 15, numa jogada desenvolvida pelo corredor esquerdo, após um cruzamento rasteiro, Billy, avançado da equipa visitante, aparece sozinho dentro da área do ACD Aldeiense e, só com a oposição do guarda-redes, desvia para o empate.

Ao minuto 17, Billy faz uma arrancada no lado direito e, mais forte fisicamente que o seu adversário, chegou à linha de fundo, onde tirou um cruzamento com “conta, peso e medida”, para a cabeça de Humberto, que apareceu sozinho ao segundo poste. Estava feita a reviravolta.

Victor Romero numa disputa intensa pela posse de bola com João Farto.

A partir deste momento, o FC Crato começou a estar mais tempo por cima do encontro, com mais posse de bola e, por consequência, com mais oportunidades de golo. No minuto 26, Xarles, guarda-redes do ACD Aldeiense, fez uma boa intervenção, após um remate forte à entrada da área. No minuto 31, a equipa visitante ampliava a vantagem.

Jogada no lado esquerdo do ataque, novamente um cruzamento rasteiro, Xarles não consegue segurar e Humberto, com um bom sentido de oportunidade, após ultrapassar o guarda-redes, encosta para o 1-3, bisando na partida.

No minuto 33, novamente o FC Crato com uma excelente oportunidade para marcar. Canto batido do lado direito e Perdido salta mais alto que a defensiva contrária, fazendo a bola embater na trave da baliza. Mas, ao minuto 36, após um livre batido por Victor Romero, a defesa da equipa visitante não consegue sacudir o esférico e, após a bola sobrar para Wilson, o capitão de equipa remata, fazendo a bola bater num adversário.

O árbitro, num lance contestado pela equipa visitante, acabaria por marcar penalti, por suposta mão na bola. Na marcação do castigo máximo, David engana Luís Romão e reduz para 2-3.

David, na marca do castigo máximo, reduzia para 2-3.

No minuto 38, Billy volta a tentar marcar, desta vez numa tentativa de surpreender a equipa contrária. Após uma bola batida pelo guarda-redes do Aldeiense, Billy domina-a na zona de meio-campo e de seguida tenta fazer um chapéu a Xarles, mas o mesmo responde com grande eficácia, fazendo uma excelente defesa.

Uns instantes depois, após a marcação de um pontapé de canto, a bola vai directamente para o segundo poste onde aparece um jogador do Crato que coloca o esférico no “coração da área”, encontrando um colega de equipa que cabeceia na direcção da baliza. A bola encontrou Rixa, que desviou para o 2-4.

Muito perto do intervalo, num futebol rendilhado, o FC Crato fazia uma das melhores jogadas colectivas na primeira parte. No lado esquerdo, combinação entre João Farto e um colega de equipa, o segundo acaba por tocar o esférico de calcanhar para o primeiro, que num remate cruzado fez a bola passar junto ao poste esquerdo.

As equipas voltavam para a segunda metade, e a equipa da casa voltava a entrar melhor. Aos 50 minutos, canto no lado esquerdo do ataque. A bola foi bem batida ao primeiro poste, zona onde estava um jogador do Crato que não conseguiu afastar a bola de forma mais eficaz, fazendo, assim, um auto-golo. O ACD Aldeiense volta a reduzir para 3-4.

Aos 52 minutos, numa jogada elaborada pelo lado direito da equipa que se apresentou aos seus adeptos, Dário Milagaia tirou um bom cruzamento para o centro da área, onde encontrou Zé Oliveira, mas este, de primeira, rematou por cima.

Lançamento de linha lateral para a equipa do ACD Aldeiense.

A segunda parte não teve tantas oportunidades dignas de registo como a primeira, com a bola a afastar-se um pouco das balizas. Decorria o minuto 70, quando as redes voltaram a mexer, com mais um golo da equipa do FC Crato. Cruzamento do lado direito do ataque e Renato Castelinho apareceu sozinho no centro da área da equipa da casa e desviou para o 3-5, aquele que seria o resultado final.

O Aldeiense ainda teve uma boa oportunidade para reduzir. Estávamos perto do apito final quando, Rúben, após uma desatenção da defesa do Crato, se isolou e frente-a-frente com o guarda-redes adversário, não conseguiu desviar o esférico com sucesso.

Até ao final não houve mais lances dignos de registo. O jogo terminava com uma boa vitória para a equipa visitante, mas a equipa da casa nunca desistiu de tentar alcançar um resultado positivo, num bom espetáculo de futebol. A equipa orientada por Pedro Varino deixou boas indicações para a época que se avizinha.

Ficha de jogo: 

ACD Aldeiense:

Carlos Branco (Xarles); Pedro Brito; Ulisses; David; Salgueiro; Wilson; Romero; Zé Oliveira; João Lopes; Nélson e Gonçalo.

Suplentes e restante plantel: Tiago; Diogo; Dário Milagaia; Paulo Martins; Carlos Santana; João Rodrigues; Tiago Dias; Pedro Marchão; Paulo Ferreira; Rúben Morais; Filipe Marta; Dante; Rui Pedro; Miguel Neves e Miguel Amaro.

Treinador: Pedro Varino

Adjuntos: Nuno Damásio; Ricardo Branco

Massagista: Fábio Rosa

Roupeiro: Pedro Pires

Directores: Diogo Almeida; Rui Vilhais

11 Inicial ACD Aldeiense.

FC Crato:

Luís Romão; Filipe; Fábio Pascoal; Perdido; Rui; Edgar; Rixa; João Farto; Humberto; Kiko e Billy

Suplentes: Carlos Manteiga; Renato Castelinho; António Leal; João Milheiro; Zé Manel; Pedro Mercês e Oliveira

Treinador: Tiago Botelho

11 Inicial FC Crato.

Equipa de arbitragem que viajou da Chamusca:

João António; Paulo Moreira e Paulo Fidalgo.

Equipa de arbitragem com os respectivos capitães.

Golos:

João Lopes; David e Auto-golo – ACD Aldeiense

Billy; Humberto (2); Rixa e Renato Castelinho – FC Crato

No final da partida ouvimos os dois treinadores.

Pedro Varino, treinador do ACD Aldeiense.

 

Tiago Botelho – Treinador FC Crato.

 

 

 

Estudante na Escola Superior de Tecnologia de Abrantes, no curso de
Comunicação Social, na vertente de jornalismo. O gosto pelo desporto, mais precisamente pelo desporto rei, está comigo desde muito cedo. Atleta federado desde os oito anos, a minha ambição é tornar-me profissional na área do jornalismo desportivo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome