Ferreira do Zêzere | Teletrabalho e qualidade de vida reanimam concelho no pós-confinamento (c/áudio)

Ferreira do Zêzere estará a beneficiar com as consequência da pandemia, refletiu Jacinto Lopes Foto: mediotejo.net

A sessão de Assembleia Municipal de Ferreira do Zêzere de sexta-feira, 17 de julho, lançou boas perspetivas para o concelho. Não só há uma aparente nova atração pelo território por casais jovens, como as empresas continuam a procurar trabalhadores, não obstante a pandemia.

PUB

A análise foi deixada pelo presidente da Câmara, Jacinto Lopes (PSD), na noite em que foi aprovado o Regulamento Municipal de Incentivo à Empregabilidade, um “miminho” do município que se dispõe a pagar dois meses de ordenado durante os primeiros três anos. às empresas que assegurem um novo contrato de trabalho a um cidadão  natural de Ferreira do Zêzere.

 

A análise à realidade ferreirense percorreu a sessão de Assembleia, servindo de resposta a várias questões levantadas. Jacinto Lopes deixou a informação que a pandemia trouxe um interesse renovado no concelho, havendo novas fixações no território.

PUB

A par desta situação, não obstante a aprovação de um Regulamento Municipal de Incentivo à Empregabilidade – um “sinal” da Câmara Municipal lançado às empresas – o autarca admitiu que nem sempre é fácil contratar no território e alguns ordenados encontram-se atualmente acima da média. Este regulamento é um incentivo à contratação de naturais de Ferreira do Zêzere, pagando o município dois meses de ordenado ao longo dos três primeiros anos de contrato.

Em declarações ao mediotejo.net, Jacinto Lopes admitiu que o desemprego está identificado e tem-se mantido em cerca de uma centena de pessoas, pelo que a empregabilidade é praticamente total no concelho. Acresce todo um conjunto de incentivos – quer ao nível dos impostos, quer de apoios à parentalidade – que a Câmara Municipal tem vindo a desenvolver, o que tornam, no conjunto, o município uma boa aposta em termos de qualidade de vida.

PUB

Os empresários “continuam a apostar em Ferreira do Zêzere”, reconheceu o autarca, lembrando que o concelho tem alguma tradição em baixas taxas de desemprego e pode beneficiar com a modalidade de teletrabalho, que ganhou adeptos neste tempo de pandemia.

“Acredito que com este desastre do Covid vamos ter muita gente a voltar para Ferreira do Zêzere”, confessando que esta semana teve dois contactos de casais jovens para saber se podiam adquirir duas antigas escolas para habitação.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here