Ferreira do Zêzere | Rota espiritual “Zêzere Sagrado” já pode ser visitada

Candidatura foi um esforço conjunto do município de Ferreira do Zêzere e do pároco Manuel Patto. Torre Pentagonal de Dornes vai ser visitável e terá um miradouro. Foto: mediotejo.net

O projeto “Zêzere Sagrado”, alvo de um investimento de 430 mil euros financiado pelo Turismo de Portugal, envolveu uma série de pequenos projetos e obras em torno da espiritualidade de Ferreira do Zêzere e já se encontra praticamente concluído e a aguardar a respetiva inauguração. Vários dos projetos integrados na Rota Espiritual do “Zêzere Sagrado” já podem, no entanto, ser visitados. A pandemia de Covid-19 tem estragado os planos do Pároco de Areias, Beco, Chãos, Dornes e Paio Mendes, Manuel Patto, impulsionador do projeto, que ansiava um momento que reunisse a população e as 40 paróquias que todos os anos realizam as suas romarias (círios) ao Santuário de Nossa Senhora do Pranto.

PUB

Anunciado em dezembro de 2018, o projeto “Zêzere Sagrado” recebeu financiamento do programa VALORIZAR, do Turismo de Portugal. A entidade de turismo apoiou 90% dum orçamento de 428.830 euros na valorização do turismo religioso de três localidades das freguesias de Nossa Senhora do Pranto, Bêco e Areias-Pias, com requalificação das três igrejas, Torre Pentagonal, a criação de um Museu dos Círios de Dornes e de um percurso pedestre com ligação aos Caminhos de Santiago e rotas de peregrinação a Fátima.

Torre Pentagonal vai ser aberta ao público e terá um miradouro Foto: mediotejo.net

Segundo adiantou o Padre Manuel Patto ao mediotejo.net, as obras já estão praticamente concluídas, não tendo havido ainda inauguração devido à pandemia. O financiamento do turismo para a Torre Pentagonal, em Dornes, num montante de 30 mil euros, contemplava apenas o projeto para miradouro e musealização. Aguarda-se agora novo financiamento, vocacionado para o turismo militar, que vai permitir a respetiva intervenção nesta torre templária.

PUB
Torres Pentagonal de Dornes. Foto: mediotejo.net

Já praticamente concluído, e possível de visitação, está o Museu dos Círios de Dornes. Dentro da Igreja de Dornes, o espaço, que recebeu um investimento na ordem dos 30 mil euros, agrega o conjunto de 22 círios de madeira que contam a histórica tradição das romarias ao Santuário de Nossa Senhora do Pranto. É possível ainda apreciar vários objectos, como paramentos e outros artigos de celebração religiosa, com cerca de 300 anos.

A Igreja do Bêco foi totalmente requalificada, numa intervenção que ascendeu os 500 mil euros.

PUB

Foi ainda marcado um percurso pedestre de 26 quilómetros (é possível fazer um trajeto mais pequeno de 15 quilómetros), que dá acesso aos caminhos de Santiago, e que atravessa as Igrejas de Dornes, Bêco e Areias. Nestas é possível aceder a materiais de interpretação do património. Uma outra vertente de valorização que recebeu 60 mil euros do fundo do Turismo de Portugal.

Financiamento permitiu fazer o projeto de reabilitação da Torre templária de Dornes. Investimento do Turismo Militar vai permitir agora avançar com a obra. Foto: mediotejo.net

As Igrejas estão frequentemente fechadas, pelo que caso o visitante queira visitá-las deve contactar o Posto de Turismo ou a Junta de Freguesia. No caso de Dornes, o Santuário encontra-se aberto durante a tarde e aos fins de semana durante todo o dia.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here