Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Ferreira do Zêzere | PS de Bruno Gomes põe fim a 44 anos de gestão PSD com resultado histórico

É a primeira vez que o PSD não vence em Ferreira do Zêzere desde que há eleições livres em Portugal.

“É um resultado histórico”, rejubilava o candidato, e agora presidente, Bruno Gomes (PS) depois de saber que venceu quase em toda a linha no concelho de Ferreira do Zêzere as eleições autárquicas de 26 de setembro. É a primeira vez que o PSD não vence em Ferreira do Zêzere desde que há eleições livres em Portugal.

- Publicidade -

O PS conquistou 56,88 % do eleitorado (2.823 votos), o que garante maioria na Câmara com três mandatos. Os restantes dois mandatos são da coligação PPD/PSD.CDS-PP que obteve 34,21 % (1.698 votos). As restantes candidaturas tiveram votação pouco expressiva (ver tabela).

“Cada vez que a humildade ganha à arrogância o céu fica mais perto da terra”, afirmou o futuro presidente da Câmara num comentário ao mediotejo.net, ao som de gritos “Bruno, Bruno, Bruno” por parte dos apoiantes que se concentravam em frente à sede de candidatura.

- Publicidade -

Bruno Gomes venceu as eleições autárquicas em Ferreira do Zêzere conquistando a Câmara para o PS. Foto: mediotejo.net

Bruno Gomes diz ter “um sentimento de muita alegria” e “um orgulho enorme”, mas sempre com a preocupação de falar na equipa que o acompanha. “Eu sou só o rosto mais visível de uma grande equipa que tenho atrás de mim”, realçou.

“Toda a gente sabe que foi um caminho de 20 anos que envolveu muita gente. Sabíamos que íamos ganhar, mas não sabíamos por quanto”, afirmou ao nosso jornal.

Numa mensagem para os ferreirenses, garante que irá ser “a mesma pessoa que até aqui. Vou trabalhar para todos, serei um presidente que quer fazer de Ferreira do Zêzere uma referência regional e nacional”.

A escassas centenas de metros dali estava a sede do PSD, onde o ambiente era de tristeza e desolação.

“Os Ferreirenses escolheram. É uma derrota para o PSD e uma vitória para o PS”, resumiu, lacónico, Hugo Azevedo, num primeiro balanço dos resultados eleitorais.

O candidato do PSD remeteu para o dia seguinte uma leitura mais aprofundada dos números, “se bem que há resultados que nos deixa incrédulos”

O candidato da direita fala em fatores que têm de ser analisados, sem querer para já especificar. Anunciou ainda que vai assumir o lugar de vereador.

Resultados para a Câmara:

PS – 56,88 % – 2.823 votos – 3 mandatos

PPD/PSD.CDS-PP – 34,21 % – 1.698 votos – 2 mandatos

Nós, Cidadãos – 2,98 % – 148 votos

Chega – 1,37 % – 68 votos

CDU – 0,87 % – 43 votos

Em branco – 1,69 %, – 84 votos

Nulos – 1,99 % – 99 votos

Quanto à Assembleia Municipal, o PS conquistou nove mandatos e a coligação PSD-CDS, seis.

Nas freguesias, o PS venceu em seis das sete freguesias. A coligação de direita apenas venceu na União de Freguesias Areias e Pias.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome