- Publicidade -

Terça-feira, Janeiro 18, 2022
- Publicidade -

Ferreira do Zêzere | Presidente lança apelo à prudência após cancelamento das Marchas Populares

Numa carta dirigida aos munícipes, o presidente de Ferreira do Zêzere, Jacinto Lopes (PSD), dá conta que devido à pandemia de Covid-19 foi necessário cancelar as comemorações do concelho, que se realizam neste mês de junho. O evento com mais destaque são as Marchas Populares de Santo António, que iriam decorrer este sábado, 13 de junho, dia do município de Ferreira do Zêzere. Estão também cancelados o Festival de Teatro Ivone Silva, a Feira do Livro, entre outras iniciativas, tendo o presidente da autarquia apelado à prudência e à união de todos os ferreirenses quando a normalidade estiver restabelecida.

- Publicidade -

“Tenho anunciado, quase diariamente, a evolução de casos ativos com coronavírus na região e apesar dos números serem animadores, estamos ainda longe de estar seguros e livres de perigo. Apelo por isso a que continuemos prudentes e cuidadosos, pois a história ensina-nos o caminho. A sociedade já viveu problema de pandemia no passado e devemos aprender com as boas práticas e melhorar sempre que possível no futuro e não o inverso”, refere Jacinto Lopes no texto endereçado à população e divulgado nas redes sociais.

“Protejam-se a pensar em vocês, mas também na vossa família, filhos, pais, avós, amigos, vizinhos e comunidade em geral. As notícias que nos entram todos os dias em casa vindas de algumas regiões do mundo são assustadoras, não as queremos certamente vivenciar no nosso concelho, região e País”, refere.

- Publicidade -

“Esta paragem inesperada, obriga forçosamente a pensar no dom das nossas vidas, no prazer das pequenas coisas do dia a dia, nas atividades e festividades que nos aquecem tanto a alma, unem e distinguem enquanto povo e enquanto Concelho”, continua.

Jacinto Lopes termina a desejar que “para o ano estejamos todos juntos, que a normalidade seja restabelecida e que as Marchas de Santo António e restantes atividades culturais do concelho regressem com mais força, mais dedicação e ainda melhores. Que o público lhe dê todo o valor que elas merecem, as aplaudam com grande vivacidade e possamos estar cada vez mais unidos enquanto FERREIRENSES”.

- Publicidade -

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome