Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Quinta-feira, Outubro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Ferreira do Zêzere | Presidente da Junta de Águas Belas pondera candidatar-se à Câmara

O atual presidente da Junta de Freguesia de Águas Belas, eleito como independente pelo PS, não descarta a hipótese de encabeçar uma candidatura independente à Câmara Municipal Ferreira do Zêzere. Em declarações ao mediotejo.net, Sérgio Morgado confirmou primeiro a sua intenção de não se recandidatar à Junta de Freguesia, após cumprir o seu segundo mandato que está a terminar.

- Publicidade -

“Nesta altura todos os cenários estão em aberto”, afirma, garantindo que “há uma forte possibilidade” de apresentar uma candidatura independente à Câmara, acreditando na vitória tendo em conta o atual cenário político no concelho.

Sérgio Morgado vai fazendo contas ao número de assinaturas (3%) que tem de recolher no universo dos eleitores e manifesta confiança no seu valor como candidato.

- Publicidade -

“Ando nisto há 25 anos, sempre a dar o corpo às bolas, já fui vereador e sou presidente da junta há dois mandatos”, realça, reafirmando a sua independência partidária, apesar de ter sido militante do PS, partido que já escolheu o atual vereador e líder da concelhia, Bruno Gomes, como candidato à Câmara.

Garante que o que o move não é o ordenado – na Junta ganha 274 euros – mas sim o trabalho em prol do bem comum e da melhoria das condições de vida das populações.

Uma das suas preocupações é o pouco interesse que as pessoas manifestam pela vida política e o crescente afastamento dos partidos. Por isso, antevê que, nas próximas eleições autárquicas, a realizar em outubro, “vai ser muito difícil encontrar pessoas para as listas, seja de que partido for”.

O autarca defende que se deve olhar para a política local não numa lógica partidária, mas sim como equipas de pessoas que trabalham para o bem público. E sublinha que “é das divergências saudáveis entre as pessoas e os partidos, que as coisas progridem”.

Sérgio Morgado tem 48 anos e é empresário.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome