PUB

Ferreira do Zêzere | Populares dizem que não vão desistir de lutar contra os maus cheiros em Pias

O munícipe Vítor Mendes voltou a marcar presença na sessão de assembleia municipal de Ferreira do Zêzere em nome do conjunto de subscritores que estão contra os maus cheiros que continuam a sentir-se na União de freguesias Pias/Areias, alegadamente devido à empresa BioCompost. O munícipe começou por ser avisado pelo presidente da mesa, Luís Ribeiro Pereira, que só dispunha de 5 minutos para fazer as suas intervenções.

PUB

“O senhor presidente da Câmara Municipal, para além de fugir à sua responsabilidade, ainda tentou passar essa responsabilidade para outras entidades”, disse, referindo que a Câmara foi a principal responsável pela edificação da fábrica junto a habitações, prejudicando a saúde das populações, situação que se vem arrastando há 4 anos.

“Quem avaliou a instalação da empresa foi a câmara municipal que sabia que existiam moradores a viver a 250 metros desta empresa há mais de 40 anos”, exemplificou o munícipe.

PUB

Sessão de assembleia municipal contou com a presença de bastante público Foto: mediotejo.net

Vítor Mendes refere que a informação que lhes foi dada numa reunião com os representantes da DRAP-LVT foi a de que iria ser feita uma nova avaliação em finais de março.

“É caso para perguntar se não andam a brincar com a saúde da população. Os cheiros ainda não pararam”, disse, acusando a autarquia de demagogia.

“Enquanto o problema persistir nós não vamos calar”, disse. Vítor Mendes abordou ainda um segundo assunto relativo à falta de resposta a um problema levantado por si nas duas últimas assembleias, em relação à limpeza de uma vala de escoamento de águas pluviais de parte da Rua do Telheiro de Cima.

“No regimento da assembleia está prevista a resposta a questões colocadas pelo público, no momento ou posteriormente por escrito, o que não aconteceu”, disse, exigindo à assembleia uma resposta baseada na lei.

O presidente da Câmara, Jacinto Lopes (PSD), optou por não responder ao munícipe, dado que este no início da sua intervenção dirigiu os cumprimentos a todos os presentes na sala à exceção do presidente da autarquia.

“Como não estou aqui na sala, não lhe vou responder”, ironizou o autarca.

PUB
PUB
Elsa Ribeiro Gonçalves
Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).