- Publicidade -

Ferreira do Zêzere: “Os Maios” em destaque na Biblioteca durante este mês

A Biblioteca Municipal de Ferreira do Zêzere vai ter em destaque, durante este mês, uma tradição ferreirense que ano após ano se tem vindo a perder: Os Maios.

- Publicidade -

Mas, afinal, o que são “Os Maios”? Segundo refere a Biblioteca, “no concelho de Ferreira do Zêzere o “Maio” é colocado no centro dos campos já semeados pelos seus proprietários na noite do dia 30 de abril para o dia 1 de maio, sempre antes de nascer o Sol. O “Maio” é feito com uma estrutura em madeira e é decorado com as plantas campestres mais coloridas, dando graças pelo Sol e pela Primavera, pedindo também a bênção divina para que as suas culturas sejam férteis”.

Na sala polivalente da Biblioteca, os visitantes poderão encontrar alguns exemplares feitos pelas escolas em material reciclável e no jardim da Biblioteca, estão expostos os Maios originais elaborados pelos Ranchos de Pias, Alqueidão de Santo Amaro e Bêco.

- Publicidade -

No interior e no exterior da Biblioteca Municipal de Ferreira do Zêzere, podem ser apreciados diversos exemplares de Maios (Foto: BMFZ)
No interior e no exterior da Biblioteca Municipal de Ferreira do Zêzere, podem ser apreciados diversos exemplares de Maios (Foto: BMFZ)

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).