- Publicidade -

Ferreira do Zêzere | Município disponibiliza computadores e “hotspots” aos alunos mais necessitados

O município de Ferreira do Zêzere decidiu “avançar com soluções que permitam colmatar as necessidades mais prementes ao nível dos alunos de 1º ciclo (empréstimo de computadores e acessos a internet), previamente identificadas pelo Agrupamento de Escolas no início do ano letivo, com atualização em janeiro 2021, sendo disponibilizados ao longo da próxima semana”, anunciou o vereador responsável pelo pelouro da educação, Hélio Antunes, que aponta para cerca de meia centena de equipamentos informáticos. A nível do ensino secundário o problema encontra-se atualmente também solucionado com recursos do ministério da educação.

- Publicidade -

Esta medida, lembra o autarca, “é uma resposta ao facto de o programa de atribuição de meios informáticos a alunos, anunciado pelo governo (Programa Escola Digital) estar com atrasos significativos”.

Só a 4 de fevereiro, através de uma Resolução de Conselho de Ministros, é que o governo autorizou a realização da despesa com a aquisição, por ajuste direto, de computadores e conectividade até ao montante máximo 4 milhões e 750 mil euros.

- Publicidade -

O município garante que continuará a assegurar o transporte diário de refeições a crianças de todo o concelho de escalão A e B que requereram esta ajuda (todos os ciclos de ensino). Além disso, continua a assegurar o transporte gratuito de Alunos com Necessidades Especiais para ensino presencial (todos os ciclos de ensino).

Está garantida também a distribuição de Leite Escolar, de forma a que fique acessível em vários pontos de recolha no concelho, próximos da área geográfica a todas as crianças que beneficiam desta resposta.

Uma vez que os ATLs e outras estruturas de apoio continuam encerradas, mantém-se a funcionar a escola de acolhimento no Centro Escolar de Ferreira do Zêzere, com horário alargado das 8h00 até às 19h00, para filhos de profissionais da linha da frente.

Desde o início do ano letivo que alunos e professores têm também acesso à escola virtual, com perfil individualizado e organizado por turmas, comparticipado pela autarquia no âmbito do PEDIME, uma plataforma de ensino com recursos educativos e muitas outras funcionalidades de todas as disciplinas para tornar o ensino à distância mais fácil para alunos e professores.

No Agrupamento de Escolas de Ferreira do Zêzere, à semelhança do que acontece em todo o país, o reinício das aulas do 2º semestre a partir do dia 8 de fevereiro será em regime não presencial, conforme estipulado por lei e atual Estado de Emergência.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).