Quarta-feira, Março 3, 2021
- Publicidade -

Ferreira do Zêzere | Executivo manifesta preocupação com animais abandonados

O executivo camarário de Ferreira do Zêzere, reunido a 23 de novembro, discutiu a problemática do aumento do número de animais abandonados que se regista no concelho, sendo que o canil intermunicipal de Tomar – com quem o município protocolou este serviço de recolha,  se encontra sobrelotado. O assunto foi levantado pelo vereador do Partido Socialista (PS) Bruno Gomes, dado que têm sido feitas algumas queixas na GNR por parte de munícipes, cabendo à autarquia abrir o processo de instrução.

- Publicidade -

“Gostaria de saber se há números acerca dos cães e gatos que têm sido recolhidos”, questionou Bruno Gomes. O presidente da Câmara, Jacinto Lopes, respondeu que os números são elevados.

“São muitos. Os animais são pura e simplesmente abandonados, e muitos não estão vacinados nem têm chips porque não é obrigatório por lei. Tomar é o nosso canil mas não tem capacidade de resposta. Estamos a pensar em arranjar uma alternativa porque, por vezes, nas boxes que temos na zona industrial chegam a estar lá dois ou três meses para conseguir levá-los para o canil”, indicou.

- Publicidade -

Jacinto Lopes referiu ainda que não se justifica construir um canil em Ferreira do Zêzere, pois não há animais em número suficiente para manter esta estrutura aberta. Também o vice-presidente, Paulo Neves, acrescentou que a gestão do canil intermunicipal de Tomar está a cargo de uma Associação Protectora de Animais, sendo que o veterinário só pode abater um animal se, após este ser tratado ou operado, o mesmo não tiver salvação.

“O nosso veterinário tem sido solicitado muitas vezes para prestar serviço lá, uma vez que a veterinária de Tomar está muitas vezes de baixa”, acrescentou.

De acordo com o vereador Paulo Neves, em Ferreira do Zêzere há sete boxes de recolha de animais sendo que muitos destes animais são apanhados em matilhas. Depois de estarem nestas boxes, são transferidos para o canil de Tomar assim que houver vagas.

“Ter um canil municipal representa uma despesa incomportável. Tem que ser sempre uma estrutura intermunicipal”, defendem, referindo que por ano se contabiliza mais de uma centena de animais, entre cães e gatos, recolhidos na rua.

Informou ainda que existe um projecto com vista à ampliação do Canil Intermunicipal de Tomar, em fase bastante avançada, tendo sugerido ao vereador responsável para que reservasse, por ano, algumas boxes para o concelho de Ferreira.

 

 

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).