Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Outubro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ferreira do Zêzere | Dornes já tem “photopoint” das 7 Maravilhas (ATUALIZADA)

*notícia atualizada às 17h19 de 4 de outubro de 2018

- Publicidade -

No âmbito de um protocolo estabelecido entre as aldeias vencedoras do programa 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias, o município de Ferreira do Zêzere adquiriu por ajuste direto um “photopoint” inserido num totem personalizado que instalou num ponto estratégico de Dornes. A aquisição foi à empresa EIPWU e ficou em 30.850 euros mais IVA e inclui um plano de promoção turística.

O protocolo estabelecido entre as aldeias vencedoras pretende promover a cultura, atividades económicas, património edificado e as suas gentes. O acordo foi assinado pelas Câmaras Municipais de Arcos de Valdevez, Figueira de Castelo Rodrigo, Arganil, Bragança, Calheta, Ferreira do Zêzere e Reguengos de Monsaraz, no que toca às aldeias do Sistelo, Castelo Rodrigo, Piódão, Rio de Onor, Fajá dos Cubres, Dornes e Monsaraz.

- Publicidade -

Entre as ações de promoção das aldeias encontrava-se a instalação de um photopoint, de um totem identificativo e de uma brochura.

Os ajustes diretos encontram-se na página eletrónica Base.gov. Também os municípios de Figueira de Castelo Rodrigo e Arcos de Valdevez adquiriram o “photopoint”, por 27 mil euros mais IVA.

*Segundo informação do município de Ferreira do Zêzere, a diferença de valores em relações a outros concelhos deve-se ao facto do procedimento de concurso contemplar no município “outros investimentos, como é o caso de um totem que será colocado à entrada da Aldeia e está subjacente também respetiva divulgação e promoção das aldeias envolvidas”.

“Estes investimentos resultam de uma estratégia comum concertada por todos os municípios com aldeias vencedoras no concurso 7 maravilhas de Portugal e respeitam o respetivo uso e direitos envolvidos da marca «7 maravilhas»”.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome