Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sexta-feira, Julho 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ferreira do Zêzere com situação financeira “bastante boa” mantém pagamentos a zero dias (c/áudio)

Os documentos de prestação de contas de 2020 no município de Ferreira do Zêzere foram aprovados pela maioria PSD, com a abstenção dos eleitos do PS, na sessão da Assembleia Municipal do dia 18 de junho. O prazo médio de pagamento aos fornecedores mantém-se nos zero dias, sendo Ferreira do Zêzere o Município que ocupa a 1ª posição a nível nacional neste ranking. “Estamos a pagar praticamente a pronto”, disse Jacinto Lopes, classificando a situação financeira do município de “bastante boa”.

- Publicidade -

Sendo a última vez que o atual presidente da Câmara apresenta contas, uma vez que não se recandidata por ter atingido o limite de mandatos, Jacinto Lopes aproveitou para fazer um retrato da situação financeira do Município e deixar alguns recados aos candidatos às próximas eleições autárquicas.

O autarca garante que a situação financeira do Município é “bastante boa” e que as “dívidas são residuais”. “Vão encontrar uma câmara com poucas ou nenhumas dívidas”, reforçou.

- Publicidade -

“Em 2009 o endividamento era 5 milhões e 700 mil euros. Nestes 12 anos contraímos dois empréstimos no total de 2 milhões e 400 mil euros. Neste momento devemos 2 milhões e 100 mil euros. Ou seja, nestes 12 anos pagámos 6 milhões de empréstimos”, destacou o autarca.

Na mesma linha de argumentação, revelou que no dia 17 fecharam as contas bancárias com 4 milhões e 918 mil euros, dos quais 4 milhões e 577 mil são do município e 340 mil referem-se a operações não orçamentais.

O prazo médio de pagamento aos fornecedores mantém-se nos zero dias, sendo Ferreira do Zêzere o Município que ocupa a 1ª posição a nível nacional neste ranking. “Estamos a pagar praticamente a pronto”, disse Jacinto Lopes.

Dirigindo-se aos candidatos a presidente de Câmara – na sala estavam o presidente da Junta de Freguesia de UF Areias e Pias, Hugo Miguel Azevedo, candidato da coligação PSD-CDS e o vereador Bruno Gomes, candidato pelo PS – Jacinto Lopes procurou tranquilizá-los dizendo: “Estejam descansados que não vão ter falta de dinheiro. Há dinheiro garantido para as obras que forem adjudicadas ou que estejam em andamento”.

O autarca adiantou que nesta altura estão adjudicadas obras no valor acima dos 2 milhões de euros em estradas.

Deu conta ainda dos valores a receber do PARU – Plano de Ação de Regeneração Urbana, cerca de 900 mil euros.

Sobre o pacote de estradas nas freguesias, Jacinto Lopes referiu que todos os concursos ficaram desertos à exceção do lote relativo à freguesia de Chãos. Os três lotes que não tiveram concorrentes vão ter os concursos anulados e o dinheiro volta a estar disponível, afirmou o presidente da Câmara, adiantando que não é intenção lançar novos concursos porque isso obrigava a subir os preços base. “A decisão fica para quem vier a seguir”.

Na opinião do edil, a falta de mão de obra, o encarecimento dos materiais e os preços-base baixos são fatores que têm contribuído para que as empresas não concorram às empreitadas.

Jacinto Lopes lembrou, por fim, o ranking de qualidade de vida que, em 2018, colocava Ferreira do Zêzere em 37º lugar como o melhor local para viver. No ano anterior, ocupava o 187º lugar e num ano subiu 150 lugares na tabela.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome