Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Feira Empre 2016: “A criatividade existe, às vezes necessita é de ser mais estimulada” (c/vídeo)

“É uma aposta no futuro”, afirmou ao mediotejo.net o coordenador do Projeto Empre, Eduardo Costa. A iniciativa de promoção de ideias empreendedoras reuniu 600 alunos de 13 escolas de todo o Médio Tejo. Na Praça dos Claras, em Torres Novas, quarta-feira, 25 de maio, estiveram presentes numa Feira cerca de duas dezenas de projetos de um total de 27 propostas dos mais novos para promover negócios sustentáveis e criar emprego.

- Publicidade -

- Publicidade -

“A criatividade existe, às vezes necessita é de ser mais estimulada”, comentou Eduardo Costa, explicando que o objetivo do projeto é impulsionar uma determinada dinâmica empresarial que possa vir a dar frutos na idade adulta. Há vários exemplos, mencionou, de empresários da região cujas ideias/estímulo empresarial nasceram deste tipo de iniciativas.

foto mediotejo.net
foto mediotejo.net

- Publicidade -

De venda de bolos, passando por bijuteria, cozinha molecular, uma aplicação de telemóvel que ajudar a encontrar “Desculpas” para situações de aperto, capas para cadernos, a Praça dos Claras reuniu um pouco das muitas ideias nascidas nas escolas do Médio Tejo. Eduardo Costa salientou ainda o empenho dos professores que participaram na elaboração de toda a construção conceptual destes pequenos negócios.

“Isto é um projeto que acaba por ajudar a outras competências. Se por um lado trabalham as competências empreendedoras, por outro lado trabalham as competências empresariais”, explicou. Os jovens acabam, através desta experiência, por fazer um primeiro contacto com o mundo dos negócios. Após este processo, as equipas terão ainda direito a um prémio sobre o projeto, em que uma parte reverte a favor do grupo e outra, mais pequena, a favor de uma causa social.

O projeto Empre e a sua Feira inserem-se numa iniciativa da TAGUSVALLEY – Tecnopolo do Vale do Tejo, com o apoio da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo. O evento atraiu alguns curiosos à Praça dos Claras durante a tarde.

Mariana Rolo, 15 anos, da Escola Profissional Gustave Eiffel, comentou ao mediotejo.net que o que estava a fazer mais sucesso na sua banca eram os caramelos de alecrim. Uma ideia inovadora que nasceu da preferência de conjugação de sabores entre colegas e que surpreendeu os clientes.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Publicidade -