- Publicidade -

Fátima | Virgem Peregrina nº6 vai pela primeira vez à Nicarágua

A imagem da Virgem Peregrina número 6 chega a Nicarágua no sábado, dia 25, sendo recebida na Catedral Metropolitana de Manágua, adianta o Santuário de Fátima em nota de imprensa. A imagem inicia assim uma peregrinação por este país da América Central, que vai durar um ano e meio.

- Publicidade -

Na terça-feira, dia 21, a imagem foi entregue pelo diretor do Departamento de Liturgia, padre Joaquim Ganhão, numa celebração simbólica, aos elementos do comité organizador da Missión Fátima-Nicarágua, composto por sacerdotes e leigos, da diocese de Jinotega, no norte do país.

Na ocasião o capelão do Santuário de Fátima desejou que esta peregrinação “abra os corações dos Homens” e que seja um momento para que o povo da Nicarágua siga o exemplo dos pastorinhos e que, tal como eles, “se entregue a Deus sem medo” e tenha no Imaculado Coração de Maria “o refúgio e o caminho que os conduz até Ele”.

- Publicidade -

“Desejamos que a nossa Mãe do Céu targa a paz, a fé e a alegria do Evangelho a todos os lugares da Nicarágua. Que Maria inspire a todos, desde sacerdotes a leigos, às familias, às crianças, aos idosos e doentes e lhes dê a sua bênção maternal”, cita a mesma informação.

Segundo o Santuário de Fátima, é a primeira vez que uma imagem de Fátima se desloca a este país, embora os primeiros esforços nesse sentido datem de 1982. Questões externas à igreja impediram a deslocação na altura, refere.

A peregrinação da imagem decorre entre janeiro de 2020 e julho de 2021 e vai percorrer as 360 paróquias das nove dioceses da Nicarágua. “É uma peregrinação nacional, que conta com o apoio da Conferência Episcopal da Nicarágua e do próprio Vaticano pois o Papa concedeu um ano de indulgências plenárias para esta celebração” referiu à Sala de Imprensa do Santuário o responsável pela Misión Fátima Nicarágua, Norlan Herrera Blandón.

“Estamos a enfrentar uma situação social e política muito difícil. É um momento de desesperança. Esta viagem é o que a Nicarágua precisa: a Virgem há de nos servir de consolo, levando a paz aos corações dos homens” afirmou ainda.

“Vamos promover a mensagem de Fátima, com base nos pilares fundamentais: a conversão, a reconciliação e a adoração eucarística. A Nicarágua vai rezar muito à virgem pela Paz no mundo. Aliás já estamos a desenvolver catequeses marianas inseridas na preparação desta peregrinação”, acrescenta.

“Maria reina na nossa pátria, rainha da paz” é o título desta peregrinação que levará a imagem de Nossa Senhora de Fátima, uma vez mais, até às periferias. Prisões, hospitais, lares de idosos, colégios, conventos, escolas e casas religiosas serão alguns dos lugares onde a imagem estará para ser venerada. Também serão organizadas procissões de velas, com a certeza de que chegará a “zonas inimagináveis”, garante Norlan Herrera Blandón, da diocese de Jinotega, de onde partiu a iniciativa desta peregrinação que acabou por abarcar todo o país.

“Na Nicarágua o povo confia muito na Virgem e julgo que a Virgem vai levar o consolo que tanta gente espera e necessita. Em Jinotega sabemos bem o que é a guerra e o que foram as suas consequências” avançou ainda.

“A Virgem tem aberto portas de par em par para chegar; não conseguiu em 82 mas consegue agora”, adianta.

Esta é apenas uma das viagens que a Virgem Peregrina de Fátima vai fazer como embaixadora da Paz este ano, termina a informação do Santuário. Argentina, Chile, Estados Unidos, Itália, Brasil, Espanha e Portugal são alguns dos países onde vai estar uma Imagem de Fátima durante o ano de 2020. As deslocações far-se-ão um pouco durante todo o ano mas é entre maio e julho que se registará o maior número de deslocações.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -