- Publicidade -
Terça-feira, Dezembro 7, 2021
- Publicidade -

Fátima | Sem lotação esgotada alertou-se contra os populismos e defendeu-se o papel da Mulher

O Santuário de Fátima registou a presença de perto de 4 mil peregrinos durante as cerimónias desta terça-feira, 13 de outubro. Numa peregrinação tranquila, o bispo de Setúbal e presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, D. José Ornelas Carvalho, deixou um alerta para a manipulação dos movimentos populistas, frisando ainda o papel da Mulher na Igreja.

- Publicidade -

Os movimentos populistas, referiu o prelado, usam a “nostalgia do passado” para criar o medo sobre os estrangeiros e os que pensam diferente. “Usam a ganância de possuir e dominar e até usam o nome de Deus, modelos religiosos para os seus interesses”, referiu.

“Para isso, constroem muros, exacerbam nacionalismos egoístas e conflituosos, que impedem que se chegue a consensos mundiais para encontrar soluções para os problemas de todos, como a pobreza, a injustiça, a guerra e a depredação do planeta, que colocam em perigo o futuro, como indica o Papa Francisco na sua última encíclica”, afirmou.

- Publicidade -

A pandemia, constatou o bispo, “veio tornar visíveis estes problemas”. “Estamos todos no mesmo barco”, afirmou o prelado, “ou nos ajudamos todos ou o barco afunda”.

Na sua intervenção, D.José Ornelas Carvalho frisou ainda o papel da Mulher na Igreja. “Acentuar o feminino e o materno não é apenas buscar um equilíbrio de poderes ou de influências na organização funcional da Igreja. Trata-se de mudar de paradigma, de mudar a forma de pensar”, referiu. Para o sacerdote, “valorizar o papel da mulher” vai contribuir para valorizar os “ministérios da Igreja”.

Já o Cardeal D.António Marto, no encerramento das cerimónias, saudou o “exemplo cívico e cristão” dos crentes de Fátima. “Quero agradecer o testemunho da vossa responsabilidade cívica de aceitar estas limitações a bem da saúde pública”, referiu. “O fervor da vossa oração enche todo este recinto”, continuou, “caros peregrinos, os meus parabéns a todos, pelo vosso testemunho”.

À semelhança da procissão das velas, na noite de dia 12, a celebração do 13 de outubro não chegou a encher os cerca de 6 mil lugares de lotação estabelecida no recinto do Santuário de Fátima, ficando-se pelos 4 mil participantes.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome