Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Agosto 5, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Fátima: Santuário procura jovens com “A Missão do Francisco” (c/vídeo)

No âmbito do programa do Santuário de Fátima para celebrar o Centenário das Aparições, a instituição lançou o desafio à escritora infanto-juvenil Maria Teresa Maia Gonzalez para escrever um livro sobre a mensagem de Fátima. Nasceu assim “A Missão do Francisco”, um conto de 93 páginas onde três jovens vão ao encontro do espírito de missão que moveu os três pastorinhos. Apresentado na Casa das Candeias no dia 20 de fevereiro, em Fátima, teve sala cheia, com a presença de algumas crianças e adolescentes.

- Publicidade -

Reitor Carlos Cabecinhas, Maria Teresa Maia Gonzalez, Bispo António Marto. foto mediotejo.net
Reitor Carlos Cabecinhas, Maria Teresa Maia Gonzalez, Bispo António Marto. foto mediotejo.net

Um livro que “não é era uma vez” e que “não fala de heróis”, conforme retratou o teólogo do Santuário de Fátima, Pedro Valinho Gomes, a “Missão do Francisco” pretendeu transpor para as palavras dos mais novos a mensagem de Fátima. “Não é como qualquer outro conto de distrair, mas uma experiência viva, tocante”, salientou o Bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto, aquando a sua apresentação. Uma “história aberta”, que quis lançar o “apelo” aos jovens para “serem como os pastorinhos”, a “serem combatentes pela paz”, frisou.

- Publicidade -

Já a escritora Maria Teresa Maia Gonzalez mostrou-se surpresa por o Santuário de Fátima lhe ter endereçado o convite para escrever a obra, confessando que levou algum tempo a pensar na história que deveria contar. “Gostaria que este livro fosse uma oportunidade de reflexão e crescimento interior para os jovens leitores”, afirmou, inspirando-se estes no exemplo de Jacinta, Francisco e Lúcia.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome