Fátima | Santuário mantém 13 de maio com recinto fechado e sem peregrinos

Ourém com mais 12 casos de covid-19 devido a surto com origem no Coro do Santuário de Fátima. Foto: Arlindo Homem

O bispo de Leiria-Fátima, Cardeal D. António Marto, reiterou este domingo, 3 de maio, que o 13 de maio no Santuário de Fátima será celebrado “sem a habitual participação dos peregrinos”, como já tinha sido decidido pela Igreja Católica. Depois das declarações da Ministra da Saúde, Marta Temido, terem surpreendido a instituição, esta optou por manter a decisão já tomada, evitando ser um potencial foco de contágio para o Covid-19.

PUB

Segundo informação do Santuário de Fátima ao mediotejo.net, as cerimónias vão decorrer na capelinha das aparições, mas todas as portas em torno do recinto do Santuário estarão fechadas. A entrada aberta por trás da Basílica da Santíssima Trindade será vedada.

“Tendo surgido informações de que o Santuário de Fátima poderia fazer a peregrinação de 12-13 de maio com a presença de peregrinos no recinto de oração”, o bispo de Leiria-Fátima, cardeal António Marto, “esclarece que se mantém a decisão anteriormente anunciada de realizar estas celebrações com o recinto fechado, sem a habitual participação dos peregrinos”, afirma o clérigo em comunicado.

PUB

Santuário de Fátima apresenta comunicado do Cardeal António Marto sobre peregrinação do 13 de maio. Instituição mantém celebração à porta fechada, sem peregrinos

Publicado por mediotejo.net em Domingo, 3 de maio de 2020

“A decisão da Igreja Católica de seguir as indicações das autoridades civis no sentido de suspender as celebrações religiosas comunitárias decorre da responsabilidade de fazer o que está ao seu alcance para não colocar em perigo a saúde pública, cumprindo também deste modo o mandato evangélico do amor ao próximo”, sublinha o responsável, na mesma nota, lida pela assessora de imprensa do Santuário de Fátima, Carmo Rodeia.

“Estamos conscientes de que um aglomerado imprevisível de pessoas na Cova da Iria, a 12 e 13 de maio, numa altura em que o risco epidémico é elevado, contraria as orientações das autoridades de saúde, que optaram por fazer um desconfinamento gradual e faseado. Respeitamos, por isso, numa atitude de colaboração com as competentes autoridades civis, as orientações de realizar estas celebrações com uma presença simbólica de participantes intervenientes na celebração e funcionários do Santuário”, esclarece.

No recinto do Santuário de Fátima encontravam-se no domingo, dia 3, alguns turistas e peregrinos, usando máscara e luvas e rezando à distância Foto: mediotejo.net

Marta Temido disse no sábado, dia 2, que as celebrações do 13 de Maio, em Fátima, eram “uma possibilidade”, desde que fossem uma opção dos organizadores e cumpridas as regras sanitárias.

“Se essa for a opção de quem organiza as celebrações, de organizar uma celebração do 13 de Maio onde possam estar várias pessoas, desde que sejam respeitadas as regras sanitárias, isso é uma possibilidade”, disse a governante, em entrevista à SIC.

c/LUSA

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here